Página 1 de 2 Última

Need for Speed: The Run

  1. #1

    Padrão Need for Speed: The Run

    Clique para abrir a imagem em nova guia



    A série Need for Speed anda cada vez mais esquizofrenica nos últimos anos. A cada jogo um apelo diferente para ver "qual cola" melhor. Alguns games com erros graves como em Undercover, já outros com alguns acertos interessantes como em Shift. A tentativa deste final de ano (já que Shift 2 é do começo) veio no nome de The Run, e para variar é uma nova reestruturação da série.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Antes de continuar lendo esta análise eu pergunto que tipo de jogador de "Need for Speed" você é, digo, o que você espera desta série? Se você conheceu a franchise pelos Underground's da vida, com rachas e drifts, desencane. The Run não é para você. Por outro lado se você é novato da sub-série Shift, também está no lugar errado, The Run não tem absolutamente nada de circuitos ou tentativa de se aplicar uma "boa física".

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    A origem de The Run é ainda mais antiga, anterior mesmo a Hot Pursuit - embora este conte com algumas participações de carros da polícia. O objetivo aqui é pegar carrões e ir para a estrada, em ambientes completamente diferentes como neve, deserto, montanha, florestas e cidades. Depois de 17 anos de série, The Run é o mais parecido com o primeiro Need for Speed desde, bom... os primeiros jogos.

    Porém se você é um amante dos antigos jogos espere um pouco antes de abrir a carteira. Existem algumas mudanças que talvez você não seja exatamente muito fã.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    A primeira grande característica infeliz de Need for Speed: The Run é a história. Enredo em jogos de corrida são mais desnecessários do que em filmes pornôs, mas no contexto de The Run é ainda mais indiferente. Fosse apenas cut-scenes com a opção de se pular já seriam um elemento desnecessário, mas quando o jogo lhe força a passar por timed events para contar uma história completamente desinteressante temos um problema.

    É verdade que estas cenas são raras (se eu não perdi a conta são 3 ou 4 durante todo o jogo, e mesmo que você falhe, não há qualquer punição já que você volta alguns segundos antes), mas são COMPLETAMENTE, IRRITANTEMENTE desnecessárias. Ainda mais se você não estiver num controle, mas em um volante. Aonde fica o RT de um volante mesmo?

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Retirada a idioticesse que é a história, vamos ao jogo propriamente dito. O jogador é inserido numa super corrida de costa a costa dos EUA. Saindo de São Francisco para chegar em Nova Iorque. Isto é apenas uma ótima descupa para passar pelos mais diversos cenários e, de queda, aprender um pouco de geografia dos EUA.

    A ambientação de The Run é absolutamente fabulosa, durante as corridas é difícil não acreditar que você não está em lugares reais, acaba se tornando um OutRun em esteróides. Somando ao fato de que no modo carreira você parte em 250º lugar e deve chegar em 1º em NY, você consegue sentir este progresso, pouco a pouco. Passar por avalanches ou tempestades de areia, tudo é muito convincente e divertido.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Mas quando a imersão está chegando a um ponto legal, a história entra novamente para encher a paciência, com helicópteros querendo te explodir, ou carros da máfia querendo te fechar. Uma pena também que a cada etapa você seja obrigado a encarar alguns bons segundos em telas de loading para o próximo desafio. Talvez eu esteja esperando muito desta geração, mas eu adoraria poder sair de SF e chegar a NY sem as inúmeras interrupções de load de fases.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Devido a disposição do jogo, de ir do ponto A ao ponto B, não há a necessidade de se decorar as pistas e as curvas, na verdade, o jogo está mais montado na reação aos elementos que são colocados na pista, como uma curva um pouco mais fechada ou carros no transito ou da própria polícia.

    Os modos de jogo são poucos, durante a campanha você irá encarar corridas simples (ultrapasse X carros até o final), corridas de check points e um modo "survival", onde seu objetivo é simplesmente não ser explodido e chegar ao final. Quando você termina um capítulo ele é liberado no modo desafio, que nada mais é do que corridas com um limite de tempo. Para um jogo do porte de 60 dólares, é muito pouco. Além do modo online (que não acrescenta muito também) é o que Need for Speed te oferece.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Vale lembrar que caso você fique muito para trás, ganhará um boost de velocidade para chegar nos adversários mais a frente, se isto pode ser interessante, pois um errinho não compromete sua corrida é sacal saber que você fez absolutamente tudo certo e o seu adversário está nos seus calcanhares por ter o mesmo "bônus".

    Do ponto de vista da jogabilidade, The Run funciona muito bem até num volante (embora com uma sensibilidade um pouco alta), com exceção dos timed-events que você precisa descobrir os botões. Não apresenta visão interna (para os puristas).

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Os carros também não são o ponto forte de Need for Speed. Não que não haja uma grande variedade deles, até existem. Mas com exceção da velocidade que eles atingem não há grande diferença entre um Porshe e uma McLaren. Não existe grande forma de customização também, apenas a mudança de cores (quando possível). Então se é amante de tunning este NÃO é o seu jogo.

    Além disso, no modo carreira, o único momento que você tem para mudar o carro é parando num posto de gasolina, embora você não perca (muito) tempo fazendo isto, já que o jogo pausa, não há grande motivação para isso. Fiz todo o modo carreira com 3 carros.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Modo carreira que dura apenas um pouco mais que duas horas, se você desconsiderar os "replays" necessários para atingir os objetivos. Quatro dificuldades, sendo a mais difícil acessível apenas para aqueles que já completaram o jogo.

    No departamento de som, não há absolutamente nada que vá lhe impressionar. Talvez você estranhe um pouco a trilha sonora, já que sairam as músicas eletrônicas a qual a série é conhecida para algo mais "vamos viajar de carro pelo interior". Fazem sentido e se encaixam na jogabilidade, mas você não irá comprar a sountrack.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    As pistas são bem simples, geralmente são grandes retas com curvas bastante abertas. Poucas pistas apresentam curvas extremamente fechadas e somente nelas que você terá que brecar, um pouco. Na verdade a idéia arcade é justamente acelerar e usar nitro sempre que possível. O jogo conta com alguns atalhos, mas são bastante desnecessários se você só estiver num nível de dificuldade normal.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    O estranho que embora os atalhos funcionem, sair da pista principal em alguns lugares não estipulados, mesmo que só encostar em um barranco, fará com que o jogo use a função replay. São 5 chances em cada pista para se errar, caso as cinco tentativas forem usadas e você errar mais uma vez, terá que reiniciar desde o início.

    E os erros. The Run embora não seja um jogo bugado que o faça ser impossível de ser jogado, conta com uma gama de erros que não deveriam passar por uma empresa do porte da EA. Carros desaparecendo do nada, erros gráficos em algumas batidas e até algumas travadas (na versão de PC, mas esta talvez possa não ser culpa do jogo, sabe como é PC, né?), se não são algo constante, ocorrem mais do que deveriam.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Outra coisa que incomoda bastante é que na visão no capô você perde um pouco de referência aonde está o seu carro. Várias vezes bati em algo que claramente achei que não havia chances disto acontecer.

    Por fim, The Run entrega justamente o que promete, uma viagem pelo interior dos EUA. Esta viagem, como todas, tem seus pontos negativos, como a história que interfere na única coisa divertida do jogo que é dirigir. Need for Speed: The Run, de jeito nenhum vale os R$ 99 cobrados pela Origin, a loja online da EA. Mas é uma boa premissa para uma futura continuação sem modo história, com mais modos de jogo e mais lugares a serem explorados.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Mas, quando este estiver numa promoção, não deixe de conferir, pelo menos você terá histórias para contar aos seus netinhos... Ou no caso, ao seus amigos do fórum.

    Clique para abrir a imagem em nova guia


    Need for Speed: The Run está disponível para Playstation 3, Xbox 360 e PC.
    A versão de PC de The Run pode ser comprada neste link por R$ 99.

    Rodrigo Guerini é redator da hardMOB e dono do blog, SanroJoga e agora demanda por The Run 2: do Alaska a Patagônia

  2. Publicidade

  3. #2

    Padrão

    Esses NFS atuais são bons é pra jogar no console, sentado na poltrona.

  4. #3

    Padrão

    nao tem visao de dentro do carro, que aparece o volante ?

  5. #4

    Padrão

    NFS:HP, o que foi lançado ano passado é fenomenal, muito muito bom mesmo. Esse aí parece ser um novo retrocesso pra série, mas faz parte. Não sei se tu jogou, mas acho que aquele sim é o NFS que mais se parece com os antigos, é o melhor NFS já feito na minha opinião.

  6. #5

    Padrão

    nao tem visao de dentro do carro, que aparece o volante ?
    O último hot pursuit não teve, então chuto q esse tb não tenha.

    NFS:HP, o que foi lançado ano passado é fenomenal, muito muito bom mesmo. Esse aí parece ser um novo retrocesso pra série, mas faz parte. Não sei se tu jogou, mas acho que aquele sim é o NFS que mais se parece com os antigos, é o melhor NFS já feito na minha opinião.
    Eu achei o hot pursuit divertido, mas não pra tanto.
    Acho q faltou desafio... sei lá. A cada corrida vc desbloqueava 2 carros novos, meio tosco.

  7. #6

    Padrão

    O último hot pursuit não teve, então chuto q esse tb não tenha.



    Eu achei o hot pursuit divertido, mas não pra tanto.
    Acho q faltou desafio... sei lá. A cada corrida vc desbloqueava 2 carros
    eu não pego um NFS a um bom tempo (tirando "Shift"), acho uma pena não ter visão do cockpit, até NFS1 tinha.
    interessante a variedade dos cenários e gráficos, mas essa de história e cut scenes... não empolga,

  8. #7

    Padrão

    "Enredo em jogos de corrida são mais desnecessários do que em filmes pornôs", putz que o autor/analista do jogo diga que o mesmo tenha enredo fraco vá lá, mas dizer que um jogo, seja lá do que for, não necessite de uma boa história? Putz, não estamos mais na era do River raid&Pac man.

  9. #8

    Padrão

    "Enredo em jogos de corrida são mais desnecessários do que em filmes pornôs", putz que o autor/analista do jogo diga que o mesmo tenha enredo fraco vá lá, mas dizer que um jogo, seja lá do que for, não necessite de uma boa história? Putz, não estamos mais na era do River raid&Pac man.
    um jogo de corrida, para ser bom, nao deveria depender de uma historia... acho q ele quis dizer isso..
    mas os produtores quiseram fazer um jogo de "aventura", por isso meteram essa historia e as corridas e fugas fazem parte do enredo

    eu nao consegui sair da primeira parte do jogo
    pq nao sei oq cada botão faz hahah
    noob =(

  10. #9

    Padrão

    Sou amante da serie.
    Gosto MUITO dos shifts, são os que valeram a pena dessa nova Safra.
    Jogo a serie desde o The Need For Speed : Road and Track do 3DO.

    Essa SEGUNDA screenshot, me lembrou MUITO a pista Rocky pass do NFS HP ( NFS 3 ).
    Se seguir essa linha, eu quero é que se foda a historia, pois "essa linha" para mim vale a pena. ( dai relevaria facilmente as cut-scenes )

  11. #10

    Padrão

    nao tem visao de dentro do carro, que aparece o volante ?
    Como dito na análise não. Só visão do chão, capô e de longe.

    Não sei se tu jogou, mas acho que aquele sim é o NFS que mais se parece com os antigos, é o melhor NFS já feito na minha opinião.
    Não joguei o novo HP não, um colega meu falou que tava ruim no volante, acabei nem me interessando.

    "Enredo em jogos de corrida são mais desnecessários do que em filmes pornôs", putz que o autor/analista do jogo diga que o mesmo tenha enredo fraco vá lá, mas dizer que um jogo, seja lá do que for, não necessite de uma boa história? Putz, não estamos mais na era do River raid&Pac man.
    Pense que Forza, GT5, iRacing, Dirt 3 não possuem história. E são ÓTIMOS jogos de corrida. E de fato, eu sou da época do River Raid e PacMan, talvez por isto uma história não me apeteça tanto. Mas deixa eu refazer meu pensamento e o que eu quis dizer. Clique para abrir a imagem em nova guia

    Para mim, história em jogos de corrida são desnecessários. Mas não sou contra colocarem, se a história for bem feita irei gostar sem problemas. Porém, no caso de The Run a história além de ser desinteressante ATRAPALHA a jogatina. Por isso a comparação com filme pornô, imagino que ninguém queira ver a guria ligar para o atendente de pizza.

    Essa SEGUNDA screenshot, me lembrou MUITO a pista Rocky pass do NFS HP ( NFS 3 ).
    Se seguir essa linha, eu quero é que se foda a historia, pois "essa linha" para mim vale a pena. ( dai relevaria facilmente as cut-scenes )
    Após o modo carreira, cada uma das pistas abre para o modo desafio de tempo (e corrida). Acredito que aí estará mais próximo a experiência de NFS antigão. Não cheguei a verificar se existem polícias nestas corridas, acredito que não.

  12. #11

    Padrão

    Legal isso aí então. Vc joga o modo "carreira", e depois ele abre os challenges? Deve ser interessante... Vou conferir quando baratear.

  13. Publicidade

  14. #12

    Padrão

    Sim, e considerando que o modo carreira não é muito demorado.

    Mas achei que faltou mais alguma coisa para os modos challenges. Tipo, poder customizar um pouco depois que você liberou as pistas... Escolher contra o tempo, contra outros corredores, etc.

  15. #13

    Padrão

    Modo carreira tem 2 horas e pouco de gameplay. Felizmente tem pouca papagaiada de cut scenes pq a história é RIDICULA.

    Poucos carros no modo carreira, uma pena pq não estou com nem um pouco de vontade de correr para desbloquear os carros. Do resto é o de sempre. Gráficos bons, jogabilidade arcade e só. Não vale preço de lançamento, melhor esperar pra comprar.

  16. #14

    Padrão

    O jogo nao é nenhuma maravilha, mas eu to curtindo. Francamente, eu esperava bem mais. Essa franquia tem muito o que melhorar, pois a jogabilidade está bem defasada.

  17. #15

    Padrão

    Achei meia boca o game....

    Gostei mais do Most Wanted

  18. #16

    Padrão

    Pense que Forza, GT5, iRacing, Dirt 3 não possuem história. E são ÓTIMOS jogos de corrida.
    Err... Dirt 3 tem história sim.
    Você começa como um rookie, e vai subindo de lvl para ganhar novos patrocínios, novos campeonatos e etc. Você tem até um empresário, mecânico e um outro cara, que vão te parabenizando e dando algumas dicas durante a campanha singleplayer.
    Tudo bem que não tem muita interação entre você e eles, e nem cutscenes mostrando rostos, mas tem historia sim.

    Pra mim jogos de corrida tem que ter historia. Inclusive a única coisa ruim do HP pra mim, foi justamente não ter.
    Editado por Vertus_ em 21-11-2011 às 9:55

  19. #17

    Padrão

    Err... Dirt 3 tem história sim.
    Você começa como um rookie, e vai subindo de lvl para ganhar novos patrocínios, novos campeonatos e etc. Você tem até um empresário, mecânico e um outro cara, que vão te parabenizando e dando algumas dicas durante a campanha singleplayer.
    Tudo bem que não tem muita interação entre você e eles, e nem cutscenes mostrando rostos, mas tem historia sim.

    Pra mim jogos de corrida tem que ter historia. Inclusive a única coisa ruim do HP pra mim, foi justamente não ter.
    Bom, se for desse jeito até Ayrton Senna Super Monaco GP 2 tem história, pq você tem que ficar ganhando corridas para melhorar de equipes.. hehe..

    Quando pensei em história, pensei em algo um pouco mais profundo do que um narrador esporádico da tua performance. Mas se isto te contenta como história, ótimo para você Clique para abrir a imagem em nova guia

  20. #18

    Padrão

    achei que ficou muito bacana o jogo!! Clique para abrir a imagem em nova guia

  21. #19

    Padrão

    Épico foi o Porsche Unleashed (NFS5). Era animal aquele jogo...

  22. #20

    Padrão

    Não li tópico todo, mas sei que problema de todo tópico sobre need for speed é que tem sempre:

    Alguém falando que prefere o Porsche Unleashed
    Alguém dizendo que o Most Wanted vai pra sempre ser o favorito e depois disso só cagaram a mão
    Alguém dizendo que deveriam fazer um remake de underground 2 e que a jogabilidade de todos os atuais é ruim.

    Pessoalmente, me divirto jogando Hot Pursuit de PS3 até hoje. Acho fantástico e de longe o jogo arcade mais divertido de PS3.

  23. #21

    Padrão

    Não li tópico todo, mas sei que problema de todo tópico sobre need for speed é que tem sempre:

    Alguém falando que prefere o Porsche Unleashed
    Alguém dizendo que o Most Wanted vai pra sempre ser o favorito e depois disso só cagaram a mão
    Alguém dizendo que deveriam fazer um remake de underground 2 e que a jogabilidade de todos os atuais é ruim.

    Pessoalmente, me divirto jogando Hot Pursuit de PS3 até hoje. Acho fantástico e de longe o jogo arcade mais divertido de PS3.
    então talvez você devesse ler o tópico todo Clique para abrir a imagem em nova guia

  24. #22

    Padrão

    Comecei a jogar ontem e o enredo é péssimo! De qualquer forma, pelo o pouco que joguei, vale a pena dar uma chance pro jogo.
    No mais, excelente review! Parabéns!

  25. #23

    Padrão

    Como falaram aí, NFS:HP do ano passado é um must, não da pra analisar a história recente do NFS sem ter jogado ele.

  26. #24

    Padrão

    então talvez você devesse ler o tópico todo Clique para abrir a imagem em nova guia
    Eu li o tópico inteiro, o review. Só não li todos os comentários. Agora resolvi ler todos os comentários e tava certo, tinha exatamente o que eu falei.
    Editado por Pr0x em 24-11-2011 às 17:22

  27. #25

    Padrão

    Cada jogo que sai sai pra algum tipo de jogador. Eu gostei de todos até MW e depois apenas joguei, não achei muito bom. O que senti falta foi dos gráficos antigos, apesar de antigos, tinha chuva, chuva e noite, noite e ainda assim tinha uns efeitos que não vejo hoje. A projeção da luz do farol na chuva, os efeitos de iluminação e da jogabilidade.

    Vamos ver se esse é bom. Clique para abrir a imagem em nova guia

Página 1 de 2 Última

Tópicos Similares

  1. Need for speed 2??
    Por Jgotta em Jogos PC
    Comentários: 2
    Atualizado: 10-01-2005, 20:11
  2. Speed up RAM !!
    Por RMVGomes em hardWHAT!!?
    Comentários: 7
    Atualizado: 26-10-2003, 15:14
  3. Need For Speed
    Por GrUnGe_ em Jogos PC
    Comentários: 10
    Atualizado: 18-09-2003, 13:38
  4. Need For Speed 3
    Por Night Devil em Jogos PC
    Comentários: 0
    Atualizado: 17-07-2003, 23:47
  5. Need For Speed
    Por _tOyoo_ em Jogos PC
    Comentários: 9
    Atualizado: 09-02-2003, 11:53

Compartilhar

Permissões