+ Responder Tópico
Página 1 de 3 1 2 3 Última
  1. #1
    Redação
    hardMOB
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Info
    Registro
    May 2002
    Mensagens
    12.634
    Blogs
    10
    Verdinhas
    1645

    Mega Drive

    Com anos na liderança nas vendas de videogames, parecia que nada poderia retirar o domínio da Nintendo nos EUA. Até que uma "pequena" empresa japonesa resolve entrar fundo no mercado. Depois de diversas tentativas frustradas, eis que surge o Mega Drive (Genesis por aquelas bandas), que não só conquista a terra do futebol jogado com as mãos, como também abre, de fato, uma nova geração de videogames.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 MegaDrive_001.jpg
Visualizações: 1491
Tamanho: 57,0 KB
ID:	5597


    Afinal, o Genesis does, what Nintendon't.

    Um pouco de história

    No dia do lançamento do Famicom, a Sega lançava também seu primeiro videogame, o Mark SG-1000. Enquanto a Nintendo colheu frutos e conquistou diversos mercados no mundo, inclusive o norte-americano, a Sega foi lançando novas versões e atualizações sem nunca decolar.

    Mesmo o Master System (conhecido antes como Mark III) só conseguiu atingir relativo sucesso em mercados menores, como o europeu e o brasileiro. A jóia da coroa, o mercado norte-americano, parecia completamente controlado pela toda poderosa Nintendo.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 SG-1000_001.jpg
Visualizações: 1158
Tamanho: 62,3 KB
ID:	5598
    Mark SG-1000, o primeiro console da Sega

    Para atingir este objetivo o Mega Drive foi lançado em 1988 no Japão, e assim como a Nintendo com o NES, a Sega procura a Atari para o lançamento norte-americano. Acordo que também não chegou a ser realizado, o que prolongou a data de lançamento do - agora Genesis - nos EUA.

    Enfim, em setembro de 1989 o Genesis já era encontrado em todo o território norte-americano por US$ 189. No final de 1990 foi a vez da Europa e do Brasil, onde o Mega Drive (apenas os EUA tiveram o nome do videogame trocado) foi um sucesso rapidamente - devido a importância que o Master System já tinha nestes mercados.

    O principal trunfo do Mega Drive/Genesis era o seus ports, muito próximos aos do Arcade da época. Se é verdade que é possível perceber diferenças entre os jogos de máquina e do Mega Drive, fica claro que o novo console da Sega possuía capacidades muito maiores do que o Master System ou o NES.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Altered_Beast_001.jpg
Visualizações: 2035
Tamanho: 65,0 KB
ID:	5599
    Apesar de Altered Beast ter recebido versões em diversos consoles e computadores (inclusive o NES), a versão de Mega Drive era uma das mais fiéis ao Arcade

    No Japão a situação era mais crítica, já que o Mega Drive, não só não conseguiu superar o console da Nintendo (primeiro o Famicom, depois o Super Famicom), também não conseguiu vender mais que o PC Engine, ficando em terceiro no mercado oriental por toda sua vida.

    No mercado norte-americano, a Sega acabou utilizando nomes de personalidades com o objetivo de aumentar a visibilidade de seus títulos. Jogos como Joe Montana Football, Michael Jackson's Moonwalker e Castle of Illusion - Starring Mickey Mouse foram comuns durante toda a vida do console. Tática que é utilizada até hoje para alguns jogos, como os de Golf.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 sonic_1_001.png
Visualizações: 1323
Tamanho: 96,4 KB
ID:	5600
    a velocidade de Sonic mostrou que a Nintendo tinha pela primeira vez um competidor

    Mas o grande passo da Sega foi ter atrelado a venda do console a um específico jogo grátis, não mais Altered Beast, mas sim o rápido Sonic. Pessoas que estavam aguardando o lançamento do (já atrasado) Super Nintendo nos EUA acabaram optando pela novidade.

    Com os ports de arcade, a velocidade de Sonic e jogos de esporte (ponto fraco da Nintendo), o Genesis se tornou rapidamente o console da moda nos EUA e foi só perder o seu reinado nos últimos anos da geração, quando o seu hardware ultrapassado (em relação ao Super Nintendo) e as péssimas escolhas da SEGA em lançar diversos acessórios, além de anunciar diversos sucessores acabaram queimando a marca por um longo tempo.

    Hardware

    O maior trunfo do Mega Drive estava em seu processador Motorola 68000 rodando a 7,67 MHz, duas vezes mais rápido que os 3,57 MHz do processador do Super Nintendo. Algo que foi longamente marketeado pela Sega como o "Blast Processor".

    De fato, era muito mais fácil tirar velocidade no console da Sega do que no console da Nintendo, isto não significa que o hardware do Mega Drive seja superior ao SNES, muito pelo contrário. O SNES, por exemplo, possuia 2x mais memória RAM dedicada a vídeo, do que o Genesis (128kb x 64kb), além da paleta de cores, já que o consoles da Nintendo conseguia mostrar até 128 cores simultâneas, de um total de 32.768, enquanto o Mega Drive apenas 64 (183 em modo de sombra/iluminado), de um total irrisório de 512 cores.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Genesis_modelo2_001.jpg
Visualizações: 2520
Tamanho: 52,3 KB
ID:	5601
    Genesis, 2ª versão.

    O calcanhar de aquiles do Mega Drive estava no seu chip de som, com uma quantidade de canais de áudio bem inferior ao SNES. Apesar disto, quando bem trabalhado o Mega Drive conseguia apresentar melodias maravilhosas, como na série Streets of Rage.

    Apesar destas diferenças técnicas, o Mega Drive só foi definitivamente superado nos seus últimos anos de vida, embora jogos como VectroMan e Mickey Mania sejam colírios aos olhos até os dias de hoje.

    Acessórios

    Acessórios no Mega Drive são uma das razões da ruina da Sega. O fiasco do 32X, aparelho que deveria elevar o Mega Drive a categoria dos consoles 32 bits (como Jaguar, Playstation e CD-i) e que na verdade mal conseguia igualar a qualidade gráfica (e principalmente sonora) do SuperNES.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 32x.jpg
Visualizações: 1091
Tamanho: 68,7 KB
ID:	5602
    32X, só funcionava com fonte própria

    O 32X foi idealizado depois do alto custo alcançado pelo Virtua Racing (que possuía um processador próprio, no cartucho). A idéia era criar um único acessório com o poder de processamento, abaixando o custo das fitas. Com o lançamento do Sega Saturn no Japão e a baixa qualidade de boa parte dos jogos, o acessório foi um grande fiasco.

    Outro acessório famoso foi o Sega CD, aparelho que aumentava a capacidade sonora do Mega Drive, além de permitir rodar jogos em CD's, o que aumentava a capacidade de armazenamento. Apesar de ter sido palco de ótimos jogos (e alguma versões superiores até que o SNES e Playstation), o Sega CD é mais lembrado pelos infames jogos com FMV - Full Motion Video -, como Night Trap (que ainda precisava do 32X para funcionar).

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Segacd_2_001.jpg
Visualizações: 1203
Tamanho: 14,1 KB
ID:	5603
    SegaCD - modelo 2

    Seu controle original consistia em 3 botões de ação, nomeados ABC e um único botão de menu "start", além de um direcional de 8 posições. Seu aspecto curvado, mais anatômico que os retangulares de NES, Master System e PC Engine, acabou se tornando tradição. Mais tarde foi lançado uma nova versão com 6 botões de ação.

    Os Jogos

    Sem dúvidas, o jogo mais importante do Mega Drive foi Sonic, seguido rapidamente por Sonic 2. Foram eles que transformaram um console sem grande importância no mais influente console nos EUA por 2 anos. Mortal Kombat (e o fato de ter sangue, ao contrário da versão de SNES) e os diversos jogos com licença da Disney (alguns inclusive da própria Sega) também são importantíssimos, como Aladdin, Castle of Illusion e Quack Shot.

    Os jogos de esporte tiveram sua cota de responsabilidade no sucesso do consoles da Sega, principalmente os de futebol americano, que também influenciou a compra de muitos consumidores nos EUA.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Aladdin.jpg
Visualizações: 1834
Tamanho: 35,0 KB
ID:	5604
    Aladdin de Mega Drive, com exceção de Sonic 1 e 2 que foram vendidos junto ao console, foi o jogo que mais vendeu para a plataforma: 4 milhões.

    Por fim...

    O Mega Drive/Genesis foi a primeira e última vez que a Sega conseguiu controlar um mercado, mesmo que por um período curto de tempo. As decisões feitas nesta "era-16bits" tanto mostraram que a Nintendo não era indestrutível, deram coragem as produtoras a conseguir sua independência, mas também abriram caminho para a decadência da empresa.

    Dez anos depois do sucesso do Genesis nos EUA, em que o console da Sega enfrentou de igual para igual e superou a Nintendo, a Sega estaria colocando seu maior trunfo, o Sonic, num jogo com Mario.

    Rodrigo Guerini é redator da hardMOB, dono do blog SanroJoga e quando pensa em videogame, pensa em Mega Drive.
    Última edição por Rodrigo Guerini : 04-02-2012 às 18:18

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2
    Membro Avatar de DEKAO
    Info
    Registro
    Feb 2006
    Mensagens
    4.268
    Verdinhas
    695

    show de bola... lembro que tive um master e pela a primeira vez que vi sonic rodando no Mega, bichinho dando vários loopings naquela velocidade, fiquei doido

  4. #3
    Membro Avatar de Phryx
    Info
    Correndo do Cthulhu
    Registro
    Mar 2003
    Mensagens
    557
    Verdinhas
    142

    Muito bom o artigo!

    Eu joguei pouco o mega, comprei ele no final da gen (rs).. pois já faziam uns 3 anos que eu tinha o SNES. Mesmo assim pude aproveitar bastante ele.

    Meu Top 10

    1. Shadow Dancer
    2. Quack shot
    3. Alien Storm
    4. Altered Beast
    5. Street Fighter II
    6. Streets of Rage 3
    7. Moonwalker
    8. Golden Axe
    9. Comic Zone
    10. Space Harrier
    (não gosto de sonic)

    Tive o Sega CD, mas joguei bem pouco... era mt difícil achar jogos para alugar, e eram bem caros.

    No 32x existie um título muito bom, no qual me impressionou muito, foi o DOOM. Otima jogabilidade e muito mais rápido que o do SNES (esse tenho até hoje), acho que é o melhor jogo do 32x.

    Um Abraço!

  5. #4
    Membro Avatar de Jack
    Info
    Registro
    May 2006
    Mensagens
    9.996
    Verdinhas
    5041

    ganhei um mega-drive numa promoção da nestlé em 1993, com certeza foi o console mais jogado de todos que eu tive até hj, só foi abandonado em 98 quando ganhei um PSX de presente de aniversário, bons tempos

  6. #5
    Membro Avatar de TheKnight | TK
    Info
    Registro
    Jan 2003
    Mensagens
    5.227
    Verdinhas
    200

    O mega drive tinha um hardware mais rapido, mas os melhores jogos eram da Nintendo. Nintendo não vende somente um videogame, vende criatividade. Me surpreendo cada vez mais com os jogos da própria Nintendo.

  7. #6
    Membro
    Info
    Registro
    Feb 2007
    Mensagens
    1.705
    Verdinhas
    216

    Tive o Mega Drive, porem na epoca queria ter o snes.

    porem me proporcionou muitas felicidades.

  8. #7
    Membro Avatar de Guns
    Info
    Açúcar é o demonio
    Registro
    Jan 2007
    Mensagens
    5.517
    Verdinhas
    2429

    Reconheço a importância do video-game, mas eu o odiava, ehuuehehueuh. Os ports eram MUITO ruins (jogos multiplat), tanto no quesito gráfico quanto no som. Jogos como Rock N' Roll Racing e Sunset Riders eram uma piada no console da Sega.

    Único vg da Sega que eu considero ter tido alguma qualidade foi o Dreamcast, aquele sim, um console a frente do seu tempo.

  9. #8
    Membro Avatar de Shura
    Info
    Bicampeão Mundial
    Registro
    Jan 2010
    Mensagens
    8.061
    Verdinhas
    4615

    Mega Drive com certeza foi um videogame fodástico. Só o fato de ter Sonic já merecia comprá-lo.

  10. #9
    Membro Avatar de Darktag
    Info
    Doe sangue.
    Registro
    Aug 2004
    Mensagens
    12.838
    Verdinhas
    3956

    Queria um só por causa do Streets of Rage II. Ports para o Mega Drive eram muito piores que os para o Snes. Street Fighter II e Mortal Kombat que os digam.

  11. #10
    Membro Avatar de Guns
    Info
    Açúcar é o demonio
    Registro
    Jan 2007
    Mensagens
    5.517
    Verdinhas
    2429

    Citação Citando TheKnight | TK Ver mensagem
    O mega drive tinha um hardware mais rapido, mas os melhores jogos eram da Nintendo. Nintendo não vende somente um videogame, vende criatividade. Me surpreendo cada vez mais com os jogos da própria Nintendo.
    Não tinha não. É que nem o caso PS3 x XBOX. O PS3 tem um processador melhor mas perde em todo o resto (hardware de processamento) como ram e gpu.

  12. #11
    Membro Avatar de Dedolandia
    Info
    CADÊ AS PROMOÇÕES!!!
    Registro
    Aug 2010
    Mensagens
    969
    Verdinhas
    342

    Citação Citando Phryx Ver mensagem
    Muito bom o artigo!

    Eu joguei pouco o mega, comprei ele no final da gen (rs).. pois já faziam uns 3 anos que eu tinha o SNES. Mesmo assim pude aproveitar bastante ele.

    Meu Top 10

    1. Shadow Dancer
    2. Quack shot
    3. Alien Storm
    4. Altered Beast
    5. Street Fighter II
    6. Streets of Rage 3
    7. Moonwalker
    8. Golden Axe
    9. Comic Zone
    10. Space Harrier
    (não gosto de sonic)

    Tive o Sega CD, mas joguei bem pouco... era mt difícil achar jogos para alugar, e eram bem caros.

    No 32x existie um título muito bom, no qual me impressionou muito, foi o DOOM. Otima jogabilidade e muito mais rápido que o do SNES (esse tenho até hoje), acho que é o melhor jogo do 32x.

    Um Abraço!
    Lista perfeita!!!
    Eu acrescentaria
    -Kid Chameleon
    -Shinobis
    -splatterhouse III
    -Contra: Hard Corps(aquilo sim era contra )

    Citação Citando Guns Ver mensagem
    Reconheço a importância do video-game, mas eu o odiava, ehuuehehueuh. Os ports eram MUITO ruins (jogos multiplat), tanto no quesito gráfico quanto no som. Jogos como Rock N' Roll Racing e Sunset Riders eram uma piada no console da Sega.

    Único vg da Sega que eu considero ter tido alguma qualidade foi o Dreamcast, aquele sim, um console a frente do seu tempo.
    Isso foi devido ao uso de um sintetizador-FM da Yamaha, como o mega já estava no mercado, a nintendo bateu o pé e disse "QUEREMOS UM MELHOR", e foi ae que nasceu o caso de amor entre SONY e nintendo, sendo que ela ficou com a "parte sonora" do console.
    Anos depois o casamento acaba e nasce o ps1/psx/playstation.

    Citação Citando TheKnight | TK Ver mensagem
    O mega drive tinha um hardware mais rapido, mas os melhores jogos eram da Nintendo. Nintendo não vende somente um videogame, vende criatividade. Me surpreendo cada vez mais com os jogos da própria Nintendo.
    Exatamente, mas tem um porem...do meio pro fim da geração 16 bits, as devs estavam tirando leite de pedra dos consoles até onde não deu mais.
    Assim nasceu os coprocessadores, no qual houve um destaque maior no snes (chips DSP, SPC,ST,SUPER FX...), ja no mega o único jogo que conheço que usa um addon é o virtua racing (cartuchão \o/).
    O mega tinha muito poder de fogo(principalmente contra slowdowns) mas no conjunto da obra(principalmente na paleta de cores, e os "chips de som") o snes se sobressia...como foi dito pelo Rodrigo

    PS1: Já pararam pra pensar na virada estratégica da nintendo daquela época e da nintendo de hoje kkkkkkkkk!!
    PS2: bateu a nostalgia total aqui *-*
    Última edição por Dedolandia : 05-02-2012 às 1:29

  13. #12
    Membro Avatar de manisnk
    Info
    Ja chegou o disco voador!
    Registro
    Jan 2006
    Mensagens
    26.844
    Verdinhas
    6694

    hsuahsuasa pior que Sonic era rapido pra caramba, ainda tenho meu Master III e o meu Mega.

  14. #13
    Jon
    Jon está offline
    Membro Avatar de Jon
    Info
    Registro
    Oct 2002
    Mensagens
    2.177
    Verdinhas
    3619

    Citação Citando Dedolandia Ver mensagem
    Isso foi devido ao uso de um sintetizador-FM da Yamaha, como o mega já estava no mercado, a nintendo bateu o pé e disse "QUEREMOS UM MELHOR"
    Não é que o Yamaha presente no Mega Drive fosse ruim. Ele estava totalmente de acordo com década na qual o Mega foi lançado (anos 80), década dominada pelos, ora vejam, teclados e sintetizadores. Quando as softhouses faziam as trilhas sonoras usando os instrumentos que ele tinha de forma adequada (ou seja, explorando os pontos fortes daquele Yamaha, que era synthbass, teclado e bateria), ficava muito bom. Quando inventavam que querer tirar som de guitarra elétrica e orquestra, aí a coisa ficava feia.

    Engraçado ninguém ter falado no verdadeiro ponto fraco do console, que era a parte de vozes. Horríveis. Li uma explicação de que isso era devido a um bug no Z80 e que isso dava mais trabalho para as softhouses na hora de programar as vozes e, assim, a maioria preferia fazer do jeito tosco. O video abaixo mostra exemplos de vozes ruins e boas no Mega Drive, o que prova que o papo de que o MD não era capaz de processar vozes limpas não procede.


    Ah, e o que era uma vantagem no Mega Drive, os 8mhz no seu processador, criava a desvantagem de tornar os cartuchos mais caros de produzir (Clock síncrono, logo, um chip de rom de 8 e poucos mhz era mais caro do que uma ROM de 3 e poucos mhz do SNES). Pelo menos nunca vi no MD um jogo apresentar a tela NOW LOADING (vi isso num jogo de SNES, Batman & Robin se não me engano, AVGN fez até review dele de tão ruim que é)

  15. #14
    Membro Avatar de Darktag
    Info
    Doe sangue.
    Registro
    Aug 2004
    Mensagens
    12.838
    Verdinhas
    3956

    Tela Now Loading em Snes? Mega Drive?

  16. #15
    Jon
    Jon está offline
    Membro Avatar de Jon
    Info
    Registro
    Oct 2002
    Mensagens
    2.177
    Verdinhas
    3619

    Citação Citando Darktag Ver mensagem
    Tela Now Loading em Snes?


    Batman Forever, aqui chamada de HOLD ON.

  17. #16
    Membro Avatar de TM99
    Info
    Registro
    Oct 1999
    Mensagens
    5.992
    Blogs
    1
    Verdinhas
    298

    Ainda tenho mega drive, e realmente, sonic foi muito importante, e joguei todos os jogos mencionados na reportagem, todos foram otimos....

    Mickey, quackshot, streets of rage... boa lembranças.

  18. #17
    Membro Avatar de Diego - Evil
    Info
    Loading...
    Registro
    Jun 2002
    Mensagens
    8.648
    Verdinhas
    1437

    Sempre gostei da nintendo, mas MOrtal Kombat e Street Fighte, quando iamos a locadora ( não tinhamos o console ) preferiamos jogar no MEGA DRIVE.

    Street Figter principalmente, por causa do controle com 6 botões um ao lado do outro e Mortal por causa do SANGUE.
    (lembro da galera dizendo que Mortal do NES quando vc batia no cara Saia Farinha em vez de sangue haha)


    Fora que a dona da locadora tinha um Mega Drive Ligado num TELÃO DE PROJEÇÃO, logo quando chegou Mortal Kombat 1.

    Pqp imagine naquela época que sinistro vc ver um falality do Sub Zero num quarto escuro, com uma Telão de projeção e um Volume de som ENORME.

    Cara tinha FILA pra entrar assistir os caras jogarem, pense!
    Pra jogar tinha que agendar hora hahaha!

    fuckin good times.
    Última edição por Diego - Evil : 05-02-2012 às 13:55

  19. #18
    Membro Avatar de Dedolandia
    Info
    CADÊ AS PROMOÇÕES!!!
    Registro
    Aug 2010
    Mensagens
    969
    Verdinhas
    342

    Citação Citando Jon Ver mensagem
    Não é que o Yamaha presente no Mega Drive fosse ruim. Ele estava totalmente de acordo com década na qual o Mega foi lançado (anos 80), década dominada pelos, ora vejam, teclados e sintetizadores. Quando as softhouses faziam as trilhas sonoras usando os instrumentos que ele tinha de forma adequada (ou seja, explorando os pontos fortes daquele Yamaha, que era synthbass, teclado e bateria), ficava muito bom. Quando inventavam que querer tirar som de guitarra elétrica e orquestra, aí a coisa ficava feia.
    Bela observação
    Não sabia bem de como o chip do mega era inferior, só sabia que era hehehe.
    Ele poderia ser bom em algumas coisas e ruins em outras, mas acho que de fato ele sempre foi inferior aos da sony. De qualquer forma o chip foi bem aproveitado em alguns jogos...Yuko Koshiro que o diga

    Citação Citando Jon Ver mensagem
    Engraçado ninguém ter falado no verdadeiro ponto fraco do console, que era a parte de vozes. Horríveis. Li uma explicação de que isso era devido a um bug no Z80 e que isso dava mais trabalho para as softhouses na hora de programar as vozes e, assim, a maioria preferia fazer do jeito tosco. O video abaixo mostra exemplos de vozes ruins e boas no Mega Drive, o que prova que o papo de que o MD não era capaz de processar vozes limpas não procede.
    Aquela voz do "Present by Data East" deve ter dado trabalho viu hahahaha!!!!

  20. #19
    Jon
    Jon está offline
    Membro Avatar de Jon
    Info
    Registro
    Oct 2002
    Mensagens
    2.177
    Verdinhas
    3619

    Citação Citando Dedolandia Ver mensagem
    Não sabia bem de como o chip do mega era inferior, só sabia que era hehehe. Ele poderia ser bom em algumas coisas e ruins em outras, mas acho que de fato ele sempre foi inferior aos da sony. De qualquer forma o chip foi bem aproveitado em alguns jogos...Yuko Koshiro que o diga
    Pois é. O chip de audio do SNES, além de ter como ponto forte instrumentos de orquestra, caprichava no reverb (até demais, tem jogo que exagerou no uso do reverb) e foi concebido para emular instrumentos reais (não perfeitamente, mas em um patamar muito bom) enquanto o chip do mega tinha como foco reproduzir os instrumentos dos anos 1980, ou seja, sintetizadores e teclados em geral. Por outro lado, o sample rate de saída do chip de audio do SNES era de 32khz, o que deixava o som abafado, ainda mais quando comparado aos 44,1k crystal clear do chip do mega drive (mesmo samplerate do CD).

  21. #20
    Membro Avatar de Mosquito
    Info
    Registro
    Dec 1999
    Mensagens
    1.968
    Verdinhas
    12

    Citação Citando Rodrigo Guerini Ver mensagem
    O maior trunfo do Mega Drive estava em seu processador Motorola 68000 rodando a 7,67 MHz, duas vezes mais rápido que os 3,57 MHz do processador do Super Nintendo. Algo que foi longamente marketeado pela Sega como o "Blast Processor".
    Errado. Comparar processadores de arquiteturas diferentes usando o clock como referência é, no mínimo, ingênuo.
    Sega Genesis: 0,96 Mips @ 7,6MHz
    Super Famicom: ~1,5Mips @ 3,57MHz

    Mips: Millions of instructions per second

  22. #21
    Membro
    Info
    Registro
    Sep 2008
    Mensagens
    730
    Verdinhas
    709

    Lembro da cena do meu pai chegando com um mega-drive pra mim no meu aniversário de 5 anos, eu ainda não sabia bem oque era, nunca tinha tido nenhum video game, acho que ali foi o ponto mais marcante na minha vida, o inicio de tudo. hahaha

  23. #22
    hardMOB Staff - Moderação Avatar de eduhunter
    Info
    test automation
    Registro
    Sep 2004
    Mensagens
    10.776
    Verdinhas
    4903

    Só uma correção no texto pro Rodrigo, não é "VectroMan" é "VectorMan" Joguei muito esse game e inclusive fechei o primeiro..

    O final do MD tava muito show, tavam tirando leite de pedra, chegou até a sair ISSS

  24. #23
    Membro
    Info
    Registro
    May 2006
    Mensagens
    6.166
    Verdinhas
    6352

    Citação Citando Phryx Ver mensagem
    1. Shadow Dancer
    Velho, puxei aqui o Emulador desse jogo !! O jogo é extremamente difícil hhehhehaheuh !!! Velhos tempos de Mega Drive !!

  25. #24
    Membro Avatar de Chris Rock
    Info
    AH SACOMÉ NÉ
    Registro
    Oct 2010
    Mensagens
    1.654
    Verdinhas
    2240

    Mega Drive era foda.

  26. #25
    Membro Avatar de Guns
    Info
    Açúcar é o demonio
    Registro
    Jan 2007
    Mensagens
    5.517
    Verdinhas
    2429

    Os únicos games do SNES que apresentam loading são Batman e Robin e Out of This World, e mesmo assim, loadings de menos de 5 segundos.

    O Mega só levava mesmo na resolução (que é maior do que a do SNES, e razoavelmente) e na velocidade do processador. Exemplo referente a resolução:

    (é GIF)

    (gráficos feitos via emulação, não levar em consideração)

    O detalhe é que, nos games onde o SNES ficou para trás (graficamente), era somente por causa do cartucho (capacidade de armazenamento). Sunset Riders do Mega Drive por exemplo, é um lixo, nada a ver com a versão arcade (ao contrário da versão do SNES que é 99% fiel, só apresentando cortes em partes muito complexas. E mesmo assim, mínimas), mas levava vantagem nas explosões pelo fato da versão SNES ter explosões toscas para tudo caber no cartucho.

    Comparação: (Arcade, Snes e Mega, respectivamente)


    (no vídeo só mostram o primeiro chefe, mas até as fases do Mega eram diferentes e extremamente capadas)


    A técnica de dithering aplicada pela GPU do Mega também era bem porca se comparada a do SNES, que era muito melhor.
    Última edição por Guns : 05-02-2012 às 19:27

+ Responder Tópico Ir para o Fórum
Página 1 de 3 1 2 3 Última

Assuntos do tópico

Compartilhar

Permissões