+ Responder Tópico
  1. #1
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Mar 2009
    Mensagens
    11
    Verdinhas
    0

    Conversor de frequência 60 para 50 Hz

    Não sei se tem cabimento nesta temática do fórum, mas como ele me foi útil para um outro equipamento, vou colocar aqui, vamos ver se alguém dá uma ajuda.

    Possuo uma máquina de roupa europeia, e lá funcionam com a mesma voltagem que cá, mas a frequência é de 50 Hz, enquanto aqui a rede funciona a 60 Hz.

    Como a máquina não é simples, é lavadora / secadora,tem um sistema de programação à entrada, não basta mudar uma ou duas componentes (por exemplo o enrolamento do motor), acho que teria mesmo que arranjar um conversor de frequência à entrada da energia para a máquina. Portanto, que passe de 60 para 50 Hz.

    Alguém conhece um bicho desses?

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2
    Membro Avatar de orangeoyster
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Sep 2008
    Mensagens
    1.828
    Verdinhas
    28

    pelo que sei nao existe um conversor de hertz! a grande maioria dos aparelhos europeus não podem ser usados no brasil, nem convertidos. é um pouco mais complicado do que so a frequencia, tem varias peças que sao feitas para 50hz e precisariam ser trocadas. o ideial é voce levar em uma assistencia tecnica e ver se e possivel e se o gasto vale a pena.... mas geralmnete não da!

  4. #3
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Oct 2001
    Mensagens
    4.343
    Verdinhas
    735

    Kra, trocar a frequencia não é tão simples. Tanto q na empresa q trabalho, de vez em qdo cliente quer comprar coisa q ve no catálogo europeu, e não temos como importar, visto q são equipamentos apenas em 50hz, e para trazermos, teria q ter um contrato solicitando que eles convertam pro mercado brasileiro.
    Se fosse simples, venderiamos o produto e o conversor.

  5. #4
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2001
    Mensagens
    6.941
    Verdinhas
    1

    O equipamento de troca de frequência existe, mas é caro e um trambolhão. Logo, não é viável.

    Esse problema é histórico já...Itaipu mesmo, metade dos geradores são 50Hz - E como a gente compra parte dessa energia, a gente tem que converter de volta pra 60...

  6. #5
    Membro Avatar de enriquec
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    mecamilot
    Registro
    Aug 2004
    Mensagens
    226
    Verdinhas
    95

    O equipamento que faz isso se chama inversor de frequencia. O custo dele gira em torno dos 1000 reais para um motor de 2CV (7.3A em 220v ) . Mas para esse tipo de aplicação ele não é recomendado, pois ele não gera uma onda senoidal pura, e sim uma onda quadrada que para um motor se comportam quase como uma onda senoidal.

    Dependendo do modelo da sua maquina, é possivel que ela funcione em 60Hz, sem nenhuma alteração. a grande maioria dos motores 50Hz funcionam com 60Hz, tente ver com o fabricante se é possivel.

  7. #6
    Membro Avatar de orangeoyster
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Sep 2008
    Mensagens
    1.828
    Verdinhas
    28

    algumas coisas 50hz ate funcionam em 60hz, mas vale lembrar que pela frequencia mais alta o ciclo e mais rapido, o que em geral diminui o tempo de vida, pode causar mal funcionamento da maquina ou até danificar ela!

  8. #7
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    6.938
    Verdinhas
    533

    Compre um inversor ou um gerador de energia a diesel. É o único modo...

  9. #8
    Membro Avatar de enriquec
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    mecamilot
    Registro
    Aug 2004
    Mensagens
    226
    Verdinhas
    95

    para motores eletricos, do ponto de vista da rotacao, nao ha problema. um motor de 4 polos, por exemplo, gira a aproximandamente 1800 rpm em 60hz e a 1500 rpm em 50hz, logo nao ha muita diferenca. se a maquina de lavar possuir um controle eletromecanico (um motor girando para selecionar os ciclos, como as maquinas antigas) havera diferenca nos programas, mais precisamente uma reducao de aproximadamente 17% nos tempos, por culpa da variacao de velocidade. no caso de controle eletronico, na maioria dos casos nao ha problema algum em ligar em 60hz

  10. #9
    Membro Avatar de eSpinal
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2007
    Mensagens
    341
    Verdinhas
    0

    PO, mo galera entendida aqui
    mas ainda assim vou dar meu parecer

    Tu ta preocupado pq seu equipamento é "sofisticado" eu ACHO q a parte de controle leia-se eletronica embarcada nessa maquina sua provavelmente é oq sofrerá menos com esse seu prob
    POR FAVOR ELETRONICOS ME CORRIJAM SE ESTIVER ERRADO, mas acredito que o processo de retificação (ja que a parte de controle geralmente é feita em CC) não sofre alteração já que o valor eficaz de uma tensão CA é o mesmo para qq frequencia, e capacitores, zeners ou qq outro equipamento usado na retificação n devem sofrer alterações DE NOVO, odeio eletronica, isso é oq eu ACHO

    O motor da dita cuja, considerando que seja um motor de indução monofasico, também poderá apresentar problemas, mas acredito que serão em sistemas secundarios(tipo ventilação, mancais....), e n no proprio enrolamento do motor, pios a velocidade do campo girante dele irá aumentar, entao ele tenderá a se mover ligeiramente mais rapido, numa analise superficial acho que o escorregamento percentual irá aumentar, resumindo: a velocidade não crescerá linearmente com a frequencia.

    Agora se for motor universal eu nem me atrevo a falar nd pq eu n faço ideia de como aquilo funciona, é so vc ver, se a parte do meio tiver fios, e tiver algo em uma ponta dos eixos para colocar tensão naquilo CORRE, CORRE MTO hehehehe

    Conclusão: Conforme ja foi falado vc necessitará de um retificador (transformando tua tensão em CC) e depois um alternador (voltando para CA, mas agora na frequencia que vc quiser)
    Não será um sistema muito simples, mas acho que com algum estudo e equipamentos constantes em um no-break deve ser possivel fazer (logico que não faço ideia da potencia dessa maquina entao possivelmente precisaria de mais de um no-break)
    isso é só pra vc ter a ideia que nao seria nem barato nem facil
    será que uma maquina de lavar vale td esse esforço????????????
    Última edição por eSpinal : 08-04-2009 às 2:32

  11. #10
    Membro
    Autor do tópico
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Mar 2009
    Mensagens
    11
    Verdinhas
    0

    Bom, realmente há muita gente entendida por aqui. Eu, que coloquei o post inicial, confesso que não percebo nada de motores eletricos - minha área é a Economia, eheh... nada a ver - embora quando estudante do ensino médio chegasse a cursar Física (de que gosto) porque então achava engenharia uma boa opção para mim. Depois optei por mudar.

    Verifico pelos vários contributos que a coisa não é tão simples assim. Aliás se fosse os técnicos que vieram tentar teriam provavelmente resolvido. Eles pensavam também que era simples e mudaram apenas o motor da bomba de escoar a água, que parecia ser só o que estava falhando. Depois experimentámos e a máquina parecia funcionar normal (única excepção: na centrifugação não atingia as 1200 rpm, máximo previsto no painel, e ficava-se pelas 800 rpm, segundo nível máximo dela (o que não era problema, pois a maioria das máquinas no mercado nem chega às 800 rotações por minuto).
    Só que quando fui fazer um programa de roupa real e carreguei o tambor, a sujeitinha já não obedeceu e o tambor não dava a rotação total, só meia rotação, o que significa aparentemente falta de força do motor.

    Ainda não experimentei outros programas, talvez valha a pena, mas já estou meio desanimado com o que vocês me dizem. Se 1.000 reais desse para resolver acho que valia a pena, sim, porque a máquina é boa, embora esse seja quase o preço dela na Europa (onde a maioria dos electrodomésticos é muito mais barato que aqui). Mas dar mais que esse valor, não, concerteza, concordo... aí melhor comprar novo. É pena, se for o caso!


  12. #11
    Membro Avatar de eSpinal
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2007
    Mensagens
    341
    Verdinhas
    0

    Como eu falei, velocidade sincrono nessa maquina sua com certeza vc n vai ter NUNCA, isso pq pra vc ter velocidade sincrona terá q ter um motor síncrono, que é mto complexo pra se utilizar numa maquina de lavar (qualquer q seja)
    Agora vc ta falando dessa maquina.... ela é industrial?Vc sabe qual a potencia dela?
    Vc sabe se são 3 fios para alimenta-la?Talvez até 4 se tiver um terra, pq se for trifasica (so seria isso se fosse de grande potencia) acredito ser bem mais facil ela funcionar em 60 Hz

    Po pelo visto vc ta bem interessado em fazer isso funcionar, vai numa faculdade aí perto e perto e procura a empresa junior, provavelmente eles gostaram do desafio, e se vc esta disposto a gastar 1K já da pra desenvolver um projetinho

    onde q tu ta?se for no MG me manda uma MP q eu encaminho esse projeto pra vc

  13. #12
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Jun 2001
    Mensagens
    5.672
    Verdinhas
    1

    A questão maior reside no fato da parte eletrônica. Como não duvido que o sinal de clock na parte eletrônica esteja baseado na frequência na CA, usar a lavadora em 60 hz pode ocasionar algumas imperfeições (tempo correr mais rápido) que você vai ser obrigado a conviver.

    See ya! []'s

  14. #13
    Membro Avatar de eSpinal
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2007
    Mensagens
    341
    Verdinhas
    0

    Citação Citando Kaworu Ver mensagem
    A questão maior reside no fato da parte eletrônica. Como não duvido que o sinal de clock na parte eletrônica esteja baseado na frequência na CA, usar a lavadora em 60 hz pode ocasionar algumas imperfeições (tempo correr mais rápido) que você vai ser obrigado a conviver.

    See ya! []'s
    Boa, n tinha pensando nisso, mas fazer clock com a frequencia da rede é meio osso, pq tds sabemos que a frequencia esta longe de ser contante, ai uma ocorrencia sistemica qq e babau seu temporizador, pra mim os temporizador td era baseado no famigerado 555, q ninguem nunca entendeu. PS: ele n se baseava na rede n ne?hehehe

    mas a questão do resto seria de boa ne?pois ate onde eu entendo a central eletronica funcionaria em CC e não teriamos nenhuma mudança na retificação de 50 e 60 certo?

  15. #14
    Membro
    Autor do tópico
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Mar 2009
    Mensagens
    11
    Verdinhas
    0

    Hi, pessoal!

    Origado mais uma vez por v/ atençao a este meu assunto.
    eSpinal, tou trocando informações com um técnico de uma empresa, pra ver se eles possuem algum conversor que resolva.

    As informações que vc pede, respondo já o que sei, o resto verei depois.. Posso adiantar que a máquina não é industrial, é doméstica, a potência é de 2150 W, a tensão é 230 V e a resistência (não sei se este valor se refere a isso) é 10 A. Suponho que deve ser monofásica mas vou tentar saber melhor esse ponto.

    Resido na Paraíba e não sei se as universidades daqui têm esse tipo de projectos que vc fala.

    Em todo o caso tomo boa nota, é uma ideia a explorar.

    Obrigado pela disponibilidade!
    Última edição por Billy_the_Kid : 17-04-2009 às 17:58

  16. #15
    Membro Avatar de spiderdk
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Apr 2001
    Mensagens
    2.619
    Verdinhas
    59

    que eu saiba nao existe conversor de frequencia com saida 220 volts bifasico (so tem trifasico), entao acho que nao funcionara mesmo que voce compre um..

  17. #16
    Membro Avatar de eSpinal
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2007
    Mensagens
    341
    Verdinhas
    0

    Citação Citando spiderdk Ver mensagem
    que eu saiba nao existe conversor de frequencia com saida 220 volts bifasico (so tem trifasico), entao acho que nao funcionara mesmo que voce compre um..
    bobagem, primeira coisa, paraiba 220V é tensão de fase, tensão de linha lá é 380V entao lembre-se o conversor seria monofasico
    e isso ai na mais é q um no-break parrudo

    220V 10A da 2200W (ta bom n da, mas finge q dá, qm sabe alguma coisa de eletricidade entenderá esse comentario)isso tb me fala que sua maquina é monofasica
    nao sei se foi feita pra ser "bifasica" na europa, mas fodasse, oq importa é a tensão: 220V

    isso ja me fala que nao é uma maquina pequena, talvez a abordagem de se partir de um no-break n seja uma boa ideia, ja q um PC sei la gaste 200-500W

    2KW ja da pra brincar, ainda acho q essa maquina sua é industrial pq, pqp, isso ta mais pra chuvero doq qq otra coisa

    de qq forma pode-se otimizar MTO o projeto somente convertendo a tensão para alimentar os lugares que realmente precisem dos 50Hz, isso pode tornar viavel o start num no-break, mas ate ai precisa-se de MTA analise desse seu equipamento

    se tu n achar alguem pra fazer isso pra vc ai fudeu, pq acredito que o trabalho pra trazer pra ca mais o projeto provavelmente estourará seu orçamento: isso pq estou na duvida se somente o projeto caberá nesse seu orçamento
    por isso sugeri escola, pq os muleke podem se interessar, e se der pa tras pelo menos aprenderam uma coisa

  18. #17
    Membro
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Dec 2001
    Mensagens
    6.941
    Verdinhas
    1

    Citação Citando eSpinal Ver mensagem
    bobagem, primeira coisa, paraiba 220V é tensão de fase, tensão de linha lá é 380V entao lembre-se o conversor seria monofasico
    Não é em toda a Paraíba. De fato, é muito mais comum encontrar 220/127 do que 380/220 lá.

    Citação Citando eSpinal Ver mensagem
    isso tb me fala que sua maquina é monofasica
    nao sei se foi feita pra ser "bifasica" na europa, mas fodasse, oq importa é a tensão: 220V
    Eu tava pensando nisso agora...qual a diferença de uma máquina monofásica e de uma bifásica...?

  19. #18
    Membro
    Autor do tópico
    Info Conteúdo e Citações Jogos Mensageiros
    Registro
    Mar 2009
    Mensagens
    11
    Verdinhas
    0

    eSpinal, é assim ...

    O primeiro técnico que tentou resolver cá em casa (sem conseguir) disse que a máquina é monofásica, mas também ele não percebia muito do assunto, foi minha conclusão. Aqui nestas zonas é mais complicado obter boa assistência que em SP e outros pontos mais desenvolvidos do Brasil.

    Quanto à máquina ser industrial, não sei pq vc diz isso, é pela potência? Bom, esta máquina talvez seja um pouco mais potente que a média aqui no Brasil, mas para a Europa está dentro dos parâmetros de doméstica.
    Última edição por Billy_the_Kid : 30-04-2009 às 1:14

+ Responder Tópico Ir para o Fórum

Assuntos do tópico

Compartilhar

Permissões