necr0potenc3

7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 1)

Avalie este Post de Blog
0 Comentários
7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente)


Vamos fingir por um momento que zumbis são reais (como se metade de vocês já não estivessem sonhando com isso). Já percebeu que a maioria dos filmes de zumbis são situados apenas após o apocalipse completo? No momento em que os sobreviventes se reúnem, os militares e o governo já estão aniquilados, e as ruas já não estão mais seguras.

Há um motivo do porque o filme começa nesse ponto e não antes. É porque no início, onde se vai de um zumbi a milhões, não faz o menor sentido. Se você deixar a chatice da lógica entrar na festa dos zumbis, perceberá que os zumbis já estariam re-mortos muito antes de se ter a chance de dar a partida naquela motocicleta/serra - elétrica em que você estava trabalhando. Por que?

------------------------------------------------------------
#7. Eles Tem Muitos Predadores Naturais
------------------------------------------------------------


Sabe o porquê de nós, humanos, estarmos no topo da cadeia alimentar? Não é por sermos difíceis de matar (bem, com exceção do Steven Seagal). Não somos; somos um pouco mais que pacotinhos saborosos de carne esperando por um chifre errante ou uma garra espalhar nossas entranhas como uma piñata de carne. Não, estamos no topo simplesmente por sermos absurdamente bons em matarmos outras coisas. Uma boa ofensa, como dizem, é a melhor de-OLHE UM PATO! VAMOS MATÁ-LO!


Somos simplesmente muito espertos e muito bem armados para que animais selvagens nos cacem. Agora considere o pobre zumbi. Ele não tem nenhuma das vantagens que mantiveram a humanidade salva de ser comida até a extinção. Ele anda no campo aberto, não usa armas, não consegue pensar ou usar estratégia. Nem mesmo tem o instinto de auto-preservação para correr e se esconder quando está em perigo. E, é feito inteiramente de comida. É um alvo fácil para qualquer animal que o queira.

Se você está dizendo, "Claro, mas não é como se a minha cidade seja cheia de ursos que podem vir e comer todos os zumbis.", você precisa pensar menor. Insetos são um grande pé no saco para humanos vivos, e em alguns casos, ser capaz de espantar moscas e ter um sistema imune é a única coisa que nos protege de ter nossos olhos e língua arrancados por vermes. Zumbis em qualquer lugar do mundo com moscas serão empesteados por vermes imediatamente, ou seja, todos os seus tecidos moles serão infestados, e seus olhos serão rapidamente inúteis.


Não são tão nojentos agora, são? OK, tudo bem, mas mostre um pouco de respeito.

Vamos aumentar a escala: Apenas na América do Norte, temos ursos, lobos, coiotes e pumas, todos os quais podem colocar humanos bem armados, pensantes, e ligeiros no menu, se as condições forem corretas. Para a maior parte dos predadores, a "condição correta" é quando o animal está fraco ou enfermo, ou no geral, quando está incapaz de se defender, como um corpo ambulante. Porra, pense apenas nos milhões de cachorros soltos por aí que aprenderão em um instante que zumbis são uma refeição fácil.

Agora imagine as hordas de zumbis andando pela África. Entre leões e búfalos (e hipopótamos, e rinocerontes, e elefantes), nós finalmente vamos ter uma doença que a África é melhor que o resto do mundo em combater.

------------------------------------------------------------
#6. Eles Não Agüentam o Calor
------------------------------------------------------------


É geralmente aceito por peritos em zumbis que eles vão continuar apodrecendo, mesmo enquanto eles cambaleiam pelas ruas. O que os filmes falham em mostrar, entretanto, é o nojento embora estranhamente hilário efeito que o sol quente teria num corpo apodrecendo.

A primeira questão é a putrefação. Graças a pletora de bactérias que temos em nosso cólon para digerir plantas, a flora intestinal, nossos corpos são feitos para a decomposição no momento em que nosso coração para. Já que o calor aumenta a velocidade de crescimento das bactérias (que estão bem felizes em começar um banquete em você assim que seu sistema imune já não é mais um problema) o zumbi tem uma data de expiração iminente no segundo em que ele se transforma.


Corpos mortos incham devido aos gases criados por bactérias, significando que em climas mais quentes até mesmo os Zumbis Anoréxicos vão começar a ficar gordos nos primeiros dias. Depois de algumas semanas, o desagradável, inchado exército de zumbis vai começar a fazer a coisa simultaneamente mais irada e perturbadora que um zumbi pode fazer: eles vão começar a explodir. O clima quente e as condições úmidas nas partes tropicais e subtropicais do mundo (ou até mesmo o verão nas partes temperadas) acelera a condição, ou seja, um surto de zumbis no verão em qualquer lugar do mundo basicamente acabaria em algumas semanas apenas pelos furiosos rompimentos dos monstros, como balões de carne rançosa.


No outro lado do aspecto do calor, está o calor seco. Se você estiver em Phoenix (Arizona) ou no Sahara quando o apocalipse acontecer, os zumbis podem começar a mumificar no sol e calor escaldantes. Enquanto sintomas normais de desidratação não são um problema para zumbis, há o problema de dessecação. Sem meios razoáveis de repor a água em suas células, zumbis andando no calor do Texas durante o dia irão sofrer danos celulares devido a exposição direta do sol em suas peles, e graças ao efeito desidratante que o vento tem, os mortos começarão a tropeçar mais e mais inefetivamente até que, em algum ponto, eles simplesmente irão cair e esperar até que algum catador de lixo venha recolher seus pertences.

Então é melhor que o surto de zumbis aconteça durante o inverno, certo? Bem...

Enviar "7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 1)" para Facebook Enviar "7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 1)" para Twitter Enviar "7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 1)" para Google Enviar "7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 1)" para Google+

Atualizado 22-05-2011 em 13:24 por necr0potenc3

  • Enviar Post de Blog por Email

Comentários