+ Responder Tópico
  1. #1
    Membro Avatar de welljose
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Wellington Silva
    Registro
    May 2012
    Mensagens
    7
    Verdinhas
    1

    [AnáliseMob] Sonic 4 - Episódio II

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Sonic_4_Episode_mgn_hardware.png
Visualizações: 314
Tamanho: 109,8 KB
ID:	6289


    No geral, fãs de jogos de plataformas sempre tiveram a tendência a se dividir em dois grupos. De um lado os jogadores que possuíam produtos da Nintendo e sempre foram fãs do italiano Mario e, do outro, onde me incluo, os donos de sistemas da Sega, muito fiéis a Sonic, o ouriço.

    Infelizmente não podemos dizer que o tempo teve o mesmo cuidado com as duas franquias e, a partir deste mês, mais uma vez os fãs de Sonic têm a oportunidade de avaliar o quanto a Sega tem se dedicado ao seu tão popular mascote.

    SONIC 4: Episódio II foi lançado oficialmente na última terça-feira, 15 de maio, em vendas inteiramente online, inicialmente na PlayStation Network (inclusive na brasileira, por R$ 30,99) e para PC, via Steam, por US$ 14.99. No Brasil o site Nuuvem também comercializa o download para PC por R$ 29,90.

    Em seguida vieram lançamentos na Xbox Live (apenas EUA) e Apple App Store (por US$ 6.99, inclusive na loja brasileira). Em breve será a vez do Android, em junho, e da versão para Windows Phone, em julho.

    O WiiWare, a loja online da Nintendo, que havia comercializado o primeiro episódio ficou de fora para esta segunda edição, muito provavelmente pelo tamanho do jogo, que ultrapassaria os 40 MB estipulados pela Nintendo como limite, deixando assim os donos do Nintendo Wii na mão.

    PRIMEIRAS IMPRESSÕES

    O jogo começa com a clássica tela de abertura, mas desta vez com a raposa Tails acompanhando Sonic. Logo de cara o game inova na interação que Sonic e Tails terão, pois, se em Sonic 2 havia a possibilidade de não ter Tails por perto, em Sonic 4 Episódio II isso é impossível: a atuação coletiva faz parte da aventura e pode ser apreciada inclusive com um amigo no player 2 ou pelo modo online.

    Algumas das ocasiões em que a ajuda de Tails é obrigatória consistem em escaladas e nado, mas aqui há uma diferença em relação ao Sonic 3, pois a autonomia de voô das 'caudas' de Tails parece estar menor, o que irá demandar ao jogador antigo um pouco mais de prática. Além deste movimento, Sonic e Tails agora podem ainda unir forças em um novo ataque de giro, bem ao estilo roleta russa, que não deve ser subestimado pelos fãs: o novo ataque é poderoso e poderá ser a chave em vários momentos do jogo.

    AS ZONAS

    São quatro lugares distintos a serem explorados, cada um com três atos e um chefe. Haverão ainda dois duelos finais diretamente na Death Egg, o clássico Ovo da Morte do Doutor Robotinik (não me acostumarei a dizer Eggman).

    Sylvania Castle é uma zona aquática, com muitos elementos de Aquatic Ruin, de Sonic 2 e outros de Marble Garden, de Sonic 3. Conta com boa dose de dificuldade e parece ter uma das canções menos cansativas de todo o jogo.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 sylvania-castle-act-1-6.jpeg
Visualizações: 224
Tamanho: 47,5 KB
ID:	6290
    Sylvania Castle: Aprende-se aqui a trabalhar com Tails.

    White Park é a mistura de Carnival Night com Ice Cap Zone, ambas de Sonic 3. O destaque fica com a segunda tela, inteiramente construída como uma grande montanha russa e que demonstra bem que houve um esforço maior aqui da Dimps (a empresa aparceira da Sega no desenvolvimento dos episódios I e II) e da Sonic Team em construir levels mais extensos do que os do episódio anterior. Destaque ainda para a nostalgia que muitos irão sentir com Sonic e Tails esquiando morro abaixo.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Sonic-4-Episode-2-Zone-2-Act-1-Screen-4.png
Visualizações: 230
Tamanho: 190,8 KB
ID:	6291
    White Park Zone: Lá vai o ouriço, descendo a ladeira.

    Oil Desert talvez seja a área mais cansativa para alguns jogadores, principalmente por conta de alguns dos badnicks mais imprevisíveis até então e do retorno dos calabouços que se inundam de areia e exigem fugas rápidas, como vimos em Sandópolis Zone, em Sonic 3. Música também repetitiva, que nos dá saudade da época de Sonic 2 e sua Oil Ocean Zone, tema que combinaria muito melhor com este enorme campo de extração de óleo.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 screenlg9_20936.jpeg
Visualizações: 181
Tamanho: 42,0 KB
ID:	6292
    Oil Desert: Além das armadilhas, cuidado com as tempestades de areia.

    E finalmente chegaremos a Sky Fortress Zone, totalmente inspirada em Sonic 2 e com uma boa experiência de voô com Tails no Relâmpago, o saudoso avião vermelho de muitas infâncias. Aqui temos uma dificuldade moderada, cabendo ao jogador bastante cuidado, paciência e bom uso do próprio avião como arma contra os inimigos.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Sky_Fortress_Zone_Act_1_screenshot.png
Visualizações: 268
Tamanho: 113,3 KB
ID:	6293
    Sky Fortress: Tails se desdobra para Sonic não cair do céu.


    OS DETALHES

    Nota-se que Dimps e a Sonic Team evoluíram em relação à física do jogo. Sonic agora se move de maneira mais próxima aos jogos clássicos, mas ainda com certo 'peso' e demora para tomar velocidade.

    Quem jogou Sonic Generations irá se perguntar se a Sega não poderia simplesmente copiar as mesmas fórmulas e aplicar na série Sonic 4. Talvez fique para o terceiro episódio, caso a empresa decida manter a série. Por enquanto, em sua última declaração, em março, o produtor da Sonic Team, Takashi Iizuka, informou que a empresa irá aguardar o feedback dos fãs (leia-se: vendas) antes da decisão.

    As canções realmente são um dos pontos mais fracos do jogo: chegaram a nos deixar com saudades daquelas utilizadas no primeiro episódio, que já eram muito cansativas. Isso realmente é bastante injustificável em uma série que sempre levou a sério sua trilha sonora. A emulação das batidas 16 bits fica cansativa e parece se repetir em intervalo muito curto. Talvez sua família lhe peça para abaixar o volume ou usar fones de ouvido, e eles não estarão errados.

    Os níveis estão razoavelmente bem construídos, com raros problemas de usabilidade, que já foram muitas vezes responsáveis por 'mortes sem sentido' em jogos anteriores. Além disso, os níveis no geral conseguem transmitir um pouco de continuidade em relação ao que já foi a franquia na década de 90. Outra boa melhoria em relação ao episódio I.

    Sobre o estágio especial, totalmente baseado na versão de corrida em 3D pelos anéis, de Sonic 2, fica o destaque para os anéis múltiplos, que valem por dez e que são imprescindíveis para o alcance dos objetivos. O estágio ainda ficou muito belo e ganhou belas cutscenes de Sonic e Tails comemorando ou se lamentando com seu desempenho na corrida.

    Clique na imagem para versão maior

Nome:	 sonic4ep2-003.jpeg
Visualizações: 188
Tamanho: 47,5 KB
ID:	6294
    Estágio Especial: Agora também com choque elétrico.

    O gameplay do jogo é curto, podendo ser finalizado entre duas a três horas pelos jogadores mais calmos. Sei que terei feedbacks de tempos muito menores: O atual recordista na PlayStation Network completou o chefe final em 2 minutos e 46 segundos!

    O fator replay do jogo é incrementado graças a busca pelas esmeraldas nos estágios especiais para transformação em Super Sonic e também pela caça aos anéis vermelhos, espalhados pelas zonas, que incentivam explorações e que desbloqueiam conquistas (troféus) quando 100% coletadas.

    PORTANTO...

    Como falado no início, infelizmente Sonic 'o ouriço' não recebe a mesma aura de cuidado que seu concorrente Mario: O desenvolvimento descentralizado (via Dimps) e a falta de amarração de personagens e enredos talvez possam ser as principais causas do popular 'Ciclo do Sonic', em que os fãs frequentemente se decepcionam com os lançamentos do personagem.

    Tudo isso, claro, sem nos esquecermos que Shigeru Miyamoto, pai de Mario, continua na Nintendo até hoje, acompanhando diretamente cada lançamento do encanador, enquanto Yuji Naka, criador de Sonic, infelizmente deixou a Sega em 2006.

    Apesar de tudo isso, Sonic 4: Episódio II é um título que irá entreter os fãs da série, relembrar elementos populares de toda a franquia e fazer muitos terem vontade de jogar novamente os clássicos. Por ter distribuição 100% digital, o custo fica mais acessível aos fãs e, apesar de sermos sim exigentes, o game é acima da média em relação aos demais títulos do gênero atualmente distribuídos online.

    Portanto, independente da sua plataforma (console, PC ou móvel), dê uma nova chance ao ouriço, modere um pouco as expectativas e mergulhe nos pensamentos de que 'o Sonic gordinho sim é que ficaria muito legal nessas cutscenes'.


    Wellington Silva é fã de games desde que ganhou seu Mega Drive 3 da TecToy adquirido nas Casas Pernambucanas por sua mãe - parcelado em muitas vezes. Apesar de já ter passado muito tempo desde aquela época e hoje se dedicar a esposa e ao trabalho em gestão da qualidade, nunca deixou de jogar. E mantém o Mega Drive guardado até hoje.

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2
    Suspenso
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    [Too Long]
    Registro
    Jun 2008
    Mensagens
    5.667
    Verdinhas
    635

    Melhor que o tenebroso episodio 1 esta. Mas ainda assim é um jogo fraco.
    nota 6/10

    A sega tinha que se desapegar um pouco e ousar mais. Um sonic classico nao funciona e um estilo sonic adventure tbm não.

    Se for olhar pela parte criativa a melhor aposta dela foi o sonic lobizomem.

  4. #3
    Suspenso
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Jun 2007
    Mensagens
    2.589
    Verdinhas
    3319

    Eu nunca fui muito de jogar Sonic, mas dos poucos que joguei acho que o que é mais interessante no jogo como um todo é se manter veloz. Basicamente a graça do jogo é fazer o timeTrial perfeito, pelo menos é o que eu achei. A sega podia voltar pro 2d, talvez um 2d em alta-definição (vide Rayman) e trazer algum diferencial pra franquia, um multiplayer competitivo por exemplo.

  5. #4
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Feb 2007
    Mensagens
    1.231
    Verdinhas
    309

    Acho que o Sonic Team está totalmente perdido...

    Eles lançam duas franquias completamente independentes uma da outra, com a mesma idéia básica, mas conseguiram a proeza de serem aclamadas como excelentes e "acima da média" ou "melhor que o tenebroso episódio 1", como citado pelo colega MaçãEtílica.

    Primeiro a questão da engine... A engine do episódio 1 é uma desgraça... Deveriam ter pego a engine do Sonic 3 e trabalhado em cima dela... Todo mundo teria amado o Episodio 1 e isso teria canibalizado totalmente o Generations... Mas não... Corrigem muito dos erros da engine e lançam o Episodio 2, enquanto todo mundo questiona pq não usaram a maldita engine do Generations, que é muito boa (mas ainda prefiro a do Sonic 3)...

    Então eles lançam a engine do Generations, que é excelente... Muito fiel à engine dos Sonics de MegaDrive...

    Ae volto ao primeiro parágrafo... Duas franquias completamente independentes que fazem a mesma coisa... Voltar à era de ouro do Sonic... O SonicTeam deveria transplantar as fases do Episodio I para a engine do II... Seria um MÍNIMO de respeito com os fãs... E quando sair o Episode III, com a engine do Sonic Generations (ou a do Episode II totalmente corrigida), transplantar tudo pra ela... Ae ela fecha com chave de ouro o Sonic 4 e recuperaria parte do respeito...

+ Responder Tópico Ir para o Fórum

Assuntos do tópico

Compartilhar

Permissões