Manual para Fazer Você Mesmo

  1. #1

    Cool Manual para Fazer Você Mesmo

    Bom, eu não estou com uma idéia muito específica pra esse tópico, mas acho que dá pra copilar nele uma série de dicas pra quem quer se aventurar no faça você mesmo. Desde colocar um quadro na parede do quarto até construir a própria casa. Qualquer um pode colaborar. Assim fica um material interessante.


    Aí vão alguns pontos que eu acho importantes.

    1º - Saiba inglês!

    Se não sabe, arrume um dicionário ou use o tradutor do google. Pra que isso? Ora, antes de fazer, você precisa aprender a fazer. Porém, o material de DIY em português é escasso, em outros países já virou febre faz tempo, então tem muito material de estudo. Ah quer consertar o celular? Google nele. Quer trocar o piso do banheiro? Google nele! As palavras que acho que mais vão te ajudar a encontrar informações sobre algo são: DIY (duuh Clique para abrir a imagem em nova guia ), Disassemble, tutorial, how to do.

    2º - Segurança!

    Se vai usar produtos quimicos, normalmente na embalagem informa o que você precisa de EPI (Equipamento de Proteção Pessoal), tem diversos tipos de máscaras, óculos, luvas, jalecos, etc. Não adianta usar aqueles respirador que os médicos usam pra tinta, por exemplo. Tem que usar o respirador adequado. A 3M possui no site dela catálogos de tudo que ela faz com as especificações. Assim fica mais fácil de você ir na loja comprar o que precisa.

    Na primeira vez que mexi com resina époxi, usei luvas de plástico, não duraram 5 minutos e foram corroídas pelo quimico. O produto começou a atacar minha pele, então aí vem a lição de ouro para caso as coisas comecem a dar errado. "SEM PÂNICO". Lave as mãos com bastante água e sabão neutro, caso comece a aparecer bolhas ou tenha alguma complicação séria, vá ao posto de saúde e explique o que aconteceu. Nas embalagens de produtos quimicos mais agressivos, também vem o número de telefone do Ceatox (Centro de assistência Toxocológica), ele poderão te instruir. Além do que, nas embalagens vem descrito o que pode acontecer caso você não o manuseie com o devido respeito

    Mas não precisa ficar com medo, normalmente os produtos vendidos, só serão tóxicos, caso você faça alguma besteira muito grande como ingerir acidentalmente ou ficar em um quartinho fechado cheio de vapores tóxicos. Sempre leia as instruções dos rótulos. Se for usar algum produto quimico, que seja em um ambiente ventilado, se for fazer pó, use máscaras e óculos de proteção. Se fizer barulho, use protetores de ouvidos. E não se esqueça dos vizinhos.

    óculos simples + Luvas de pano + protetores de ouvido dos modelos mais simples não passam dos 10 reais (tudo) e vão lhe atender pra maioria das coisas.

    3º - Paciência!

    Sempre leia, se tiver dúvidas, pergunte. Tem diversas comunidades a esse respeito. Tem coisas que se acha muita informação como Informática ou mecânica, por exemplo. Leia os rótulos de tudo que comprar, procure seguir as recomendações dos fabricantes de suas coisas bem como tutoriais pra o que você quer fazer. Crie um cronograma e uma rotina diária para mexer nos seus projetos. Estipular prazos é dificil, mas é fácil dedicar por exemplo 1 hora por dia pra fazer algo. Quando são coisas com muitas partes/segmentos, pode se comprometer a fazer uma parte por dia.

    Pode parecer complicado, mas acredite, será só da 1ª vez. Outro detalhe importante: Você não estará só economizando dinheiro, se você procura caprichar, seu serviço sairá melhor do que qualquer "profissional" fará por você. Não se preocupe caso não acerte de primeira. Ainda assim estará valendo a pena. Conhecimento é algo que ninguém poderá tirar de você.

    4º - Lugar adequado.

    Bom, esse é mais complicado, eu mesmo não tenho e já andei fazendo algumas coisas bem complicadas na própria garagem. Já vi colegas que moram em apartamentos trabalharem na própria "vaga". Mas sem esquecer da regra de não incomodar os vizinhos e cuidado com suas ferramentas. Se não tomar cuidado, elas criam pernas e somem. As vezes você nunca mais volta a vê-las.

    Um bom lugar de trabalho tem bastante luz, uma mesa ou bancada que você pode arranhar, por coisas em cima, etc. Com uma prateleira ou cantinho que possa manter as ferramentas sempre a mão, sem ter que revirar pilhas de caixas pra pegar alguma coisa de preferência com porta, para não incomodar a patroa heheheh. Sem esquecer de que se for pintar ou mexer com produtos quimicos, que vá pra um lugar ventilado. Uma Morça de tamanho suficiente para o que você for fazer, parafusada em algum canto da bancada ajuda muito.

    Tenha tomadas também, serão necessárias. Uma coisa que deveria ser obrigatório nas casas é um Disuntor Rápido, popularmente conhecido como DR. O legal dele é que caso você tome um choque, ele não deixa você "fritar", desliga tudo. É bem mais sensivel que um disjuntor convencional. Eu já gastei dinheiro com ferramentas que só usei uma vez (E não me arrependo nem um pouco, pois sei que as usarei novamente). São de uso esporádico. Porém cuide bem delas, mantenhas sempre limpas, não precisa lambuzar de óleo, o mesmo pano que usar pra limpar o óleo delas, limpe toda a parte metálica, isso ajudará a conservar sem deixar a ferramenta pegajosa. Especialmente em ferramentas elétricas, Pó + Óleo = desgaste prematuro.

    5º - Ferramentas

    Antes de usar uma ferramenta életrica, normalmente vem um manual dando dicas de como usar cada coisa. ferramentas életricas como Serra életrica, independente de ser do tipo Tico-Tico ou com discos, SÃO PERIGOSAS. São ferramentas que requerem cuidado ao uso. Use o EPI, a refrigeração quando for necessário, SE POSICIONE ADEQUADAMENTE, segurando firmemente a ferramenta e realizando o corte devagar! Um descuido com uma ferramenta elétrica como essa pode machucar pra valer.

    Pra ferramentas manuais, eu gosto muito de Geodore (1ª linha) e quando a grana tá curta, compro Robusta (2ª linha). Eu não gosto nem um pouco de outras marcas (Apesar de que tem hora que não tem pra onde correr). Para ferramentas elétricas, Bosch, Makita e Black & Decker são as que gosto mais. Algumas parafusadeiras Skill também são boazinhas. Já usei umas furadeiras chinesas de 40 reais que caramba, não aguentavam nada.

    Lembre-se disso:
    A ferramenta certa e usada do jeito certo, facilita o trabalho, evita danos colaterais e garante um resultado mais preciso

    Bom, acho que dá pra se aprofundar mais em um monte de coisas, mas estou cansado de escrever por enquanto.
    Editado por ZCC em 14-04-2012 às 3:16

  2. Publicidade

  3. #2

    Padrão

    Porque DIY?

    Eu tava relendo meu post e comentei sobre trocar o piso do banheiro. Aí vai uma dica: Pra que fazer isso sozinho? Bom, acredite, mas muitos serviços são mais rápidos do que parecem. Já cansei de ver gente "demorando" de propósito ao fazer uma coisa pra "merecer o dinheiro". No caso desse exemplo especifico, é algo que pode ser feito em 1, no máximo 2 horas de trabalho. Considerando é claro a remoção do piso antigo e desconsiderando o tempo de cura de alguns produtos recomendados (tempo de cura, que muitos profissionais no mercado ignoram, o que normalmente compromete a durabilidade do serviço)

  4. #3

    Padrão

    Caraca, já tava quase esquendo do meu próprio tópico!

    Outra dica é: Por padrão, toda referencia de medida é de centro a menos que se especifique o contrário. Tipo, o posicionamento de um interruptor em projeto é de 1,10m do piso e 25cm do caxilho - as duas medidas formam um ponto e este será o centro.

    Normalmente armários e quadros de comando você coloca pela medida do topo. Normalmente entre 1,80 e 2,10m de altura. Aí vem a questão de parafusar. Normalmente são pelo menos 4 parafusos e quem não tá muito acostumado acaba pedindo pra alguém segurar o objeto no lugar "alinhado" e marcar com uma caneta os pontos para furar. Bom, isso é fazer força a tóa e muito provavelmente vai ficar desalinhado.

    A dica é: Use um nível de pedreiro, são baratos. Use o nível como se fosse uma régua, pode comprar um grande ou usar nível + régua de pedreiro. Se são 4 furos que tem que fazer, defina a altura dos dois primeiros, faça uma linha horizontal com o nível e duas marcas verticais onde serão os furos. Em uma dessas "+" de onde serão os furos, faça com o nível uma linha vertical até a altura dos furos inferiores e repita o procedimento dos dois primeiros furos.

    Agora é só furar com a furadeira. Se quiser mais precisão, use um prego antes de furadeira para fazer um furinho que servirá de guia para a broca e sempre fique atendo se diretamente abaixo ou acima dos pontos onde serão os furos não há alguma tomada, torneira ou ponto de gás. Lembre-se dos tubos e dutos embutidos na parede.

  5. #4

  6. #5

    Padrão

    Vou atualizar com material gringo (com legendas no YT):



    E também útil:



    Editado por ZCC em 22-04-2016 às 2:10

  7. #6

    Padrão

    Balancear um ventilador de teto:


  8. #7

    Padrão

    Nos dias atuais (2017), creio que a melhor marca para ferramentas elétricas seja DeWalt. Seguido de perto, mas bem de perto mesmo, pela Makita. A Bosch atualmente não acompanha essas duas, visto que sua qualidade tem decaído ao passar dos anos. Existem algumas marcas desconhecidas que conseguem chegar em um nível profissional, como a Vonder por ex.

    Para ferramentas manuais, Gedore, Belzer e Snap-on são ótimas. Sata e Robust (segunda linha das melhores) também são boas. Existem muitas outras ferramentas boas também, como Stanley, King Tony, Mayle e até Tramontina pro. Porém o mais garantido, 99% de não ter problemas, seriam mesmo Gedore e Belzer.

    Para fitas e adesivos somente 3M. Eu, particularmente, não gosto da marca. Entretanto, se quer um acabamento impecável numa pintura, uma boa fixação com uma fita dupla face, tem que ser 3M.

  9. #8

    Padrão

    Nos dias atuais (2017), creio que a melhor marca para ferramentas elétricas seja DeWalt. Seguido de perto, mas bem de perto mesmo, pela Makita. A Bosch atualmente não acompanha essas duas, visto que sua qualidade tem decaído ao passar dos anos. Existem algumas marcas desconhecidas que conseguem chegar em um nível profissional, como a Vonder por ex.

    Para ferramentas manuais, Gedore, Belzer e Snap-on são ótimas. Sata e Robust (segunda linha das melhores) também são boas. Existem muitas outras ferramentas boas também, como Stanley, King Tony, Mayle e até Tramontina pro. Porém o mais garantido, 99% de não ter problemas, seriam mesmo Gedore e Belzer.

    Para fitas e adesivos somente 3M. Eu, particularmente, não gosto da marca. Entretanto, se quer um acabamento impecável numa pintura, uma boa fixação com uma fita dupla face, tem que ser 3M.
    Então amigo, sobre ferramentas manuais as marcas que vc falou são muito boas mesmo, mas sata é primeiríssima linha p vc ter ideia, a garantia dela é vitalícia... Sou mecânico e digo que sata é Willians são as melhores ferramentas manuais que existem

    Enviado de meu MI 6 usando Tapatalk

Compartilhar

Permissões