+ Responder Tópico
  1. #1
    Membro Avatar de rbuass
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Nov 2006
    Mensagens
    3.045
    Verdinhas
    49

    Qual a máxima temperatura para um Intel?

    Venho com este post, explicar pros colegas algo sobre a temperatura máxima admissível para os processadores da Intel à partir dos Pentium D (Core 2 Duo, Core 2 Quad, Xeon, Core Extreme).
    Quem olhar no site da Intel, vai pegar por exemplo para o “primeiro” processador, ou seja, o de entrada de linha (E6300) as seguintes especificações:
    Spec Number SL9SA
    CPU Speed 1,86 Ghz
    Bus Speed 1066
    ... ... ...
    Thermal Design Power 65W (TDP)
    Thermal Specification “”61,4ºC””
    Core Voltage 0,850-1,3525V (o VID varia de steping pra steping, sem overclock)
    Os “overclockers” que lerem este post, certamente terão passado a experiência de ter seus processadores com temperaturas mais elevadas que esta, sem que tenha havido decréscimo do desempenho do mesmo...então nossa pergunta...o que seriam esses 61,4ºC e qual a temperatura máxima que nosso processador suportaria?
    Antes de responder esta pergunta, gostaria de esclarecer que além da mudança geral ocorrida (até então a AMD estava em condições de disputa acirrada com os Pentium D), os processadores a partir dos Core 2 Duo tiveram nos sensores de leitura, modificação total em sua tecnologia.
    Até então, os processadores tinham um transistor PNP integrado, cuja junção base-emissor funcionava como um diodo térmico; o que os chips de monitoramento faziam era ler o valor entre 2 pinos diretamente do socket do processador na placa mãe (anodo-cátodo), para que a temperatura no ponto onde o diodo térmico fosse determinada.
    Já a partir dos Core 2 Duo, além desse diodo térmico, foram integrados sensores térmicos digitais (DTS – Digital Thermal Sensor) distribuídos entre os núcleos do processador e um circuito qua analisa os valores, e os repasssa através de um pino no socket (G5) a partir de uma interface de controle chamada PECI (Plataformm Environment Control Interface), que os overclockers de plantão observam no BIOS quando na obtenção de seus parâmetros. (muitos desabilitam sem ao menos saber do que se trata).
    Os dados que trafegam neste pino são resultado de um processo de conversão analógico-digital que possui uma freqüência que varia de 2Kbits/s a 2Mbits/s; Além disso, há um byte de CRC (Cyclical Redundancy Check), que checka se há erro nessa transmissão de informaçãoes, desta forma fornecendo dados muito mais seguros.
    Voltando à questão da tempeeratura limite dos chips, poderemos verificar que os dataseets não fornecem a temperatura de descolamento do DIE, que é justamente a temperatura limite, a partir da qual o processador é literalmente “sepultado”.
    O valor apresentado como 61,4º (no caso deste nosso exemplo, o E6300), está relacionado com o TDP, e está especificado para fins de projetos de sistemas de refrigeração para processadores e gabinetes, e nada tem a ver com “temperatura limite para sepultamento”, me perdoem a expressão.
    Os fabricantes envolvidos (gabinetes, coolers, etc) devem homologar esta temperatura através de um sensor externo de temperatura, instalado exatamente no Integrated Heat Spreater (IHS – centro geométrico da chapa metálica de proteção do processador).
    Nesse ponto vale a temperatura conhecida como Tcase-TC .; segundo o datasheet, o Tc mínimo é 5ºC e o máximo 61,4º (este sim a temperatura indicada, a qual muitos pensam se tratar da temperatura limite do processador).
    Portanto, esse valor não diz respeito ao valor máximo da temperatura que um Core 2 Duo pode suportar, e sim à temperatura no interior do gabinete que, de acordo com a dissipação térmica do processador, o E6300 (nosso exemplo) é homologado pra funcionar.
    Assim sendo, um Core 2 Duo E6300 que esteja dissipando seus 65W (máximo suportado), não pode ter a temperatura no interior do gabinete superior a 61,4º (o que todos sabemos, é absurdamente alta).
    Para melhor esclarecimento a essa temperatura, podemos notar no datasheet dos Core 2 Duo que a temperatura relacionada ao TDP 0Watt é de 43,2 graus (facilitando nosso entendimento), ou seja, o sistema desligado com no máximo a alimanteção stand by deve ter a temperatura máxima no interior do gabinete de 43,2ºC. (vale ressaltar que os testes feitos pela Intel partem de um valor máximo de 35ºC para a temperatura ambiente).
    Então...qual a temperatura máxima que o processador pode suportar?
    Uma ótima forma de monitorarmos isso é acompanhando a atuação do Throttling a partir do ponto chamado TCC Activation Temperature (recurso próprio do processador utilizado para diminuir sua ativiade em casos de sobreaquecimento).
    Isto ocorre da seguinte forma; no momento que a temperatura de um núcleo excede um determinado valor especificado pela Intel (desconhecido por nós usuários até que o monitoremos), o circuito de throttling é acionado, inserindo retardos aos ciclos de clock que são gerados pelo PLL; durante esses retardos o processador cessa sua atividade fazendo com que sua temperatura (e conseqüentemente o seu desempenho) diminua.
    Isto faz com que a temperatura do processador atinja níveis aceitáveis, ou entrará em ação a sua “temperatura de corte”, o que causará seu desligamento imediato.
    Isto ocorre através dos sinais PROCHOT e THERMTRIP e um adicional que permite fixar os limites de temperatura.
    Um controle lógico faz com que todos os sensores sejam lidos periodicamente e geram a “atual” leitura da temperatura; as informações lidas pelos sensores digitais são armazenadas no MSR (um registrador presente no processador) e podem ser acessadas através da interface PECI ou diretamente no BIOS.
    Então resumindo, tal controle térmico implementa externamente dois sinais acessíveis:
    Thermtrip – Um sensor fixo de temperatura detecta condições térmicas “catastróficas” e ativa o desligamento do sistema, mediante o corte imediato da alimentação elétrica no processador.
    Prochot – Um limite fixo de temperatura provê o sensor digital com um mecanismo de autocontrole. É ele que promove a redução da freqüência do processador e também da tensão de alimentação. Esse é o Throttling, que pode ser implementado a partir dos modos Thermal Monitor, geralmente disponíveis para habilitação no CMOS Setup do BIOS da motherboard, ou através desoftwares como o RightMark CPU Clock Utility.
    Mediante o acima exposto, e testes realizados por mim (e por muitas pessoas), cada um pode facilmente determinar a temperatura limite para o seu processador, sendo que para isso, recomendo o download dos softwares de monitoramento, por exemplo RightMark CPU Clock Utility, Prime95, SpeedFan e Core Temp (existem muitos outros disponíveis).
    Desta forma poderemos monitorar a atividade de Throttling e localizar a faixa de temperatura em que esta é acionada, tomando por limite um valor inferior próximo deste.
    No meu caso, posso informar que a temperatura limite no caso do E6300 (quando utilizei) estava em torno de 81ºC, quando então o RightMark CPU Clock Utility indicava o início da atividade de throttling, mas isto pode variar de processador pra processador, de steping pra steping, e todo overclocker sabe que existem processadores mais frios e mais quentes...e...processadores que “sobem” mais ou que sobem menos.
    Convém lembrar que em caso de overclock será necessário desabilitar opções como Intel Speed Step e C1E que são opções para consumo de energia.
    Maiores informações sobre os datasheet:
    ftp://download.intel.com/design/proc...s/31327803.pdf
    []s
    Última edição por rbuass : 17-11-2007 às 1:03

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    h
    Registro
    Aug 2007
    Mensagens
    552
    Verdinhas
    0

    kra....nao sei se tu chegou a ver.....mas depois de uma revisao....tipo E2140...E2160, eles tiveram a versao M-0, a Intel atualizou a temperatura que era de 61 Graus foi para 73 Graus......

    Vou posta um link....

    http://www.extremepc.com.br/noticia.php?b=213025

    Não sei se é permitido postar LINKs de outros Forum e site...Me desculpe se nao for...
    Ta ai a info kra....

  4. #3
    Membro Avatar de rbuass
    Autor do tópico
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Nov 2006
    Mensagens
    3.045
    Verdinhas
    49

    como falei....a temperatura indicada não é a do núceo do CPU...e sim a relativa ao gabinete

  5. #4
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Sep 2007
    Mensagens
    33
    Verdinhas
    0

    Muito bom!
    Sempre achei que depois de 65 graus tava fdendo tudo; hehehe
    abraço

+ Responder Tópico Ir para o Fórum

Assuntos do tópico

Compartilhar

Permissões