Por que as mentes mais brilhantes precisam de solidão

  1. #1
    Membro Avatar de Isaac
    Registro
    Oct 2012
    Mensagens
    12.458

    Padrão Por que as mentes mais brilhantes precisam de solidão

    Entrar em contato consigo traz benefícios. Darwin recusava todos os convites para festas. E do isolamento nasceu o primeiro computador Apple



    Segundo o professor Robert Lang, da Universidade de Nevada (Las Vegas), especialista em dinâmicas sociais, muitos de nós acabarão vivendo sozinhos em algum momento, porque a cada dia nos casamos mais tarde, a taxa de divórcio aumenta, e as pessoas vivem mais. A prosperidade também incentiva esse estilo de vida, escolhido na maioria dos casos voluntariamente, pelo luxo que representa. A jornalista Maruja Torres, em sua autobiografia, Mujer en Guerra (da editora Planeta España, não publicada em português), já se vangloriava do prazer que lhe dava cair na cama e dormir sozinha, com pernas e braços em X. A isso se soma a comodidade de dispor do sofá, poder trocar de canal sem ter que negociar, improvisar planos sem avisar nem dar explicações, andar pela casa de qualquer jeito, comer a qualquer hora…

    Como se fosse pouco, o sociólogo Eric Klinenberg, da Universidade de Nova York, autor do estudo GOING SOLO: The Extraordinary Rise and Surprising Appeal of Living Alone (ficando só: o extraordinário aumento e surpreendente apelo de viver sozinho, em tradução livre), está convencido de que viver só significa, também, desfrutar de relações com mais qualidade, já que a maioria dos solteiros vê claramente que a solidão é muito melhor que se sentir mal-acompanhado. Há até estudos que asseguram que a solidão facilita o desenvolvimento da empatia. Outra socióloga, Erin Cornwell, da Universidade Cornell, em Ítaca (Nova York), concluiu, depois de diversas análises, que pessoas com mais de 35 anos que moram sozinhas têm maior probabilidade de sair com amigos que as que vivem como casais. O mesmo acontece com as pessoas adultas que, embora vivendo sozinhas, têm uma rede social de amizades tão grande ou maior que a das pessoas da mesma idade que vivem acompanhadas. É a conclusão do estudo feito pelo sociólogo Benjamin Cornwell publicado na American Sociological Review.
    A base da criatividade e da inovação

    As pessoas são seres sociais, mas depois de passar o dia rodeadas de gente, de reunião em reunião, atentas às redes sociais e ao celular, hiperativas e hiperconectadas, a solidão oferece um espaço de repouso capaz de curar. Uma das conclusões mais surpreendentes é que a solidão é fundamental para a criatividade, a inovação e a boa liderança. Estudo realizado em 1994 por Mihaly Csikszentmihalyi (o grande psicólogo da felicidade) comprovou que os adolescentes que não aguentam a solidão são incapazes de desenvolver seu talento criativo.

    Susan Cain, autora do livro Quiet: The Power of Introverts in a World That Can’t Stop Talking (silêncio: o poder dos introvertidos num mundo que não consegue parar de falar), cuja conferência na plataforma de ideias TED Talks é uma das favoritas de Bill Gates, defende ao extremo a riqueza criativa que surge da solidão e pede, pelo bem de todos, que se pratique a introversão. “Sempre me disseram que eu deveria ser mais aberta, embora eu sentisse que ser introvertida não era algo ruim. Durante anos fui a bares lotados, muitos introvertidos fazem isso, o que representa uma perda de criatividade e de liderança que nossa sociedade não pode se permitir. Temos a crença de que toda criatividade e produtividade vem de um lugar particularmente sociável. Só que a solidão é o ingrediente essencial da criatividade. Darwin fazia longas caminhadas pelo bosque e recusava enfaticamente convites para festas. Steve Wozniak inventou o primeiro computador Apple sentado sozinho em um cubículo na Hewlett Packard, onde então trabalhava. Solidão é importante. Para algumas pessoas, inclusive, é o ar que respiram.”

    Cain lembra que quando estão rodeadas de gente, as pessoas se limitam a seguir as crenças dos outros, para não romper a dinâmica do grupo. A solidão, por sua vez, significa se abrir ao pensamento próprio e original. Reclama que as sociedades ocidentais privilegiam a pessoa ativa à contemplativa. E pede: “Parem a loucura do trabalho constante em equipe. Vão ao deserto para ter suas próprias revelações”.
    A conquista da liberdade

    “Só quando estou sozinha me sinto totalmente livre. Reencontro-me comigo mesma e isso é agradável e reparador. É certo que, por inércia, quanto menos só se está, mais difícil é ficá-lo. Mesmo assim, em uma sociedade que obriga a ser enormemente dependente do que é externo, os espaços de solidão representam a única possibilidade se fazer contato novamente consigo. É um movimento de contração necessário para recuperar o equilíbrio”, diz Mireia Darder, autora do livro Nascidas para o Prazer (Ed. Rigden, não publicado em português).

    Também o grande filósofo do momento, Byung-Chul Han, autor de A Sociedade do Cansaço (Ed. Relogio D’Agua, de Portugal), defende a necessidade de recuperar nossa capacidade contemplativa para compensar nossa hiperatividade destrutiva. Segundo esse autor, somente tolerando o tédio e o vácuo seremos capazes de desenvolver algo novo e de nos desintoxicarmos de um mundo cheio de estímulos e de sobrecarga informativa. Byung-Chul Han preza as palavras de Catão: “Esquecemos que ninguém está mais ativo do que quando não faz nada, nunca está menos sozinho do que quando está consigo mesmo”.
    Autoconsciência e análise interior

    “Para mim a solidão representa a oportunidade de revisar nosso gerenciamento, de projetar o futuro e avaliar a qualidade dos vínculos que construímos. É um espaço para executar uma auditoria existencial e perguntar o que é essencial para nós, além das exigências do ambiente social”, diz o filósofo Francesc Torralba, autor de A Arte de Ficar Só (Ed. Milenio) e diretor da cátedra Ethos da Universidade Ramon Llull. Na solidão deixamos esse espaço em branco para ouvir sem interferências o que sentimos e precisamos. “A solidão nos dá medo porque com ela caem todas as máscaras. Vivemos sempre mantendo as aparências, em busca de reconhecimento, mas raramente tiramos tempo para olhar para dentro”, diz Torralba.

    As 5 chaves para desfrutar da solidão

    1. Você é sua melhor companhia. A premissa básica é mudar a crença de que quem está acompanhado está melhor.

    2. Uma oportunidade para nos conhecermos melhor e descobrir nosso rico mundo interior.

    3. Em vez de se torturar, é preciso aproveitar a solidão para ler, pintar ou praticar esporte.

    4. Escrever um diário. Ajuda a expressar sentimentos e a contemplar-se com mais conhecimento e carinho.

    5. Como indica o psicólogo Javier Urra, com a solidão recuperamos “o gosto pelo silêncio e pelo domínio do tempo”.


    Na verdade, a solidão desperta o medo porque costuma ser associada ao vazio e à tristeza, especialmente quando é postergada longamente por uma atividade frenética e anestesiante. Para Mireia Darder, é bom enfrentar esse momento tendo em mente que a tristeza resulta simplesmente do fato de se soltar depois de tanta tensão e de ter feito um esforço enorme para aparentar força e suportar a pressão frente aos que nos cercam. “Não se pode esquecer que para ser realmente independente é preciso aprender a passar pela solidão. O amor não é o contrário da solidão, e sim a solidão compartilhada”, diz Darder.

    Em nossa sociedade, a inatividade —que surge com frequência da solidão— é temida e desperta a culpa. Fomos preparados para a ação e para fazer muitas coisas ao mesmo tempo, mas é quando estamos sozinhos que podemos refletir sobre o que fazemos e como o fazemos. O escritor Irvin Yalom, titular de Psiquiatria na Universidade de Stanford, confessava que desde que tinha consciência se sentia “assustado pelos espaços vazios” de seu eu interior. “E minha solidão não tem nada a ver com a presença ou ausência de outras pessoas. De fato detesto os que me privam da solidão e além disso não me fazem companhia.” Algo que, segundo Francesc Torralba, é muito frequente: “Embora estejamos cercados de gente e de formas de comunicação, há um alto grau de isolamento. Não existe sensação pior de solidão que aquela que se experimenta ao estar em casal ou com gente”.

    http://brasil.elpais.com/m/brasil/20...31_773159.html
    Adélio Bispo 2022

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2
    Membro Avatar de Raphok
    Registro
    Dec 1999
    Mensagens
    32.523

    Padrão

    Viver isolado é doença. Estar isolado em algumas situações pra manter o foco, concentração etc é válido.
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘

  4. #3

    Padrão

    Optar pela solidão é diferente de ser ignorado pq é chato pra [email protected] e ninguém aguenta...

    Tá ligado né?

  5. #4
    Membro Avatar de tomsa2
    Registro
    Nov 2007
    Mensagens
    14.398

    Padrão

    Porque sozinho ninguém pode julgar se ela é brilhante ou não, só ele mesmo!
    ---------------------------------------------------------------------------
    Saindo da Bolha - Podcast

  6. #5
    Membro Avatar de Isaac
    Registro
    Oct 2012
    Mensagens
    12.458

    Padrão

    @ZNP

    O que acha disso?
    Adélio Bispo 2022

  7. #6

    Padrão

    Sozinho você pode começar a olhar pra si mesmo, se estudar, se entender, aprender mais sobre si. Isso ajuda a entender por que você age da forma que age. Mas pra aprender a ver essas coisas, é preciso maturidade, senão nada feito.

    Desde que você tenha uma visão crítica e realista, você vai começar a se entender. Vai notar suas qualidades e defeitos, e sabendo explorar essa qualidade vai aprender a ser mais humilde e menos egoísta. Assim você vai se tornar mais preparado para contato com outras pessoas.

    Viver isolado sem motivo e sem um olhar para si mesmo é sinal de algum distúrbio na interação com as outras pessoas, ou um distúrbio emocional mesmo. Relacionar-se com outras pessoas é fundamental para qualquer um, e não se trata apenas de relacionamento amoroso. Você pode muito bem sair com um grupo de amigos, conversar, interagir e voltar pra casa. Não precisa "caçar" ninguém. Tudo tem seus momentos, e passar ALGUNS momentos sozinho é perfeitamente normal, e pode ser uma experiência útil.

  8. #7
    Membro Avatar de Lanzi
    Registro
    Sep 2009
    Mensagens
    1.700

    Padrão

    Quem precisa de solidão é a reflexão e o estudo disciplinado.

    E pra muitas áreas isso é suficiente pra estabelecer uma genialidade.

    Mas alguém tem dúvidas de que a retórica, a performance em público, ou uma forma de empatia muito poderosa, também não exigem mentes e corpos brilhantes que os executem?

    Ademais, o reduto da experiência nunca acontece na sala de uma biblioteca ou no quarto da sua casa. É preciso conhecer as pessoas, sair à rua, conversar.
    "A certain lycanthropophobia or fear of Werewolves occupies minds at higher levels". Thomas Pynchon

    www.naoleiaisso.com

  9. #8
    Membro Avatar de Raphok
    Registro
    Dec 1999
    Mensagens
    32.523

    Padrão

    Citação Citando ftanaka Ver mensagem
    Sozinho você pode começar a olhar pra si mesmo, se estudar, se entender, aprender mais sobre si. Isso ajuda a entender por que você age da forma que age. Mas pra aprender a ver essas coisas, é preciso maturidade, senão nada feito.

    Desde que você tenha uma visão crítica e realista, você vai começar a se entender. Vai notar suas qualidades e defeitos, e sabendo explorar essa qualidade vai aprender a ser mais humilde e menos egoísta. Assim você vai se tornar mais preparado para contato com outras pessoas.

    Viver isolado sem motivo e sem um olhar para si mesmo é sinal de algum distúrbio na interação com as outras pessoas, ou um distúrbio emocional mesmo. Relacionar-se com outras pessoas é fundamental para qualquer um, e não se trata apenas de relacionamento amoroso. Você pode muito bem sair com um grupo de amigos, conversar, interagir e voltar pra casa. Não precisa "caçar" ninguém. Tudo tem seus momentos, e passar ALGUNS momentos sozinho é perfeitamente normal, e pode ser uma experiência útil.
    Imagine se o Einstein fosse isolado.. estaríamos uns 500 anos atrasados.
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘

  10. #9

    Padrão

    precisam pra poder traçar sua trajetória com sucesso.
    Slow is smooth, smooth is fast.
    Fast is lethal.
    ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ

  11. #10

    Padrão

    Citação Citando Raphok Ver mensagem
    Imagine se o Einstein fosse isolado.. estaríamos uns 500 anos atrasados.
    Segundo biografos ele era e isso fez dele um gênio.

  12. #11
    Membro Avatar de Raphok
    Registro
    Dec 1999
    Mensagens
    32.523

    Padrão

    Citação Citando Mr. BFHeidern Ver mensagem
    Segundo biografos ele era e isso fez dele um gênio.
    isolado != anti-social
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘

  13. #12
    Suspenso
    Registro
    Feb 2015
    Mensagens
    2.761

    Padrão

    Minhas melhores criações nasceram e nascem no refúgio silencioso da solidão.

  14. #13

    Padrão

    Citação Citando bradokk Ver mensagem
    Minhas melhores criações nasceram e nascem no refúgio silencioso da solidão.
    No banheiro, sem dúvida

  15. #14
    Suspenso
    Registro
    Feb 2015
    Mensagens
    2.761

    Padrão

    Citação Citando Aldous Huxley Ver mensagem
    No banheiro, sem dúvida
    Não, no meu ateliê de 50metros quadrados.

    Aldos, tente muito, mas tenha noção que não cairei na sua pilha.
    Sei que é muito difícil pra você aceitar e entender que um cara como eu, socialista, totalmente desapegado do materialismo e do consumismo, com uma vida simples, que prega o humanismo e a igualdade, que vive totalmente a parte do sistema capitalista que vocês tanto amam e querem que todos sejam obrigados e submetidos a fazerem parte dele.
    Sei que é horrível pra você aceitar que pessoas como eu venceram e são completamente bem sucedidas sem ter que trabalhar pra um patrão magnata que tira seu coro ou te obriga a ser conivente com vários esquemões de corrupção rolando debaixo do seu nariz no seu trampo, assim como acontece com você, aí no seu trabalho. (O mais engraçado dessa história é ver você com ódiozinho da corrupção do PT).
    Sei que pra você é inaceitável alguem autônomo, artista independente, sem estudo, sem ter nascido numa família abastada estar socialmente acima, muuuuito acima de você que é obrigado a aceitar esquemas sujos rolando no seu próprio trabalho por causa de uma vaguinha com remuneração de 5000(cinco mil reais).

    E antes que esqueça, esse seu post infantil e provocativo foi devidamente reportado.

  16. #15

    Padrão

    Quando fazia parte da programação, as soluções mais geniais me surgiam no banho, quando sequer estava pensando no assunto...


    Citação Citando bradokk Ver mensagem
    Não, no meu ateliê de 50metros quadrados.

    Aldos, tente muito, mas tenha noção que não cairei na sua pilha.
    Sei que é muito difícil pra você aceitar e entender que um cara como eu, socialista, totalmente desapegado do materialismo e do consumismo, com uma vida simples, que prega o humanismo e a igualdade, que vive totalmente a parte do sistema capitalista que vocês tanto amam e querem que todos sejam obrigados e submetidos a fazerem parte dele.
    Sei que é horrível pra você aceitar que pessoas como eu venceram e são completamente bem sucedidas sem ter que trabalhar pra um patrão magnata que tira seu coro ou te obriga a ser conivente com vários esquemões de corrupção rolando debaixo do seu nariz no seu trampo, assim como acontece com você, aí no seu trabalho. (O mais engraçado dessa história é ver você com ódiozinho da corrupção do PT).
    Sei que pra você é inaceitável alguem autônomo, artista independente, sem estudo, sem ter nascido numa família abastada estar socialmente acima, muuuuito acima de você que é obrigado a aceitar esquemas sujos rolando no seu próprio trabalho por causa de uma vaguinha com remuneração de 5000(cinco mil reais).

    E antes que esqueça, esse seu post infantil e provocativo foi devidamente reportado.
    Po cara, esqueceu das criancinhas?

    Tem que botar as 300 criancinhas carentes na estória

  17. #16
    Membro Avatar de Raphok
    Registro
    Dec 1999
    Mensagens
    32.523

    Padrão

    Citação Citando bradokk Ver mensagem
    Minhas melhores criações nasceram e nascem no refúgio silencioso da solidão.
    Quais criações?
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘

  18. #17

    Padrão

    Citação Citando Isaac Meadow Ver mensagem
    que acha disso?
    Isaac, acho que o texto mistura situações diferentes.

    Esse estudo da Erin Cornwell pro exemplo, é até engraçado. Solteiros com mais de 35 têm uma vida social mais ativa que casais. Será por conta dos filhos pequenos? Ou até por conta da vida comum de casal?

    O mesmo vale pras comparações entre adolescentes, que é uma época complicada, cheia de mudanças e instabilidade.

    Já esbarrei nesse livro da Susan Cain quando se fala de introversão ou extroversão no aprendizado de idiomas. O Benny Lewis faz uma comparação entre ambos.

    O artigo fica bom a partir daí. A partir questão da reflexão, da contemplação, quase inexistentes na nossa sociedade. E que ainda estão em cheque. As redes sociais e as curtidas, verdinhas, compartilhamentos e retweets. Todo esse sistema que premia quem fica online interagindo, aprovando ou negando bytes na internet, que pouco ou nada afetam a vida offline.

    Nosso cérebro é feito pra marcar novidades. Mas ficam offline é fundamental. Offline até de si mesmo. A diferença entre prestar atenção a si mesmo é grande. As vidas monásticas e urbana/mundana no começo do budismo indiano eram diferenciadas pelos termos samsara e nirvana. Samsara sendo o ciclo de nascer, viver e morrer, e nirvana sendo o que está além disso, quando não há mais ego, tensão sexual, violência, ganância, e o foco está no bem comum.

    Sobre genialidade do ponto de vista cerebral, acho que vale a pena citar os modos difusos e concentrado do cérebro. Suspeita-se que o cérebro continua trabalhando na resolução de problemas mesmo quando não está concentrado nele. Pra isso, é necessário que ele seja alimentado com informações, que haja reflexão sobre o problema, e que ele seja deixado em condições de trabalhar sobre o problema. Salvador Dali, Thomas Edison e Magnus Carlsen são exemplos de gênios que fazem isso.

    Pessoalmente, acredito no equilíbrio. Acabei de fazer meu pomodoro de meditação e é quando estou pronto pra começar o dia. Recomendo sem ressalvas a todos, mesmo que, como eu, não sejam gênios.

  19. #18

    Padrão

    Suspeita-se que o cérebro continua trabalhando na resolução de problemas mesmo quando não está concentrado nele.
    Recentemente eu tava com um problema meio sério e estava acordando quase todo dia pensando nele. Virou até rotina: quando eu começava a despertar e o sonho/pensamento começava a focar no problema, eu já acordava (puto lógico) porque não tinha mais clima pra relaxar quando acordava e ficar de boas na cama um tempinho antes de levantar.

    Era um cara que estava me devendo uma grana aqui no Rio de Janeiro, enrolando desde o início do ano.

    Resolvi de forma brilhante: liguei pra um conhecido em comum que é metido a malandro e perguntei se ele tinha contato pra comprar "umas armas, de preferência uns 2 fuzis e umas 2 pistolas + muita munição". Falei que estava em contato com um pessoal legal da região dos lagos, mas que os caras tavam enrolando.

    Rapaeez.. não é que o sujeito me pagou rapidinho e com juros?

    A maioria dos meus problemas tem a ver com o combate a cultura quilingue, AKA calotes e enrolações.

    Já sobre criar e inventar, meu sonho é morar num lugar tipo Estados Unidos, que você precisa de um material ou componente e tem prazer de ir comprar, acha fácil ou encomenda e toca seu projeto gastando pouco tempo e dinheiro.

    No Brasil é um saco fazer isso, aí eu fico inventando formas de ganhar dinheiro pra sair daqui.

    Só queria fazer um comentário sobre o Dali e artistas em geral:

    Gênio pra mim é um Eistein, um Tesla. Os artistas que eu conheço são belíssimos fanfarrões e mestres das malandragens pra vender um monte de porcarias e ganhar dinheiro pra caralho.

    Conheço alguns artistas desde criança, muitas vezes o cara é um idiota completo e acaba passando por gênio das artes, inclusive na grande mídia com críticas altamente elaboradas, trabalhos no exterior, etc. Geral chamando o cara de gênio, enquanto quem conhece mesmo o cara dá risadas infinitas da situação.

    Não tem como comparar um DaVinci com um Picasso da vida, muito menos um Eistein com Picasso. Muitos "gênios" da arte eram reclusos, inúteis e fracassados. Van Gogh por exemplo. E tem muito artista foda que não é reconhecido, enquando outro cai nas graças dos críticos ou tem contatos bons e ficam ricos, famosos e são chamados de gênios.

    Acredito que há genialidade na arte, mas é algo totalmente diferente do cara inventar uma bomba atômica ou o sistema elétrico do mundo inteiro. genialidade na arte muitas vezes nem é intencional do artista, e sim uma percepção externa, que geralmente é oriunda de bichas loucas e playboys desvairados.

    Literalmente já zoamos de falar com um amigo nosso: "Cara, pinta um piru só de zoas e vê o que vão falar". O cara pintou um piru desses de porta de banheiro público. Foi capa de exposição, rendeu matéria em jornal, exposição no exterior...

    O que eu acho triste nessa história toda é que, quando o cara tem conteúdo, seja artista ou inventor, ele vai pra NY, Paris e outros grandes centros. Aqui no Brasil pra criar qualquer coisa é um parto, se tiver que investir é caro e complicado e acaba dando mais retorno o cara investir o dinheiro do que bancar uma idéia, e é por isso que nosso país produz tão pouco em tecnologia e inovação enquanto os bancos batem recordes de lucro todo ano.
    Última edição por ZeroHertz : 05-10-2015 às 10:11

  20. #19
    Suspenso
    Registro
    Feb 2015
    Mensagens
    2.761

    Padrão

    Citação Citando Raphok Ver mensagem
    Quais criações?
    Sou artista plástico.

  21. #20
    Membro Avatar de Raphok
    Registro
    Dec 1999
    Mensagens
    32.523

    Padrão

    Citação Citando bradokk Ver mensagem
    Sou artista plástico.
    E que artes são essas que não podem ser exibidas?
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘

  22. #21
    Moderador Avatar de DouglasteR
    Registro
    Oct 2000
    Mensagens
    21.243

    Padrão

    Gosto muito de ficar sozinho, mas gosto também de curtir com a família e amigos.

    Nunca fui do tipo grudento
    ╔═══════════════════╗
    ґґ ≈≈≈ ≡ FUUU ║
    ╚═══════════════════╝

  23. #22
    Suspenso
    Registro
    Feb 2015
    Mensagens
    2.761

    Padrão

    Citação Citando Raphok Ver mensagem
    E que artes são essas que não podem ser exibidas?
    Como não? já participei das maiores e mais conceituadas exposições de artes de sp, mg, rj.

    Já to dando dicas de mais de quem eu sou =x
    Última edição por bradokk : 05-10-2015 às 10:55

  24. #23
    Suspenso
    Registro
    Feb 2015
    Mensagens
    2.761

    Padrão

    Citação Citando ZeroHertz Ver mensagem
    Recentemente eu tava com um problema meio sério e estava acordando quase todo dia pensando nele. Virou até rotina: quando eu começava a despertar e o sonho/pensamento começava a focar no problema, eu já acordava (puto lógico) porque não tinha mais clima pra relaxar quando acordava e ficar de boas na cama um tempinho antes de levantar.

    Era um cara que estava me devendo uma grana aqui no Rio de Janeiro, enrolando desde o início do ano.

    Resolvi de forma brilhante: liguei pra um conhecido em comum que é metido a malandro e perguntei se ele tinha contato pra comprar "umas armas, de preferência uns 2 fuzis e umas 2 pistolas + muita munição". Falei que estava em contato com um pessoal legal da região dos lagos, mas que os caras tavam enrolando.

    Rapaeez.. não é que o sujeito me pagou rapidinho e com juros?

    A maioria dos meus problemas tem a ver com o combate a cultura quilingue, AKA calotes e enrolações.

    Já sobre criar e inventar, meu sonho é morar num lugar tipo Estados Unidos, que você precisa de um material ou componente e tem prazer de ir comprar, acha fácil ou encomenda e toca seu projeto gastando pouco tempo e dinheiro.

    No Brasil é um saco fazer isso, aí eu fico inventando formas de ganhar dinheiro pra sair daqui.

    Só queria fazer um comentário sobre o Dali e artistas em geral:

    Gênio pra mim é um Eistein, um Tesla. Os artistas que eu conheço são belíssimos fanfarrões e mestres das malandragens pra vender um monte de porcarias e ganhar dinheiro pra caralho.

    Conheço alguns artistas desde criança, muitas vezes o cara é um idiota completo e acaba passando por gênio das artes, inclusive na grande mídia com críticas altamente elaboradas, trabalhos no exterior, etc. Geral chamando o cara de gênio, enquanto quem conhece mesmo o cara dá risadas infinitas da situação.

    Não tem como comparar um DaVinci com um Picasso da vida, muito menos um Eistein com Picasso. Muitos "gênios" da arte eram reclusos, inúteis e fracassados. Van Gogh por exemplo. E tem muito artista foda que não é reconhecido, enquando outro cai nas graças dos críticos ou tem contatos bons e ficam ricos, famosos e são chamados de gênios.

    Acredito que há genialidade na arte, mas é algo totalmente diferente do cara inventar uma bomba atômica ou o sistema elétrico do mundo inteiro. genialidade na arte muitas vezes nem é intencional do artista, e sim uma percepção externa, que geralmente é oriunda de bichas loucas e playboys desvairados.

    Literalmente já zoamos de falar com um amigo nosso: "Cara, pinta um piru só de zoas e vê o que vão falar". O cara pintou um piru desses de porta de banheiro público. Foi capa de exposição, rendeu matéria em jornal, exposição no exterior...

    O que eu acho triste nessa história toda é que, quando o cara tem conteúdo, seja artista ou inventor, ele vai pra NY, Paris e outros grandes centros. Aqui no Brasil pra criar qualquer coisa é um parto, se tiver que investir é caro e complicado e acaba dando mais retorno o cara investir o dinheiro do que bancar uma idéia, e é por isso que nosso país produz tão pouco em tecnologia e inovação enquanto os bancos batem recordes de lucro todo ano.
    Agiotagem?

    No mais, quanto preconceito com artistas bem sucedidos, senti uma pitadina de recalque nas suas palavras.

    Pitadinha nada, quase uma overdose.
    Última edição por bradokk : 05-10-2015 às 11:02

  25. #24
    Membro Avatar de Raphok
    Registro
    Dec 1999
    Mensagens
    32.523

    Padrão

    Citação Citando bradokk Ver mensagem
    Como não? já participei das maiores e mais conceituadas exposições de artes de sp, mg, rj.

    Já to dando dicas de mais de quem eu sou =x
    Participou de várias exposições conceituadas mas não pode expor aqui?
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔴🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔴🔴🔘🔘🔘🔘
    🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘🔴🔴🔘🔘🔘🔴🔘🔘🔴🔘🔘🔘

  26. #25

    Padrão

    Citação Citando Raphok Ver mensagem
    Participou de várias exposições conceituadas mas não pode expor aqui?
    Cara, se o Bradokk fosse tudo que ele diz ser, ele não teria necessidade nenhuma de se autoafirmar tanto em uma subpasta de fórum de games.

    E outra, a vida que ele diz ter é incompatível com o tempo que ele passa por aqui.(quiça outros fóruns.)

    Deixa o garoto sonhar, mas não da corda.
    Última edição por Bolotinha : 05-10-2015 às 15:54

Compartilhar

Permissões