+ Responder Tópico
Página 3 de 3 Primeira 1 2 3
  1. #51
    Redação
    hardMOB
    Avatar de Gabriel Meireles
    Info
    Registro
    Feb 2010
    Mensagens
    1.792
    Verdinhas
    666

    Acho que os games não evoluem pq eles são muito "games" e pq existem muitos programadores fazendo games.

    Programador tem uma cabeça fechada pra cacete. A Indústria vai apostar naquilo que dá certo. O resultado então é essa repetição infinita.

    Na realidade crua mesmo, os vídeogames evoluíram pouco faz uns 10 anos, pq os padrões não mudaram muito. Vc ainda joga um vídeogame pra fazer as mesmas coisas. As mudanças, na sua maioria, foram unica e exclusivamente tecnológicas, foi uma maior capacidade do hardware que possibilitou novas possibilidades, mas todas essas "inovações" só se baseiam na capacidade do hardware, foram poucas mudanças de conceito realmente originais.

    São poucos os programadores que realmente inovaram - e justamente porque eles NÃO SÃO PROGRAMADORES de origem. Vc tem o Fumito Ueda, formado em Artes, que trouxe uma nova perspectiva de se contar uma história e da retratação de sentimentos num jogo. Tem o Ken Levine, formado em Drama, que no Bioshock questionou a natureza humana do próprio jogador, numa trama belíssima. Ambos não tinham o vídeogame como primeira opção e se transformaram em criadores de obras autorais, são caras que deixam sua marca, que pretendem passar uma mensagem, e não simplesmente criar um ambiente virtual pra uma pessoa matar o tédio apertando botões em sequencia. Existem outros desenvolvedores que vão nessa linha tbm, é bom dizer, mas esses são os principais.

    Então a questão de estagnação gráfica e de jogabilidade é muito fácil de resovler - espera o hardware novo. Os consoles atuais já estão mais que sobrecarregados, não dá pra inovar com a introdução de novos features e etc. Dá pra inovar e buscar alternativas no campo conceitual, mas nisso aí tá difícil, seria necessária uma mudança cultural pra isso acontecer com mais frequência.
    Última edição por Gabriel Meireles : 15-03-2012 às 1:31

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #52
    Membro Avatar de Diego - Evil
    Info
    Loading...
    Registro
    Jun 2002
    Mensagens
    8.653
    Verdinhas
    1443

    Então, você ja citou no texto o que realmente acontece.
    Grana!
    Em time que está ganhando não se mexe.
    Entregue ao público o que eles querem comprar.

    Então muitas softhouses se limitam a responder o público e captar os lucros.

    Video os Inumeros Battlefields, expansões e agora os Infelizes DLC.
    COD..

    Alguns MMO.
    e por aí vai.

  4. #53
    hardMOB Staff - Moderação Avatar de Spidey
    Info
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    21.479
    Verdinhas
    1932

    Vide CAPCOM com 1298032109831029831209 DLCs. Quem é fã MESMO fica decepcionado e até deixa de comprar, mas a massa compra rindo. Igual cinema que tá ficando tudo dublado.

  5. #54
    hardMOB Staff - Moderação Avatar de Kyle
    Info
    Registro
    Nov 1999
    Mensagens
    13.465
    Verdinhas
    4896

    Ná epoca de Quake acontecia muito isso.
    Tinha o Quake 1.
    Fez aquele puta sucesso, multiplayer foda e etc.

    Criaram o Quake 2.
    A maioria esmagadora odiou por diversos motivos, movimentação mais lenta, rocket lenta, sem shaft, etc.
    Então a maioria da comunidade de Quake 2 era formada por jogadores que começaram a partir dele.

    Nisso lançou Quake 3.
    Pegaram opiniões de jogadores de Quake 1 e 2, e fizeram uma mistura entre os dois chegando em uma formula que tentava/conseguia agradar tanto o pessoal do Q1 como do Q2.
    Por isso foi aquele sucesso todo, e claro, gastaram mais tempo planejando os mapas e balanceamento das armas do que num SP de 5 horas só pra enfrescurar.

    Depois quando veio o Quake4, o tipo de jogador já estava morto.
    Quem curtia Q1/2/3 já não tinha muito tempo pra jogar, e os jogadores novos não curtiam o estilo de jogo, estavam mais para CS/BF/COD da vida.

    A esperança da ID foi o lançamento do Quake Live, que é muito parecido com o Quake 3 (por motivos óbvios).
    Hoje tem lá seu grande sucesso, mas já ta morrendo e a comunidade se reduzindo em vários países (principalmente Europa).

    -

    Agora olha com CoD/BF.
    Não importa o que mudarem, não importa se ficar uma bosta, SEMPRE vão comprar a nova versão pra jogar com a galera.
    Simplesmente porque quase toda a comunidade vai comprar o próximo e abandonar o antigo, não existe mais "camisa" de jogo sendo vestida. Ninguém sai falando que AMA BF1 e nunca vai jogar os novos, porque senão ele vai entrar sozinho nos mapas.

    Hoje em dia acabou a referencia de AMOR pelo jogo.
    Lança um novo, nego joga o antigo fora e foda-se.

  6. #55
    Membro Avatar de IrmaoDoSasuke
    Info
    Registro
    Sep 2007
    Mensagens
    7.356
    Verdinhas
    1530

    Citação Citando davidcmc Ver mensagem
    Enquanto os retardados continuarem dando dinheiro à Activision/Infinity Ward, isso nunca vai evoluir.

    Não consigo engolir que esse Modern Warfare 3 vende tanto. Não é possível que a comunidade seja tão ignorante, sério.
    Exatamente.

    Fui ver esses dias, descobri que a última vez que joguei multiplayer no Xbox foi em setembro (não lembro se foi nesse tópico que comentei isso). Desde então só SP. Não que eu não goste.. mas felizmente vários jogos foram feitos pra se jogar campanha single. Cortam-se vídeos, detalhes, a dificuldade muda...

    Jogar Halo3 no heroico single é MUITO mais dificil que jogar no lendário coop. É divertido pra caramba também, principalmente com headset (nego xingando quando morre, etc)... Mas se vc quer conhecer a história do jogo, o melhor é jogar single mesmo.

  7. #56
    Membro Avatar de F0rbidden
    Info
    Registro
    Dec 2007
    Mensagens
    1.844
    Verdinhas
    996

    Eu acho que as softhouses tao certissimas, se existe essa demanda por DLC, 300 Modern Warfare, 400 Battlefields elas tem mais que suprir isso.

    Infelizmente quem se interessa mais por gameplay está se frustrando cada vez mais, e nisso eu me incluo pois atualmente só estou jogando Nethack e Binding of Isaac, sendo que o 1o foi lançado em 1987. Mas tambem, em que outro jogo voce pode lancar uma pocao de cegueira num monstro que, cego, atira uma varinha de raio na parede, que reflete em voce, que pelo seu amuleto de reflexão reflete no seu cachorro que por sua vez vai em direção ao monstro e por sua vez cai numa armadilha de polymorph que o transforma em um dragao negro e solta um breath de desintegracao destruindo tudo no caminho. :truestory:

    Mas tem muito jogo indie pra salvar a galera como bem falaram, Bastion, Braid, Plants vs Zombies, Binding of Isaac, Super Meat Boy, Frozen Synapse, etc.
    Última edição por F0rbidden : 15-03-2012 às 15:04

  8. #57
    Membro Avatar de IrmaoDoSasuke
    Info
    Registro
    Sep 2007
    Mensagens
    7.356
    Verdinhas
    1530

    Citação Citando F0rbidden Ver mensagem
    Eu acho que as softhouses tao certissimas, se existe essa demanda por DLC, 300 Modern Warfare, 400 Battlefields elas tem mais que suprir isso.
    Pois é, acho que o lance mesmo é apoiar na medida do possível quem investe nesse estilo. Nisso o Wii é show de bola!
    É o máximo que nós, "consumidores de jogos single player", podemos fazer. Mostrar interesse comprando e apoiando essas iniciativas.

  9. #58
    Membro
    Info
    Registro
    Sep 2009
    Mensagens
    502
    Verdinhas
    126

    Citação Citando kaputt Ver mensagem
    Programador tem uma cabeça fechada pra cacete. A Indústria vai apostar naquilo que dá certo. O resultado então é essa repetição infinita.

    Na realidade crua mesmo, os vídeogames evoluíram pouco faz uns 10 anos, pq os padrões não mudaram muito. Vc ainda joga um vídeogame pra fazer as mesmas coisas. As mudanças, na sua maioria, foram unica e exclusivamente tecnológicas, foi uma maior capacidade do hardware que possibilitou novas possibilidades, mas todas essas "inovações" só se baseiam na capacidade do hardware, foram poucas mudanças de conceito realmente originais.

    São poucos os programadores que realmente inovaram - e justamente porque eles NÃO SÃO PROGRAMADORES de origem. Vc tem o Fumito Ueda, formado em Artes, que trouxe uma nova perspectiva de se contar uma história e da retratação de sentimentos num jogo. Tem o Ken Levine, formado em Drama, que no Bioshock questionou a natureza humana do próprio jogador, numa trama belíssima. Ambos não tinham o vídeogame como primeira opção e se transformaram em criadores de obras autorais, são caras que deixam sua marca, que pretendem passar uma mensagem, e não simplesmente criar um ambiente virtual pra uma pessoa matar o tédio apertando botões em sequencia. Existem outros desenvolvedores que vão nessa linha tbm, é bom dizer, mas esses são os principais.
    Não é bem por ai, hoje os "programadores" se limitam a criar as ferramentas da engine, todo o resto é feito por artistas, escritores, músicos, etc. O problema de hoje é que a industria de jogos se tornou um negócio e a maior preocupação dos donos do negócio é ganhar dinheiro, custe o que custar.

    Em relação a estagnação gráfica eu posso garantir que depende mais dos produtores de engine que do hardware. Esse negocio de que console next-gen e novas GPUs vão revolucionar o mercado de jogos é uma puta mentira, não vai acontecer nada se não houver interesse ($$$$$$) por parte dos desenvolvedores.

    Maior prova disso é vista no vídeo abaixo, um hardware de 2002 (ATI x1950) rodando um jogo da geração atual, imagina a cara da galera na época, acostumados com graficos de PS2 ver um jogo com gráfico assim. Não era por falta de hardware que jogos assim não existiam, hoje é a mesma coisa.

  10. #59
    ZNP
    ZNP está offline
    Membro Avatar de ZNP
    Info
    zinplez.com
    Registro
    Oct 1999
    Mensagens
    8.500
    Verdinhas
    15345

    Citação Citando Matheusoc Ver mensagem
    comentem.
    Procure por Dear Esther. Se o que vc quer é uma novidade, eu achei uma bela e impressionante evolução em narrativa do mundo dos jogos. Mas muita gente odiou. Enfim...

  11. #60
    Membro Avatar de Vertus_
    Info
    Boston, Italia.
    Registro
    Feb 2009
    Mensagens
    3.228
    Verdinhas
    4383

    Citação Citando ZNP Ver mensagem
    Procure por Dear Esther. Se o que vc quer é uma novidade, eu achei uma bela e impressionante evolução em narrativa do mundo dos jogos. Mas muita gente odiou. Enfim...
    Eu tenho esse jogo. Também recomendo.

  12. #61
    Membro Avatar de Matanza
    Info
    Registro
    May 2008
    Mensagens
    8.448
    Verdinhas
    6748

    Dear Esther vc anda num túnel do início ao fim escutando trechos de áudio quando atinge certos spots. Vc não interage com absolutamente nada do início ao fim do jogo. Eu achei um tédio desgraçado. Inovou onde? Nem os cenários são bonitos!

  13. #62
    Membro Avatar de Alex Kid
    Info
    Registro
    May 2004
    Mensagens
    10.143
    Blogs
    1
    Verdinhas
    132

    Dinner Date é 10x mais inovador que Dear Esther.

  14. #63
    Membro Avatar de Matheusoc
    Autor do tópico
    Info
    BR BR HUEHUEHUE
    Registro
    Oct 2003
    Mensagens
    21.340
    Verdinhas
    4495

    bem lembrado o carinha que falou do prey, até hj tem graficos e efeitos bem fodas, e é de 2006

  15. #64
    ZNP
    ZNP está offline
    Membro Avatar de ZNP
    Info
    zinplez.com
    Registro
    Oct 1999
    Mensagens
    8.500
    Verdinhas
    15345

    Citação Citando Matanza Ver mensagem
    Inovou onde? Nem os cenários são bonitos!
    Na narrativa.

    Nem os cenários são bonitos? Eu não tenho como concordar. É um jogo feito por uma equipe minúscula (gráficos todos feitos por UM cara!), 100% indie e que teve resultados sensacionais. Obviamente, não é pro mesmo público de Quake e Call of Duty, são propostas completamente diferentes. Pra quem quer algo diferente, vale a pena experimentar.

  16. #65
    Membro Avatar de Rugalxp1
    Info
    Registro
    Mar 2002
    Mensagens
    4.984
    Verdinhas
    182

    Citação Citando Kyle Ver mensagem
    Ná epoca de Quake acontecia muito isso.
    Tinha o Quake 1.
    Fez aquele puta sucesso, multiplayer foda e etc.

    Criaram o Quake 2.
    A maioria esmagadora odiou por diversos motivos, movimentação mais lenta, rocket lenta, sem shaft, etc.
    Então a maioria da comunidade de Quake 2 era formada por jogadores que começaram a partir dele.

    Nisso lançou Quake 3.
    Pegaram opiniões de jogadores de Quake 1 e 2, e fizeram uma mistura entre os dois chegando em uma formula que tentava/conseguia agradar tanto o pessoal do Q1 como do Q2.
    Por isso foi aquele sucesso todo, e claro, gastaram mais tempo planejando os mapas e balanceamento das armas do que num SP de 5 horas só pra enfrescurar.

    Depois quando veio o Quake4, o tipo de jogador já estava morto.
    Quem curtia Q1/2/3 já não tinha muito tempo pra jogar, e os jogadores novos não curtiam o estilo de jogo, estavam mais para CS/BF/COD da vida.

    A esperança da ID foi o lançamento do Quake Live, que é muito parecido com o Quake 3 (por motivos óbvios).
    Hoje tem lá seu grande sucesso, mas já ta morrendo e a comunidade se reduzindo em vários países (principalmente Europa).

    -.
    Eu tenho até hoje quake 1 original e o 2. E até hoje acho o Quake 2 muito superior no multplayer, acho ele muito mais divertido. A unica coisa que na minha opiniao salvou quake 1 foi o TeamFortress. Justamente por ser rapido de mais achei ele inferior (quake1)

    Jogar no servidor da Zaz e uninet era muito foda... fora o action quake 2 que foi engolido pelo CS.

  17. #66
    Membro Avatar de Vertus_
    Info
    Boston, Italia.
    Registro
    Feb 2009
    Mensagens
    3.228
    Verdinhas
    4383

    O porque de half life ter dividido gerações:


  18. #67
    Membro Avatar de Diego - Evil
    Info
    Loading...
    Registro
    Jun 2002
    Mensagens
    8.653
    Verdinhas
    1443

    So pra comentar um fenomeno já discutido no topico:

    Estava pensando em comprar bF3.
    Sempre fui hardcore, jogava ut e brincava no quake as vezes.
    Mas durante a pesquisa fiquei sabendo que iria sair um DLC "inovador" ao BF3.
    No caso o segundo.

    Fui ver qaunto custava o primeiro DLC no ORIGIN.
    PQP 30 REAIS!

    Caralho, os caras cobram 90 reais no jogo, ai lançam um PATCH/PACK ( que hoje em dia chamam de DLC) e tem a "moral" de cobrar 30 reais por 4 mapinhas e umas outras coisinhas...

    Só GURI mesmo que compra com dinheiro do PAI pra achar isso legal.

    PQP coisa que antes era free, as softhouses liberavam simplesmente para manter a base instalada de jogadores e atrais novos players.

    por 30 reais eu esperava quase uma "Expansão" ( termo que parece ter sido abolido tb ).

    Fico imaginando jogar BF3 UP to DATE até dezembro de 2012o quanto nao vai custar...

    Afinal: jogo = 70 ~90 + Back to Karkand = 30 + novo DLC que sai agora = +/- 30...eaté DEZEMBRO é CERTEZA que sai mais um DLC.

    NO final com 2 ou 3 DLC's você tem 8/10 mapinhas a mais e pagou outro jogo por isso

    Que bosta.

  19. #68
    Membro Avatar de xisque
    Info
    Registro
    Nov 2003
    Mensagens
    3.734
    Verdinhas
    670

    Citação Citando Diego - Evil Ver mensagem
    So pra comentar um fenomeno já discutido no topico:

    Estava pensando em comprar bF3.
    Sempre fui hardcore, jogava ut e brincava no quake as vezes.
    Mas durante a pesquisa fiquei sabendo que iria sair um DLC "inovador" ao BF3.
    No caso o segundo.

    Fui ver qaunto custava o primeiro DLC no ORIGIN.
    PQP 30 REAIS!

    Caralho, os caras cobram 90 reais no jogo, ai lançam um PATCH/PACK ( que hoje em dia chamam de DLC) e tem a "moral" de cobrar 30 reais por 4 mapinhas e umas outras coisinhas...

    Só GURI mesmo que compra com dinheiro do PAI pra achar isso legal.

    PQP coisa que antes era free, as softhouses liberavam simplesmente para manter a base instalada de jogadores e atrais novos players.

    por 30 reais eu esperava quase uma "Expansão" ( termo que parece ter sido abolido tb ).

    Fico imaginando jogar BF3 UP to DATE até dezembro de 2012o quanto nao vai custar...

    Afinal: jogo = 70 ~90 + Back to Karkand = 30 + novo DLC que sai agora = +/- 30...eaté DEZEMBRO é CERTEZA que sai mais um DLC.

    NO final com 2 ou 3 DLC's você tem 8/10 mapinhas a mais e pagou outro jogo por isso

    Que bosta.
    Algom muito parecido com wow, que tem expansão para lvl 60-70, 70-80, 80-85, e pra jogar vc precisa do classic que é 1-60. Ainda bem que baixaram os preços

  20. #69
    Membro Avatar de VaiCorinthians
    Info
    Verdinhas: 9001
    Registro
    May 2003
    Mensagens
    11.601
    Verdinhas
    9574

    Citação Citando xisque Ver mensagem
    Algom muito parecido com wow, que tem expansão para lvl 60-70, 70-80, 80-85, e pra jogar vc precisa do classic que é 1-60. Ainda bem que baixaram os preços
    só que expanção do wow vem com uns 500% a mais de content que essas merdas de DLC
    Toda vez que jogo bf3 e vejo a pirralhada gozando pro "melhor fps de todos os tempos" dá uma ansia, counter strike lá de 1999 limpa a bunda com bf3 e cod juntos.

  21. #70
    Membro Avatar de MR.ROBOT
    Info
    who is mr robot?
    Registro
    Sep 2001
    Mensagens
    5.320
    Verdinhas
    403

    Citação Citando Vertus_ Ver mensagem
    O porque de half life ter dividido gerações:

    Ahh saudade de cortar os zumbis com as laminas da serra eletrica! ahahuahuahuaa

    Edit: Excelente video
    Última edição por MR.ROBOT : 23-03-2012 às 16:53

+ Responder Tópico Ir para o Fórum
Página 3 de 3 Primeira 1 2 3

Assuntos do tópico

Compartilhar

Permissões