+ Responder Tópico
  1. #1
    Membro Avatar de Cherno Alpha
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    U.S.S.R.
    Registro
    Jan 2003
    Mensagens
    14.594
    Verdinhas
    1854

    Fazer over em Pendrive, é possível?

    Pessoal partindo do princípio que a velocidade de leitura/gravação de uma memória pode ser aumentada elevando suas frequências, me veio na cabeça a idéia de fazer over no meu pendrive (kingston DT 1 (6 MB read 3 MB write). Só que como é possível acessar o eprom dele? Alguém já ouviu falar de algum método?

    []´s

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Oct 2001
    Mensagens
    4.342
    Verdinhas
    734

    Porra, over em pendrive??? aff

  4. #3
    Membro Avatar de Cherno Alpha
    Autor do tópico
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    U.S.S.R.
    Registro
    Jan 2003
    Mensagens
    14.594
    Verdinhas
    1854

    Citação Citando TonyMad Ver mensagem
    Porra, over em pendrive??? aff
    Não entendi sua colocação. Ainda mais pelo fato de que pendrives rápidos são MUITO mais caros e difíceis de achar.

    Nem no google eu achei informações a respeito.

  5. #4
    hardMOB Staff - Moderação Avatar de 3,14k2|P1k4chu
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Jun 2003
    Mensagens
    42.363
    Verdinhas
    653

    A ideia é boa... mas não creio que seja valida, pelo que eu sei não é apenas o chip de memoria flash que limita a velocidade, tem outros fatores como os circuitos, a propria USB e etc.

    Fora que aumentar o clock traria desempenho? E a instabilidade? Corrompimento de dados num pendrive eh tenso...

    Acho que nao vale nem a pena procurar sobre.

    []'s

  6. #5
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    May 2003
    Mensagens
    3.765
    Verdinhas
    1

    esqueça isso e seja feliz

  7. #6
    Membro Avatar de Cherno Alpha
    Autor do tópico
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    U.S.S.R.
    Registro
    Jan 2003
    Mensagens
    14.594
    Verdinhas
    1854

    Citação Citando 3,14k2|P1k4chu Ver mensagem
    A ideia é boa... mas não creio que seja valida, pelo que eu sei não é apenas o chip de memoria flash que limita a velocidade, tem outros fatores como os circuitos, a propria USB e etc.

    Fora que aumentar o clock traria desempenho? E a instabilidade? Corrompimento de dados num pendrive eh tenso...

    Acho que nao vale nem a pena procurar sobre.

    []'s
    Pow claro que vale, pensa comigo, nesses pendrives toscos como o meu, um aumento de 6 MB p/ 9 MB e de 3 p/ 5 ou 6 MB eh fuderosamente válido. Outro ponto é que eu já vi pendrives do mesmo modelo com velocidades diferentes, como é o caso desses data traveller 1 da Kingston. Qto a margem de segurança, é pra isso que serve os testes, eu to disposto a pesquisar sim o problema eh que falta informações sobre controlador de clock e como acessar os mesmos nos pendrives. Não tem nada a ver com USB.

    []´s

  8. #7
    hardMOB Staff - Moderação Avatar de 3,14k2|P1k4chu
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Jun 2003
    Mensagens
    42.363
    Verdinhas
    653

    Citação Citando ApocaRIVER Ver mensagem
    Pow claro que vale, pensa comigo, nesses pendrives toscos como o meu, um aumento de 6 MB p/ 9 MB e de 3 p/ 5 ou 6 MB eh fuderosamente válido. Outro ponto é que eu já vi pendrives do mesmo modelo com velocidades diferentes, como é o caso desses data traveller 1 da Kingston. Qto a margem de segurança, é pra isso que serve os testes, eu to disposto a pesquisar sim o problema eh que falta informações sobre controlador de clock e como acessar os mesmos nos pendrives. Não tem nada a ver com USB.

    []´s
    Hmm você que sabe, mas como falei o problema é que um Over de CPU e tal, o maximo que acontece e derrepente travar, num pendrive vc pode perder informações e dependendo da informação pode trazer prejuizos...

    Mas se tu quer assim mesmo, vai fundo, não deixa de nos deixar em dia com oq tu descobrir ehehe!

    Sobre o USB, comentei pq existem muitos pendrives que ainda usam USB 1.1, apesar de reportarem como USB 2.0

    []'s

  9. #8
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2001
    Mensagens
    6.941
    Verdinhas
    1

    Bom, devo admitir que o raciocínio lógico não impede que o overclock seja feito (velocidade aumenta = transmissão aumenta), o processo não é bem tão trivial quanto o overclock na CPU (por diversos fatores).

    O caso é o seguinte: A USB do computador (HOST), possui uma margem de comunicação. Por exemplo, USB 1.1 é até 14MB/s. Mas óbviamente, este ATÉ significa "não necessáriamente". Mas o computador está lá, APTO a fornecer ester 14 MB/s sempre que for necessário. Pra resumir, significa que o gargalo da velocidade óbviamente não está no computador, e sim no pendrive (não diga, ooohhhh....)

    Bom, isto significa que não é no PC que temos que mexer. Claro, poderíamos overclockar o USB do HOST, mas....pra que resultado? Os handshakes e outros protocolos aconteceriam na frequência errada e o pendrive nem conectaria, com resultados desanimadores, para não dizer desastrosos.

    Isto nos deixa com uma única opção viável (?), que é overclockar o pen drive.

    Bom.....viável em termos, porque o que acontece com o pen drive é o seguinte: Os mais simples (por exemplo o Data Traveler da Kingston) tem apenas dois chips principais, o USB MASS STORAGE controller e a memória em si (algumas vezes podem ser duas memórias).

    O USB MASS STORAGE controller nada mais é do que uma espécie de microprocessador que recebe as instruções de gravação / leitura da CPU e reage da forma adequada. A forma adequada é a seguinte:

    Recebeu pedido de leitura -> pede pra CPU esperar -> realiza leitura da memória flash -> coloca em buffer -> checa erro (as vezes) -> soca na CPU -> libera para nova leitura (fim da espera)

    É claro que não é possível alterar este ciclo, pois isto exigiria substituição do chip (quer tentar?) ou reprogramação, onde a primeira opção é quase impossível e a segunda é impossível.

    Este ciclo leva um determinado número de instruções do storage, onde cada instrução do microprocessador leva um tempo X determinado pelo CLOCK. Estas instruções, portanto, DETERMINAM a velocidade de leitura (ou de escrita).

    Agora chega a parte interessante, aumentando o clock aumentaríamos a taxa de transferência, certo?

    Bom....certo. Mas e pra mudar o clock? A motherboard, pra ser compatível com 9081039019238312 barramentos diferentes, tem um GERADOR DE CLOCK DIGITAL VARIÁVEL (e muito bem preciso, por sinal).

    Mas o pen drive não precisa disso! Ele precisa CUSTAR POUCO. Afinal, ele só precisa de um clock universal! (Caso haja necessidade de só mais um clock maior / menor, é fácil tirar de um único principal)

    Logo, a solução é: CRISTAL. Sim, osciladores a cristal. (Número 5 na figura)



    Bom....pra se fazer um overclock no pen-drive, então, basta trocar o oscilador a cristal. Eu já vou avisando: Não é fácil, vai custar algo (você provávelmente vai ter que comprar o novo cristal...) e existe uma boa possibilidade de dar errado pois alterando os circuitos de timer do microprocessador, você pode acabar disparando watchdog, ou causando ciclos incompletos de escrita na flash, o que acarreta em perda de dados.

    Bom, se quiser tentar, eu apóio! Mas lembre-se que a tarefa não será nem um pouco fácil.

  10. #9
    Membro Avatar de Cherno Alpha
    Autor do tópico
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    U.S.S.R.
    Registro
    Jan 2003
    Mensagens
    14.594
    Verdinhas
    1854

    Citação Citando Malogro Ver mensagem
    Bom, devo admitir que o raciocínio lógico não impede que o overclock seja feito (velocidade aumenta = transmissão aumenta), o processo não é bem tão trivial quanto o overclock na CPU (por diversos fatores).

    O caso é o seguinte: A USB do computador (HOST), possui uma margem de comunicação. Por exemplo, USB 1.1 é até 14MB/s. Mas óbviamente, este ATÉ significa "não necessáriamente". Mas o computador está lá, APTO a fornecer ester 14 MB/s sempre que for necessário. Pra resumir, significa que o gargalo da velocidade óbviamente não está no computador, e sim no pendrive (não diga, ooohhhh....)

    Bom, isto significa que não é no PC que temos que mexer. Claro, poderíamos overclockar o USB do HOST, mas....pra que resultado? Os handshakes e outros protocolos aconteceriam na frequência errada e o pendrive nem conectaria, com resultados desanimadores, para não dizer desastrosos.

    Isto nos deixa com uma única opção viável (?), que é overclockar o pen drive.

    Bom.....viável em termos, porque o que acontece com o pen drive é o seguinte: Os mais simples (por exemplo o Data Traveler da Kingston) tem apenas dois chips principais, o USB MASS STORAGE controller e a memória em si (algumas vezes podem ser duas memórias).

    O USB MASS STORAGE controller nada mais é do que uma espécie de microprocessador que recebe as instruções de gravação / leitura da CPU e reage da forma adequada. A forma adequada é a seguinte:

    Recebeu pedido de leitura -> pede pra CPU esperar -> realiza leitura da memória flash -> coloca em buffer -> checa erro (as vezes) -> soca na CPU -> libera para nova leitura (fim da espera)

    É claro que não é possível alterar este ciclo, pois isto exigiria substituição do chip (quer tentar?) ou reprogramação, onde a primeira opção é quase impossível e a segunda é impossível.

    Este ciclo leva um determinado número de instruções do storage, onde cada instrução do microprocessador leva um tempo X determinado pelo CLOCK. Estas instruções, portanto, DETERMINAM a velocidade de leitura (ou de escrita).

    Agora chega a parte interessante, aumentando o clock aumentaríamos a taxa de transferência, certo?

    Bom....certo. Mas e pra mudar o clock? A motherboard, pra ser compatível com 9081039019238312 barramentos diferentes, tem um GERADOR DE CLOCK DIGITAL VARIÁVEL (e muito bem preciso, por sinal).

    Mas o pen drive não precisa disso! Ele precisa CUSTAR POUCO. Afinal, ele só precisa de um clock universal! (Caso haja necessidade de só mais um clock maior / menor, é fácil tirar de um único principal)

    Logo, a solução é: CRISTAL. Sim, osciladores a cristal. (Número 5 na figura)



    Bom....pra se fazer um overclock no pen-drive, então, basta trocar o oscilador a cristal. Eu já vou avisando: Não é fácil, vai custar algo (você provávelmente vai ter que comprar o novo cristal...) e existe uma boa possibilidade de dar errado pois alterando os circuitos de timer do microprocessador, você pode acabar disparando watchdog, ou causando ciclos incompletos de escrita na flash, o que acarreta em perda de dados.

    Bom, se quiser tentar, eu apóio! Mas lembre-se que a tarefa não será nem um pouco fácil.
    Clap Clap Clap! Tem noção de que o que vc postou agora eu não achei em 2 horas de pesquisa no google?

    Entendido portanto os pendrives não possuem nenhum eprom programável de alto nível certo? Pois é, aí fica sem nexo tentar modificar, mas não existe mesmo? Algum supervisor que se mudarmos alguns bits vai alterar a taxa em Mhz?

    Cara, valeu mesmo e seu post merece ficar fixo.

    []´s

  11. #10
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Nov 2001
    Mensagens
    4.179
    Verdinhas
    33

    Legal as informações Malogro! O ideal é ter algum bem porco e velho de 64~128mb pra ir testando, o oscilador em si não acredito que seja caro, talvez dificil encontrar nas especificações próximas ao do modelo a ser trocado. De resto é só retirar e soldar o novo e ver no que dá! Um desses de 12Mhz se poe um novo de 20mhz acho que dá uma melhorada legal no desempenho, resta saber se a flash acoplada consegue acessar os dados neste ciclo mais curto ou se vai ter corrupção de dados

  12. #11
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2001
    Mensagens
    6.941
    Verdinhas
    1

    Citação Citando ApocaRIVER Ver mensagem
    Clap Clap Clap! Tem noção de que o que vc postou agora eu não achei em 2 horas de pesquisa no google?

    Entendido portanto os pendrives não possuem nenhum eprom programável de alto nível certo? Pois é, aí fica sem nexo tentar modificar, mas não existe mesmo? Algum supervisor que se mudarmos alguns bits vai alterar a taxa em Mhz?

    Cara, valeu mesmo e seu post merece ficar fixo.

    []´s
    Normalmente os controllers saem em PROM porque é mais barato de se fabricar. Alguns são em flash, mas o processo de gravação não é divulgado públicamente.

    E fora isso, os mass storage controllers que eu conheço não ajustam a taxa de clock, apenas pegam do oscilador a cristal.

    Se a substituição ocorrer, de 12MHz pra 20MHz é muito....de uns 12 pra uns 16 no máx eu até acho viável

    O problema de colocar cristais de frequência muito mais alta ou baixa do que a nominal, é que o circuito oscilador interno do chip pode não estar preparado pra frequência.

    O último caso de overclock "baixo nível" que eu me recordo foi o de usar um PIC 4MHz a 5.3MHz via fonte de clock externa.

  13. #12
    Membro Avatar de FireMax
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Vix
    Registro
    Dec 2003
    Mensagens
    7.872
    Verdinhas
    1865

    Aproveitando o tópico, estou pensando em comprar um pendrive pra mim, mas queria um que pudesse usar para boot e instalações. Estou na duvida entre o espaço de um Kingston DataTraveller de 2GB e na velocidade de um OCZ Rally de 1GB. A diferença de qualidade entre os 2 é muito grande?

    Estava querendo esse aki: http://waz.com.br/armazenamento/ocz_...?codprod=88604

    Será que funciona legal com o Readyboost do Vista?

  14. #13
    hardMOB Staff - Moderação Avatar de 3,14k2|P1k4chu
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Jun 2003
    Mensagens
    42.363
    Verdinhas
    653

    Citação Citando FireMax Ver mensagem
    Aproveitando o tópico, estou pensando em comprar um pendrive pra mim, mas queria um que pudesse usar para boot e instalações. Estou na duvida entre o espaço de um Kingston DataTraveller de 2GB e na velocidade de um OCZ Rally de 1GB. A diferença de qualidade entre os 2 é muito grande?

    Estava querendo esse aki: http://waz.com.br/armazenamento/ocz_...?codprod=88604

    Será que funciona legal com o Readyboost do Vista?
    Fire abre um tópico novo, esse aqui é pra overclocking (mto extreme por sinal) em pendrives.

    []'s

+ Responder Tópico Ir para o Fórum

Assuntos do tópico

Compartilhar

Permissões