+ Responder Tópico
  1. #1
    Membro
    Info
    hardMOB Platinum User
    Registro
    Jul 2002
    Mensagens
    17.744
    Verdinhas
    4637

    Atendendo a pedidos: [review]SPLINTER CELL CHAOS THEORY[ps2]

    Atendendo a pedidos, eis uma análise de Splinter Cell Chaos Theory, lembrando que estou tomando como base a versão de PS2, joguei a primeira fase, fucei muito no game.

    Nunca gostei de Splinter Cell, joguei poucas horas o primeiro, já o Pandoras Tomorrow parei no tutorial, e depois de ouvir tamanha aclamação ao Chaos Theory, resolví dar uma checada.

    O fato de Splinter Cell ser um jogo de stealth, já nos remete ao Metal Gear. Oque me dava raiva no primeiro Splinter Cell, era o fato das missões lhe fecharem dentro de um determinado caminho dentro da fase, caso como a primeira fase do Splinter Cell 1 no qual quando você caía a rua acidentalmente você era presenteado com a tela de Mission Failed, e nisso lá ia o pobre jogador fazer tudo de novo.

    Em Chaos Theory isso não ocorre, a Ubisoft criou um jogo menos linear, você anda mais pelas fases, permitindo você ficar sossegado ao pisar em um local que não devia, pois sempre haverá uma saída ao invés de uma tela de Mission Failed.

    Chaos Theory tem mais uma vez ums história bem água-com-açucar, até onde joguei um criminoso peruano junto de suas tropas revolucionárias sequestra um programador que tem acesso à poderosos algorítimos, nisso o jogador é bombardeado com CG´s simulado um jornal televisivo, procurando dar mais realidade à aventura.
    Claro, Splinter Cell é altamente real, você é um agente real, infiltrado em locais reais, por isso que a história por ser "séria" demais as vezes vai deixar o jogador um pouco fora do contexto e dentro do fato de controlar San Fisher e passar a fase.
    Ou seja, a história em Chaos Theory é quase banal. Bem que poderiam ter "viajado" mais.

    GRÁFICOS, SONS, ETC
    A versão de PS2 é muito bonita, a Ubisoft conseguiu com maestria criar efeitos semelhantes às versões mais parrudas do game, no limitado PS2.
    Shaders existem de forma limitada, algumas superfícies possuem pontos e detalhes que brilham conforme a luz pega no local, sim, o efeito é o mesmo quase que um pixel-shader, mas tal efeito diferente das outras versões, não é usado no cenário inteiro, mas em grande parte dele.
    É possível ver paredes cobertas de limo brilhando conforme a luz passa,
    efeito de molhado no corpo de Sam quando ele se molha.
    No PC o cenário inteiro é composto por shaders.

    A água do jogo lembra muito a do God Of War, mas bem melhorada, claro que apenas pequenas quantidades de água são apresentadas desta forma, como poças ou lagos. Saem os bumps, entra a água feita em wire mesmo, com relevo e tudo.
    Por exemplo, na primeira fase, você começa diante do mar, na versão de PC o mar é repleto de bumps para simular ondas na lâmina d´agua, no PS2 o mar já é composto por texturas que procuram imitar os bumps.
    Mais a frente há uma poça, neste caso a água já é totalmente disforme e dinâmica como em GOW, ficou muito bom e apresentável.

    Continuando vamos agora falar dos modelos dos personagens, em especial Sam Fisher.
    Vemos que o modelo de sam ganhou muitos polígonos e uma certa interação com o cenário. Quando chove o boneco dele fica molhado, as armas que ele carrega brilham conforme a iluminação é rescendida sobre tais.
    Sam ganhou agora um rosto mais bem trabalhado e uma quantidade decente de expressões faciais.
    A moviementação que já era animal no game anterior, melhorou ainda mais, depois de jogar você vai querer sair andando agaixado no embalo do Sam. Mas desta vez há um diferencial, dependendo do local ou da presença de inimigos Sam anda de maneiras diferentes ao contrário de seguir um padrão.
    Por exemplo, quando você está chegando perto de um inimigo por trás você percebe a movimentação se tornar mais cuidadosa, Sam dá passos mais largos, coloca a mão sobre a arma, preparando-se para dar o bote.
    Olhando de longe Sam parece uma pessoa inserida em um jogo, tamanha a qualidade da movimentação.

    Ah, claro, as sombras estão melhores do que nunca, facilitando muito a vida dos inimigos. Neste caso nada como um tiro na lampada da sala para deixar tudo na maior umbra e seguir em frente.

    Já os inimigos são um caso a parte, muita repetição, mas isso é descontado quando você usa o modo Interrogate.
    Usando o sistema de Interrogatório, Sam começará a fazer pergutas à vítima, sempre a conversa é diferente, a não ser que acabe as opções de indagações. Isso deu aos personagens uma certa personalidade única.
    Numa hora eu segurei um soldado peruano, Sam disse: "Bu!" e o soldado respondeu: "meu deus, você é aquele demônio negro que matou minha família, até que enfim poderei ve-la novamente", e depois ele ficava falando: "Mãe, estou chegando".
    Sam tem um ótimo humor, no meio da missão fui chamado pelo rádio pela Grindottir (Uma informante, não sei porque os personagens do jogo tem sobrenomes tão enormes), ela falou que as armas dos soldados pareciam aquelas dos anos 70, Sam respondeu: "Anos 80, não me faça sentir tão velho."
    Outra coisa que aconteceu, o chefe de Sam liga e lhe avisa sobre os alarmes, que nos outros Splinter Cell's eram um saco, caso tocasse duas vezes era Mission Failed.
    Chefe: "Cuidado com os Alarmes Sam."
    Sam: "Se eles tocarem a missão falha?"
    Chefe: "Claro que não, isso não é video game, mas tente mante-los desligados!"

    O jogo procura manter o jogador no Padrão Tom Clancy® de qualidade, em outras palavras: Evite matar.
    Existe tanto neste Splinter Cell, após um interrogatório, um golpe fatal(enforcamento) ou um não(um "coque" na cabeça do inimigo).
    Ah, claro neste Splinter Cell você continua tendo uma vasta gama de armas, que podem ser equipadas de maneira homeopática.
    Ah, tem jeito também de asobiar, nisso entra um novo medidor, o medidor de som.
    Nos outros jogos da série o jogador tinha que fazer olho grosso no medidor de escuridão, neste há também um medidor de barulho. Quando se chega perto de um inimigo, o medidor marca um ponto que seria algo como um mínimo de som que o oponente poderia ouvir, se você exeder aquele ponto o inimigo ouve sua aproximação e entra em alerta.

    Agora vamos falar um ponto no qual eu adoro, a música do game.
    A trilha sonora de Chaos Theory foi produzida por Amon Tobin, um DJ, no embalo saiu até um CD com a trilha sonora.
    Apesar de grande parte do tempo você ouvir os sons ambientes, as músicas entram quando você é descoberto ou em momentos cruciais como o fim de uma fase ou um momento de tensão.
    A música é baseada diretamente de onde você está. Na fase do Japão por exemplo a música tem o uso de instrumentos japoneses.
    Composta por muito baixo, bateria e um clima retrô, as músicas de Splinter Cell Chaos Theory estão num patamar muito maior que as de seus antecessores.

    ONLINE / Multiplayer / Coop
    O modo online se resume no seguinte, um sistema coop, um tipo de death match em 3ª pessoa e um deathmatch em primeira pessoa.
    Basicamente a idéia em todas das missões do multiplayer é a mesma: defender alguma coisa dos oponentes.
    O modo em primeira pessoa ficou até que bacana, mas ainda sofre com a falta de física no cenário e a falta de armas, é um CS, só que com uma arma apenas.
    Lembrando que eu não joguei online, o jogo permite que você "visite" os mapas, mas sem boots, coisa que ficou faltando, pois jogar com uns boots até que ia bem.
    Existe tb um modo coop que eu não testei, não sei se é via LAN ou com 2 controles, mas mas fotos com tela separada indicam o uso de 2 controles.

    CONCLUSÃO
    A Ubisoft tirou "leite de pedra" na produção gráfica do título para PS2, não é apenas uma versão downgrade, mas sim uma versão decente, rápida, composta pelas melhorias e evolução da série.
    Um jogo que compensa, os erros das versões anteriores foram corrigidos, apenas pequenos detalhes parecem erroneos, mas não abalam o jogo em sí.
    Dou notaaaaa: 9.0

    CURIOSIDADES
    -Neste Splinter Cell, se passa em 2007, Sam Fisher parece estar bem mais novo que os anteriores, principalmente nos CG´s.
    No Splinter Cell 1 ele tinha até uns cabelos brancos, agora o cara deve ter tomado banho de botox.

    -No menu tem um teaser-trailer do filme do Splinter Cell, que está sendo produzido pela Paramount. Bem, as cenas só mostram frases de impacto como "You have played the game, but dont know the truth" e no final aparece uma figura obscura colocando os óculos de visão noturna. Não dá pra ver quem é o ator.
    OFF: Imagino que este filme vai ser uma bomba, muito clichê, put´s, a história do Splinter Cell é digna de filme "made-for-TV".

    -Até que enfim a Ubisoft percebeu a chatisse que era passar por aqueles tutoriais! Os Tutoriais nesta versão estão são em vídeo, você ver se quer.
    FOTOZZZzzz..z.z.z. Que sono.
    Estes aí são os avatares do modo online, o primeiro é quando se joga em primeira pessoa, o segundo é no modo em primeira (CS?). Adorei os óculos do da esquerda, hehehe


    Hackeando um terminal no modo online.


    Pra variar, o Ambervision® em ação.


    Uma enrrabada cooperativa...


    Depois bato umas outras fotos, é foda achar fotos da versão de PS2, só acha de Xbox.

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2
    Membro
    Info
    Registro
    Sep 2003
    Mensagens
    17.713
    Verdinhas
    182

  4. #3
    Membro Avatar de Jaymz Hetfield
    Info
    Registro
    Oct 2004
    Mensagens
    3.056
    Verdinhas
    28

    Muito boa a análise
    dps eu leio que estou atrasado
    brigadão Giba
    Noiz te amamus

  5. #4
    Membro
    Autor do tópico
    Info
    hardMOB Platinum User
    Registro
    Jul 2002
    Mensagens
    17.744
    Verdinhas
    4637

    Originalmente enviada por CrAp
    Ueh e esse daki !?

    http://forum.hardmob.uol.com.br/show...hreadid=362658
    Fiz o acima baseando-se na versão de PS2.

  6. #5
    Membro
    Info
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.042
    Verdinhas
    186

    valeu pela análise giba! e preciso falar com vc, tentei te mandar mp mas sua caixa ta cheia!
    qual seu msn/email ou icq?

  7. #6
    Membro
    Autor do tópico
    Info
    hardMOB Platinum User
    Registro
    Jul 2002
    Mensagens
    17.744
    Verdinhas
    4637

    Originalmente enviada por Clash
    valeu pela análise giba! e preciso falar com vc, tentei te mandar mp mas sua caixa ta cheia!
    qual seu msn/email ou icq?
    Msn [email protected]
    ou email
    [email protected]

    Aparecess!

  8. #7
    Membro Avatar de Jaymz Hetfield
    Info
    Registro
    Oct 2004
    Mensagens
    3.056
    Verdinhas
    28

    Gostei muito da análise, parabens, pra quem não tem um Xbox ou uma Geforce 6 da vida ta muito bom pelo que eu li, creio que o jogo não vai rodar aqui mesmo. vou ter que pegar pro PS2

  9. #8
    Suspenso
    Info
    Registro
    Aug 2004
    Mensagens
    6.177
    Verdinhas
    0

    o jogo é foda, isso é fato hehe, a versao de PS2 é a "menos boa" (graficamente, pq a de GC nao tem modo online), entre os consoles, mais mesmo assim é muito bem trabalhada, ficou bacana mesmo....

    o jogo nao "sofre" quedas de framerate nao? a versao de xbox o grafico é MUITO foda, quando joguei nao acreditei, mais as vezes o framerate fica baixo...

  10. #9
    Membro
    Info
    Registro
    May 2003
    Mensagens
    3.590
    Verdinhas
    10

    Originalmente enviada por Spectrobozo®
    o jogo é foda, isso é fato hehe, a versao de PS2 é a "menos boa" (graficamente, pq a de GC nao tem modo online), entre os consoles, mais mesmo assim é muito bem trabalhada, ficou bacana mesmo....

    o jogo nao "sofre" quedas de framerate nao? a versao de xbox o grafico é MUITO foda, quando joguei nao acreditei, mais as vezes o framerate fica baixo...
    Pelas fotos e comentarios que eu andei vendo a do GC e a pior em termo de imagem.

  11. #10
    Suspenso
    Info
    Registro
    Aug 2004
    Mensagens
    6.177
    Verdinhas
    0

    Originalmente enviada por Orthanc
    Pelas fotos e comentarios que eu andei vendo a do GC e a pior em termo de imagem.
    no h2h da ign a versao de GC foi considerada melhor, inclusive pelas fotos da pra ver....

  12. #11
    Membro Avatar de Jaymz Hetfield
    Info
    Registro
    Oct 2004
    Mensagens
    3.056
    Verdinhas
    28

    Giba me pergunta uma coisa, as fases são as mesma do PC e Box? quando a IGN fez uma análise em screen as fotos da PS2 e Cubo tinha diferenças das outras versões

  13. #12
    Membro
    Autor do tópico
    Info
    hardMOB Platinum User
    Registro
    Jul 2002
    Mensagens
    17.744
    Verdinhas
    4637

    O trabalho na versão de Ps2 ficou exelente.
    Tou na fase do navio, nossa, a água no chão detona a do God Of War!!!
    As paredes todas tem pseudo-shaders, nossa, realmente é inacreditável os gráficos deste game no PS2.

    Que venha Pop 3.

  14. #13
    Membro
    Info
    Registro
    May 2003
    Mensagens
    3.590
    Verdinhas
    10

    Alguem sabe o topico onde tem aquela imagem comparando as 4 versoes do SC CT xbox pc ps2 e GC.

  15. #14
    Membro Avatar de Jaymz Hetfield
    Info
    Registro
    Oct 2004
    Mensagens
    3.056
    Verdinhas
    28

    Originalmente enviada por Orthanc
    Alguem sabe o topico onde tem aquela imagem comparando as 4 versoes do SC CT xbox pc ps2 e GC.
    Tinha na análisa do Xbox aqui, procura no Site da IGN

  16. #15
    Membro Avatar de AKuma 2K6
    Info
    Registro
    Nov 2003
    Mensagens
    6.737
    Verdinhas
    85

    Originalmente enviada por Jaymz Hetfield
    Giba me pergunta uma coisa, as fases são as mesma do PC e Box? quando a IGN fez uma análise em screen as fotos da PS2 e Cubo tinha diferenças das outras versões
    Eu ainda nao peguei esse jogo pq o com medo de me decepcionar com os graficos! Ainda mais agora q meu irmao levo o Xbox, so to com o PS2...mais pelo q eu li algumas fases do PS2 foram modificadas pq o PS2 nao aguentava.

  17. #16
    Membro
    Autor do tópico
    Info
    hardMOB Platinum User
    Registro
    Jul 2002
    Mensagens
    17.744
    Verdinhas
    4637

    MODO COOP
    Hj puder jogar com um primo o modo cooperativo, nossa, é a coisa mais divertida que já ví.
    A tela fica separada, sem quedas de fps.
    As fases são pequenas até, mas muuuuito inteligentes, por exemplo, tem vários locais que para abrir portas vc presisa que os 2 jogadores apertem um dispositivo ao mesmo tempo, em outros locais vc faz "pezinho" para o outro jogador subir e em outros vc segura a corda para que seu amigo faça um rapel.

    As fases são inéditas no jogo normal, mas é uma história a paralela. as vezes vcs se cominucam com o Sam Fisher que está em outro local da fase.

    Olha, achei EXELENTE este modo! Aumenta e MUITO a vida útil do jogo.

+ Responder Tópico Ir para o Fórum

Assuntos do tópico

Compartilhar

Permissões