+ Responder Tópico
  1. #1
    Membro Avatar de almocreverson
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Too Long
    Registro
    Jan 2006
    Mensagens
    1.809
    Verdinhas
    364

    ?? Influência da fonte no consumo do PC ??

    Tá bom, sei que pelo título parece uma pergunta idiota.

    Mas detalhando um pouco mais a dúvida:
    1) Por exemplo, tenho uma dessas fontes satellite bem simples.
    Ela fornece 450w nominais (e deve ter uma eficiência de uns 65%, chuto).
    Isso quer necessariamente dizer que se eu deixá-la ligada vou ficar desperdiçando os 35% (~225w) pela "ineficiência" dela? Ou esse desperdício seria proporcional à potência que meu PC "puxa" da fonte (ex, uso 200w e desperdiço mais 100w)?
    Trocando a fonte por uma fonte "de marca" 350w com uns 85% de eficiência quanto eu economizaria no fim do mês (num sempron am2 com tudo onboard, 7 dias por semana, 24horas por dia).

    2) Aproveitando o tópico, usar um Pc antigo (ex duron ou K6-2) pra downloads noturnos, em vez desse sempron,vale a pena? Digo, o consumo do processador é bem menor que o de um processador mais recente (pelo menos no caso do K6-2), mas e a eficiência? Tipo, uma fonte tosca e (supostamente) ineficiente AT e um HD bigfoot não elevariam o gasto de energia além do que eu economizaria usando o K-6?

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2
    Membro Avatar de faller
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Feb 2007
    Mensagens
    661
    Verdinhas
    264

    A principal característica para escolha de uma boa fonte, segundo essa visão que estás tendo, sem dúvida é a eficiência da mesma. Teu cálculo está corretíssimo. Eficiências da ordem de 65% ou menos são muito baixas (joga fora, sob forma de calor 35% da energia que está suprindo para sua máquina). Estão disponíveis no mercado fontes com alto rendimento (faixa de 85%) que no exemplo dos 450 Watts que você falou poupam cerca de 90Watts se comparadas com aquela primeira, com 65% de rendimento.

    O uso dessas fontes de baixo rendimento, se comparado com aquela de alto rendimento representa como se uma lâmpada de 90Watts ficasse ligada, o tempo todo, dentro de seu PC, fazendo duas coisas que você não deseja; Jogando energia fora e esquentando seu PC. Depois você é obrigado a gastar mais energia para resfriar seu gabinete...

    Esse parâmetro, eficiência, quase sempre é desconsiderado na hora da compra da fonte. O consumidor menos avisado cede a um preço mais baixo, pago por determinada fonte, sem se lembrar que ele irá pagar, sob a forma de conta elétrica, dia após dia no uso de seu PC.

    Outro fator importante na escolha de uma fonte é a existência ou não de PFC ativo nessa fonte (correção ativa do fator de potência). Na Europa, por exemplo, as fontes sem PFC foram banidas do mercado há alguns anos, por ineficácia na transformação da corrente alternada em corrente contínua. Fontes sem PFC submetem toda a rede elétrica e dispositivos tais como no-break, estabilizadores, módulos isoladores, bem como as proteções a um stress muito grande e totalmente desnecessário.

    A existência de PFC ativo faz com que a fonte possa ser alimentada com tensões de entrada na faixa de 90 a 270 Volts, de modo direto, sem a necessidade de comutar chave seletora alguma. Você está pensando o mesmo que eu???... Não faz a menor falta a existência de um estabilizador na entrada de uma dessas fontes com PFC ativo. Poupe portando não comprando estabilizador. Canalize esse gasto para uma boa fonte.

    Para quem estiver pensando em comprar sua fonte de alimentação aconselho. Pare de pensar tanto em potência, em comprar fontes de 500,600 ou 700 Watts e pense um pouco em qualidade da energia. Troque quantidade por qualidade.

    Dimensionamento correto da fonte é um fator primordial na escolha. Boas fontes são caras ainda mais se além de boas tiverem que suprir 600 ou 700 Watts. As configurações modernas de PC estão cada vez mais econômicas, com CPU's de baixo consumo. O mesmo também é verificado com as placas de vídeo. Dimensione de modo adequado a sua fonte e parta para escolha de features que possam lhe trazer algum benefício, tais como alta eficiência e PFC ativo. O brasileiro em geral se acostumou a comprar fontes genéricas onde se tinha que comprar aquelas que prometiam potência altas, da ordem de 500 Watts, para garantir que fornecessem uma potência mínima de 200 a 250 que sua máquina exigia. Hoje não precisa mais ser assim.

    Costumo consultar um site que auxilia a dimensionar a fonte. Repasso a vocês;
    www.extreme.outervision.com
    Declare sua configuração e o simulador lhe dirá a real potência que sua máquina irá consumir. Depois é só partir para a escolha da melhor fonte que seu dinheiro alcança. Não vale gastar pouco na aquisição e depois, por anos a fio, ficar esquentando seu gabinete e pagando conta de energia....

    Abraço...

  4. #3
    Membro Avatar de UltraOverClock
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Sep 2003
    Mensagens
    2.334
    Verdinhas
    172

    Citação Citando faller Ver mensagem
    As configurações modernas de PC estão cada vez mais econômicas, com CPU's de baixo consumo.

    O mesmo também é verificado com as placas de vídeo.

    Dimensione de modo adequado a sua fonte e parta para escolha de features que possam lhe trazer algum benefício, tais como alta eficiência e PFC ativo.

    O brasileiro em geral se acostumou a comprar fontes genéricas onde se tinha que comprar aquelas que prometiam potência altas, da ordem de 500 Watts, para garantir que fornecessem uma potência mínima de 200 a 250 que sua máquina exigia. Hoje não precisa mais ser assim.

    Costumo consultar um site que auxilia a dimensionar a fonte. Repasso a vocês;
    www.extreme.outervision.com
    Declare sua configuração e o simulador lhe dirá a real potência que sua máquina irá consumir. Depois é só partir para a escolha da melhor fonte que seu dinheiro alcança. Não vale gastar pouco na aquisição e depois, por anos a fio, ficar esquentando seu gabinete e pagando conta de energia....

    Abraço...
    Vc escreve pra alguma revista ou site? Boa redação, mas errou ali, colega...

    De onde que vc tirou que configurações modernas estão cada vez mais economicas? quad cores e as maravilhas da industria de placas gráficas estão literalmente estuprando a conta de luz, precisando, cada vez mais, de psus mais potentes...

    Sobre compra de fonte generica, é por pura ignorancia. Brasileiro, como vc tratou, não tem conhecimento que aquilo ali não é a potencia real.

    Tirando isso, realmente a eficiência é algo a ser levado em conta... assim como a qualidade dos componentes que ela possui (uma coisa leva a outra).

    qto a pergunta 2 do autor do tópico....

    creio que um sempron em undervolt e underclock vá acabar tendo um consumo menor que o sistema do k6-2.

  5. #4
    Membro Avatar de almocreverson
    Autor do tópico
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Too Long
    Registro
    Jan 2006
    Mensagens
    1.809
    Verdinhas
    364

    Obrigado a vocês dois pelas respostas, foram bastante esclarecedoras.

  6. #5
    Membro Avatar de faller
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Feb 2007
    Mensagens
    661
    Verdinhas
    264

    Citação Citando UltraOverClock Ver mensagem
    De onde que vc tirou que configurações modernas estão cada vez mais economicas? quad cores e as maravilhas da industria de placas gráficas estão literalmente estuprando a conta de luz, precisando, cada vez mais, de psus mais potentes...

    qto a pergunta 2 do autor do tópico....
    creio que um sempron em undervolt e underclock vá acabar tendo um consumo menor que o sistema do k6-2.
    Tirei da leitura das especificações. Veja lá; Vamos primeiro com CPU´s

    AMD Sempron 2200+ 1500 MHz Thoroughbred B: (Uma bela máquina sem dúvida, já teve seu tempo) potência típica consumida cerca de 106 Watts.
    Intel Pentium D 820 2800 MHz Smithfield: Potência estimada = 173 Watts
    Intel Core 2 Duo E6600 2400 MHz Conroe: (Máquina muito mais moderna do que as outras duas, de desempenho superior) Potência consumida cerca de 110 Watts.

    Adiante. Você falou em placas de vídeo;
    NVidia 6800 ULTRA NV45, 425 MHz, 1100 MHz, 256 Mb GDDR3 (Bela placa, tecnologia um pouco mais antiga) Consumo estimado = 88 Watts
    NVidia 7600 GT G73, 560 MHz, 1400MHz, 256 Mb GDDR3 (Bela placa, semelhante em desempenho a anterir) Consumo estimado = 43 Watts
    7900 GT G71, 520 MHz, 1500 MHz, 256 GDDR3 : (desempenho superior) Consumo estimado = 58 Watts.
    Mesmo uma das mais modernas placas de vídeo, a 8800GTS, tem um consumo estimado em 120 Watts...

    Agradeço a citação à redação. Entretanto não consigo ainda ver uma lógica na tua afirmação, pois mostrei alguns exemplos que atestam o quanto as novas tecnologias, muito maios eficientes, conseguem render muito mais com menos energia.

    Aliado às novas tecnologias, existem tambem novos programas que conseguem controlar, em vôo, tanto o clock aplicado a CPU quanto a tensão aplicada ao core da mesma, de tal forma que mesmo um micro muito poderoso pode ser econômico quando não exigido (Cool and Quiet, RM Clock e outros). Respondendo finalmente o segundo tópico, digo. Uma máquina mais moderna consegue ser mais econômica que uma máquina antiga.

    E, repito. Grande parte dessa economia pode ser conseguida através da escolha de uma fonte com bom rendimento e características mais modernas tais como controle de PFC ativo.
    Abraço...

  7. #6
    Membro Avatar de UltraOverClock
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Sep 2003
    Mensagens
    2.334
    Verdinhas
    172

    A evolução quanto a performance-watt não pode ser negada, mas alguns dados que vc citou estão errados... gostaria, inclusive, de conhecer a fonte de informação que vc se baseou, visto que não fora mencionada. Ainda assim, não me referi aos exemplos por vc expostos, mas aos processadores quad cores e às novas placas de vídeo.... mas, vamos a alguns exemplos:
    (utilizando dados de tdp da fabricante)

    socket A
    Palomino Athlon XP 2100+ (1733 MHz, 0.18um), 1.75 V, 72 W
    Barton Athlon XP 3200+, 1.65 V, 76.8 W
    Thoroughbred B Sempron 2200+ .. 2800+ (0.13um), 1.60V ,Max 62W

    intel 775
    D820 2.8 GHz 95W

    agora vamos aos dados que eu tomei como base para a afirmativa:

    amd
    AMD Athlon™ 64 4000+ 2600Mhz Socket AM2 62W
    AMD Athlon™ 64 X2 Dual-Core 6000+ 3000Mhz Socket AM2 125W
    AMD Athlon™ 64 FX FX-74 3000Mhz Socket Socket F (1207 FX) 125W (sistema quad core utiliza dois destes processadores, o que corresponde a 250W tdp)

    intel
    E6600 06 1066 MHz 65 nm B2 4 MB LGA775 65w
    X6800 05B 1066 MHz 65 nm B2 4 MB LGA775 75w
    QX6800 N/A 1066 MHz 65 nm B3 8 MB LGA775 130w (quad core)

    VGA nvidia
    7900GTX idle-31w load-84w
    8800GTS idle-55w load-102w
    8800GTX idle-70w load-131w

    VGA AMD

    x1950PRO idle-23w load-65w
    x1950XTX idle-33w load-124w
    R600 consumo previsto 150W – 230W thermal power envelope

    fonte: X-BIT LABS

    como pode ver, não errei no que disse.... nunca mencionei performance-watt, mas sim o consumo bruto.
    Última edição por UltraOverClock : 24-04-2007 às 18:03

  8. #7
    Membro Avatar de MA.Outlaw
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2002
    Mensagens
    2.375
    Verdinhas
    1

    R600 consumo previsto 150W – 230W thermal power envelope

    vai se fude essas R600, espero que com esse consumo estuprem a serie 8 da nvidia

  9. #8
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Nov 2001
    Mensagens
    4.179
    Verdinhas
    33

    Citação Citando MA.Outlaw Ver mensagem
    R600 consumo previsto 150W – 230W thermal power envelope

    vai se fude essas R600, espero que com esse consumo estuprem a serie 8 da nvidia
    vao estuprar sim... pena q como sempre, qd chegarem no mercado nvidia já ta na serie 9

+ Responder Tópico Ir para o Fórum

Assuntos do tópico

Compartilhar

Permissões