necr0potenc3

7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 2)

Avalie este Post de Blog
0 Comentários
------------------------------------------------------------
#5. Eles Não Podem Lidar com o Frio
------------------------------------------------------------


Zumbis são carne morta. Não há discussão; é uma de suas características definidoras. Porém todos focam na parte "morta" como se fosse grandes coisas. Freqüentemente esquecem da "carne". Sabe o que mais é carne morta? Bife, hamburguer, talvez até mesmo aquela gosma gordurosa vermelha dentro da comida do Taco Bell.


Olhe pra isso.

Quando carne (o tecido) está viva, há diversos sistemas de defesa para mantê-la nessa forma. Quando está morta, você tem que jogá-la fora em mais ou menos uma semana mesmo que esteja selada em plástico e em temperatura cuidadosamente modulada. Agora, sua primeira inclinação deve ser pensar no frio como o amigo da carne morta, afinal, o jeito mais seguro de derrotar aquela data de expiração de uma semana é congelar o bife, mantendo-o fresco por meses. Mas não se esqueça; frio não regulado provoca estragos tremendos para coisas anteriormente vivas. Se você mora bem pro norte, o apocalipse zumbi vai se resolver na primeira tentativa de encarar ambientes externos. O primeiro assassino de zumbis é o simples fato de que o corpo humano é basicamente água, e água congela. Quando a temperatura cai para níveis congelantes (ou próximos com um vento forte e frio), zumbis se tornarão cada vez mais rígidos.


Não há relatos sobre eles se transformarem em monstros de neve.

Após exposição suficiente, o corpo morto estará congelado e não correrá atrás de nenhuma vítima, não importa quão deliciosa ela seja. Também é seguro assumir que zumbis andando no sereno não estarão embrulhados em papel plástico como fazemos com comida, então queimaduras de frio se tornam um problema. Sério. A mesma coisa que acaba com seu sorvete também pode acabar com o Terror dos Mortos Vivos. O congelamento da carne à noite, combinado com o descongelamento parcial durante os dias mais quentes, e então o re-congelamento, cria o ambiente ideal para a ocorrência de queimaduras de frio, que resultam na desidratação das células com a evaporação da água, mesmo quando congelados. Carne com queimadura de frio não está apenas morta, está destruída.

------------------------------------------------------------
#4. Morder é uma Péssima Maneira de Espalhar uma Doença
------------------------------------------------------------


Hey, lembra aquela vez que um cachorro pegou raiva, e um dia depois, todo cachorro no continente tinha, exceto por alguns cães sobreviventes escondidos em um porão? Não? Isso nunca aconteceu?

Quase todos os filmes de zumbis concordam com uma coisa: Eles se reproduzem como uma doença, uma que se espalha por uma mordida dos infectados (como se tivessem um vírus portado pela saliva ou algo assim). Mas isso também significa que a distribuição deve estar sujeita às mesmas regras de uma epidemia normal, e morder é um jeito bem zoado de se começar uma epidemia.

As doenças bem sucedidas têm mecanismos inteligentes de se espalharem invisivelmente de vítima a vítima. A gripe já matou dezenas de milhões por flutuar pelo ar, a peste negra se espalhava por pulgas, etc. Nenhuma delas precisava que os infectados chegassem a distância de uma mordida para espalhar sua infecção. Claro, doenças sexualmente transmissíveis como AIDS funcionam dessa maneira, porém isso é apenas porque os infectados podem se passar por não-infectados. Ninguém vai transar com um zumbi.


Embora o Google Image Search encontre bastante pornô de zumbis.

Mas digamos que há um surto, como se um dos zumbis tivesse conseguido morder 30 pessoas em uma multidão num show do Insane Clown Posse antes que eles se tocassem que não fazia parte do show. Não é como se a humanidade não soubesse o que fazer no caso de um surto infeccioso. Nos EUA há o Centro para Controle de Doenças (Center for Disease Control - CDC), que não brincam por aí. Sério, tá escrito no cartão de negócios deles.


Lembra o surto de SARS? Que se originou na China. o CDC e a Organização Mundial da Saúde colocaram as pinças nas viagens internacionais no segundo em que se descobriu o contágio na América do Norte. Vôos foram imobilizados, viagens entre fronteiras foram travadas e apenas 43 pessoas em todo o continente morreram.


Todos foram verificados.

Com os zumbis, eles nem precisam resolver o mistério de como é feita a transmissão. É aquele cara mordendo as pessoas. Atire na cabeça dele.

Enviar "7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 2)" para Facebook Enviar "7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 2)" para Twitter Enviar "7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 2)" para Google Enviar "7 razões científicas do porque um surto de zumbis falharia (rapidamente) (Parte 2)" para Google+

Atualizado 22-05-2011 em 13:25 por necr0potenc3

  • Enviar Post de Blog por Email

Comentários