Página 3 de 4 Primeira Última

Anos sem jogar ~ tÉdio nos jogos

  1. #51

    Padrão

    Entendo bem dessa dor rsrs... nada fascina mais. Mas vc sente aquele vazio do prazer de jogar.
    O que tem prendido muuuuuito meu tempo são jogos do estilo de Automação + mistura com Idle Games.
    - Factorio
    - Minecraft: Feed the Beast - Stoneblock (Esse aqui vai fácil umas 5 horas por dia)

    Agora dei um tempo dos 2... to esperando sair o The Division 2 e vou dar uma chance para a modinha do momento dos Battle Royales. A principio vou aproveitar o início do Apex Legends... assim não pego tanto nego viciado.
    Editado por Old_Frankstein em 14-02-2019 às 23:00

  2. Publicidade

  3. #52

    Padrão

    Pra quem lê inglês recomendo esse artigo: https://arstechnica.com/gaming/2019/...-as-i-used-to/

    Fala sobre diversas pesquisas (científicas e de mercado) feitas sobre o tema (impacto do envelhecer na motivação dos gamers) junto com o viés pessoal do jornalista.
    Curti o artigo e me relacionei com muita coisa, achei muito interessante essa frase (que resume muito minha situação com gaming hoje):

    "And when you have plenty of other things to do, it’s easy to avoid activities that appear to be either too easy and thus boring, or too difficult and thus frustrating."

    Isso acontece MUITO comigo. Jogos/puzzles muito complicados? Tô fora rapidinho. Agora o outro lado também tá me afetando: Jogo muito fácil, sem desafios, repetitivo: tédio bate na hora e também acabo caindo fora.

    Você não quer se frustar ou ficar entediado no seu tempo livre de lazer e MUITOS jogos pendem muito pra um lado ou pra outra... quando você é novo tem todo tempo do mundo pra matar portanto jogos com dificuldade elevada são um desafio a ser conquistado (leva tempo) e jogos faceis são uma alternativa ao tédio de ficar "olhando pro teto".

    Qdo você é mais velho e tem menos tempo para que tudo é um investimento e o retorno de muitos dos jogos que tem por aí não parecem mais valer a pena pra mim.

    Os últimos jogos que eu curti mesmo e cai de cabeça foram single players, AAA de qualidade, mais recentemente RDR2 por exemplo (antes disso Horizon, Persona5, God of War). Apesar de na grande maioria desses jogos em algum momento ter me batido um tédio (RDR2 depois do chapter 3, Horizon após as primeiras 20 horas, etc.) a qualidade do gameplay e o loop de recompensa/desafio e principalmente o progresso do seu char/itens/habilidades acabaram me mantendo com vontade de voltar pro jogo...

    Depois que acabei RDR2 comprei Assassins Creed Origins numa promoção... antigamente isso seria um prato cheio pra mim mas saindo de um AAA da Rockstar AC parece medíocre. Extremamente repetitivo (eu não digo só no jogo em si) mas repetitivo com as mesmas mecânicas de 300 jogos que vieram antes dele (e olha o último AC que eu joguei foi o Brotherhood de trocentos anos atrás). O jogo só consegue me deixar entediado... mesmo esquema de sempre, mesmo open world gigante mas sem vida, mesmas quests de converse com A, vá até B, Mate x inimigos, retorne pra A (VEZES MIL). Senso de progresso genérico, etc.

    Enfim, acho que vou largar é mão desses lançamentos anuais genéricos: tomb raider, far cry, assassins creed. E só focar em jogos lendários mesmo: Zeldas, Personas, lançamentos da rockstar, lançamentos da CDPROJECT RED, exclusivos da Sony (aka GOW), Civilizations Clique para abrir a imagem em nova guia e pronto! Só isso mesmo pra dar me empolgar hoje.

    Gosto varia de pessoa pra pessoa e eu por muitos anos jogava de TUDO e sempre achava algo positivo em cada jogo, hoje em dia pra não me entediar eu tenho que mirar bem no CERNE do tipo de jogo que eu gosto. Não tem um jogo da Rockstar que me deixa entediado, então deles é compra garantida, idem projectred (desde witcher 1), compra garantida, First parties da Nintendo (se for meu estilo) compra garantida.

    O que não adianta mais é comprar coisa genérica de EA/Ubisoft, mesmo com alguns reviews bons em metacritic, comprar jogo mediano pq ta em promoção (to olhando pra vc Watchdogs, Mass Effect: Andromeda infelizmente), etc.
    Editado por wing em 18-02-2019 às 11:26

  4. #53

    Padrão

    Quando não é mais novidade não adianta gráfico bonito que vai ser enjoativo de qualquer jeito. A gente já viu todas as mecânicas que tinha pra ver praticamente, não há gráfico novo que resolva.

  5. #54

    Padrão

    Órfão de The Witcher 3... depois dele sempre ficava na expectativa de um jogo me prender bastante,tentei alguns mas nunca na mesma vibe,joguei agora RE2 remake e ok,bom jogo,agora vou continuar com AC Odyssey que pareeeece que poderá me surpreender,nunca gostei da série,nem do anterior a ele,mas esse até ques estou gostando.
    O que ajuda muito a desanimar em certas partes da vida é a falta de tempo,investi alto no meu PC e já chegou a ficar meses sem ligar,mas como em casa é o meu único passatempo eu o mantenho,hoje em dia quase nunca consigo jogar por mais de duas ou três horas e quando consigo é quando a esposa não está em casa,jogos online são inviáveis(não da pra pausar ^^) e outro empecilho é o PC ser um mini itx e ficar na sala de casa,sem meu cantinho fica mais complicado ainda,ai fica lá TB's de jogos e eu sem tempo pra jogar =(

  6. #55

    Padrão

    Órfão de The Witcher 3... depois dele sempre ficava na expectativa de um jogo me prender bastante,tentei alguns mas nunca na mesma vibe,joguei agora RE2 remake e ok,bom jogo,agora vou continuar com AC Odyssey que pareeeece que poderá me surpreender,nunca gostei da série,nem do anterior a ele,mas esse até ques estou gostando.
    O que ajuda muito a desanimar em certas partes da vida é a falta de tempo,investi alto no meu PC e já chegou a ficar meses sem ligar,mas como em casa é o meu único passatempo eu o mantenho,hoje em dia quase nunca consigo jogar por mais de duas ou três horas e quando consigo é quando a esposa não está em casa,jogos online são inviáveis(não da pra pausar ^^) e outro empecilho é o PC ser um mini itx e ficar na sala de casa,sem meu cantinho fica mais complicado ainda,ai fica lá TB's de jogos e eu sem tempo pra jogar =(
    AC Odyssey não vai chegar nem perto do the witcher. Vc vai enjoar, te garanto.

    Pra chegar nesse nível só um Zelda:BOTW, RDR2, GoW, etc.

    Sim sei que são levemente diferentes mas todos são "third-person" com elementos de RPG (uns mais outros menos).

    Todos estão um patamar acima desses lançamentos genéricos anuais de EA/Ubisoft.

    Ou espera Cyberpunk 2077 mesmo, não deve mais estar TÃO longe... deve sair até ano que vem...

  7. #56

    Padrão

    AC Odyssey não vai chegar nem perto do the witcher. Vc vai enjoar, te garanto.

    Pra chegar nesse nível só um Zelda:BOTW, RDR2, GoW, etc.

    Sim sei que são levemente diferentes mas todos são "third-person" com elementos de RPG (uns mais outros menos).

    Todos estão um patamar acima desses lançamentos genéricos anuais de EA/Ubisoft.

    Ou espera Cyberpunk 2077 mesmo, não deve mais estar TÃO longe... deve sair até ano que vem...
    Zelda posso tentar,RDR2 creio que saia para PC até ano que vem ... penso em pegar um Ps4 por conta de alguns exclusivos que penso em jogar,mas vamos ver,AC até onde joguei ficou tipo assim... partes boas,partes enjoativas e por ai vai.

  8. #57

    Padrão

    Zelda posso tentar,RDR2 creio que saia para PC até ano que vem ... penso em pegar um Ps4 por conta de alguns exclusivos que penso em jogar,mas vamos ver,AC até onde joguei ficou tipo assim... partes boas,partes enjoativas e por ai vai.
    Acho que pode valer a pena o ps4, os últimos jogos que mais me prenderam foram exclusivos do ps4: horizon, god of war, persona5 todos estão acima em termos de qualidade do seus similares multiplataforma, tirando os jogos da Rockstar que tb estao em outro patamar

  9. #58

    Padrão

    dica pra quem tem grana sobrando: psvr

  10. #59

    Padrão

    Já jogou portal? é divertido e desafiador(pelo menos eu gostava) kkkkk
    O Path of exile, se eu nao tivesse comprado as exalteds no mercado livre com certeza ficaria uns 3 a 4 anos juntando ex para montar uma build matadora!
    Editado por Ltaka075 em 24-02-2019 às 22:55

  11. #60

    Padrão

    Atualmente estou assim.. Tenho bons jogos na conta mas nada me fascina ou vicia como antes. Nos finais de semana, jogo Apex Legends com alguns amigos, aí é bom.. dá pra passar algumas horas. Mas quando estou só, não consigo me entreter como antes.

    Comecei a jogar The witcher 3, mas não consigo passar mais de 2h jogando, fico pensando nos outros jogos que comprei e não joguei, ex: Metro 2033 redux / Last Light, Life is Strange 2, DLC fallout 4.. ou até mesmo jogos caros que não aproveitei bem, como o Black ops 4.

    Pra piorar, a vontade de experimentar outros jogos é grande, misturando com ressentimento de que 'jogar não é mais um entretenimento e sim uma perca de tempo e dinheiro, pois o tempo gasto com jogos poderia ser investido em estudos ou algo profissionalmente.'

    Tenho 22 anos, por enquanto estagiário em uma agência de publicidade, mas posso sentir que estou perdendo meu entretenimento favorito aos poucos.

  12. #61

    Padrão

    Também fiquei uns bons anos sem jogar. Voltei desde o fim do ano retrasado, quando minha esposa me presenteou um PS4.

    O funcionamento de minha cabeça é bastante atrelado a cumprir objetivos. Assim, percebi que aproveito mais, e na maioria das vezes melhor, os jogos tendo como objetivo alcançar a platina. Além disso, assim como alguns users, o foco é maior quando jogo um título de cada vez. Em suma, eu jogo até platinar, depois vou pra outro até platinar e assim tem sido.

    Primeiro, foi Ratchet & Clank, que veio na caixa. Tema infantil, mas achei divertido. Platinei com 100%. Gostei de jogar.

    Depois, Horizon, que também veio na caixa. Embora tenha conseguido platinar, não fiz 100%, pois tem DLC e, por enquanto, deixei pra lá. Achei o jogo excelente.

    Em seguida, Dragon Ball Fighterz, que ganhei da esposa. Platinei com 100%, mas foi uma desgraça. Não recomendo para quem joga pra platinar.

    No momento, Batman: Arkham Knight, que ganhei de um amigo de profissão. Vi que tem vários DLC e, provavelmente, não vou fazer 100%. Estou em busca da platina. Achei o jogo muito bom. Ok, sou suspeito, pois Batman é o personagem do universo DC que acho mais maneiro.

    Quando terminar o Batman, tenho o terceiro jogo que veio na caixa do PS4, que é The Last of Us. Deixei pro final, pois só tenho ouvido falar bem. Vamos ver.

  13. Publicidade

  14. #62

    Padrão

    dica pra quem tem grana sobrando: psvr
    Concordo. Um novo segmento, uma nova emoção. rs

  15. #63

    Padrão

    porque você não reinstala algum jogo antigo, daqueles que eram bons pra sí, para jogar um bom jogo?

  16. #64

    Padrão

    Recentemente me cravei jogando mkx, jogo de luta eh algo rápido de começar e terminar me deu um baita ânimo esse estilo c o tempo escasso, até o modo história me pegou, tô jogando 1 capítulo por noite tem sido ótimos momentos.

  17. #65

    Padrão

    Uma boa dica de jogo:

    https://www.voxel.com.br/jogo/jogo-k...ro/analise.htm

    Quem sabe volte um pouco do fascínio perdido Clique para abrir a imagem em nova guia Comecei a jogar e estou curtindo. Ele é muito dinâmico e direto ao ponto.

  18. #66

    Padrão

    como ja disse em outro topico!
    eu curti bastante o satisfactory!! muito bacana. é um factorio 3d.

  19. #67

    Padrão

    Eai galera!

    Bueno, queria perguntar se mais alguém sente isso...

    Sempre fui de jogar muito, até meus 20 anos (hoje tenho 27) e simplesmente não consigo jogar mais de 15/20 min um jogo... me da um tédio, sei lá... não empolga (independente dos jogos... comprei vários clássicos e nada).

    Parece que eu percebo a ilusão do jogo..... Não consigo aproveitar, me "envolver" na história, etc.... Parece um monte de cores e luzes na tela, sem qualquer sentido na vida real...

    Estou há vários anos assim...

    Sinto saudade de jogar, mas de fato, não consigo ver mais graça hoje em dia...

    Será que estou velho?

    Alguém mais aí sente/sentiu isso? Passou?
    Eu sinto que a qualidade dos jogos não é lá todas essas coisas mano, mais do que qualquer questão pessoal que possamos ter.

    Os jogos que tinham apelo pra gente anteriormente tinham porque eram inovadores, antes de qualquer coisa. Ai tu jogava e jogava e tals e passava o tesão. Agora todos os jogos seguem sempre a mesma formula. Não muda muito nunca, é como se de alguma forma tudo já tivesse sido explorado e agora as inovações fossem só em termos de gráfico. Mesmo os jogos originais com ideias originais e tudo usam as mesmas mecanicas antigas e seguem sempre um padrão.

    não sei mano, pra mim falta uma nova era de atração. Algo que avance pra dentro da percepção humana como o VR, mas mais completo, que encontre nossas sensações mesmo.. sei não mano. Tá ruim de jogar qualquer coisa porque pra mim é tudo igual. Mesmo vale pra filmes, séries.. tá tudo igual!!

  20. #68

    Padrão

    Eu já falei aqui, mas vale reforçar.
    O que me salvou quando voltei a jogar depois de velho, foram os ARPGs, porque são jogos que não te fornecem respostas prontas. Se eu pegar um jogo AAA qualquer agora, vai ser sempre parecido, mundo aberto, porem evolução de personagem extremamente linear, recheado em quick time event para te passar alguma emoção.

    Vejo isso como aqueles filminhos de terror ou besteirol americano que você assistia na adolescência, que na época eram ótimos, hoje não aguenta 10min.

    Eu fico migrando entre PoE, D3 e Grim Dawn, terminei a fornada de temporada do D3 ontem, agora estou fazendo push. Legal desse tipo de jogo é que você é obrigado a literalmente estudar o jogo, isso acaba se tornando um hobbie. Então você pesquisa builds, interação de dano.
    Formar rápidas e eficientes de farm (sou tiozã e jogo no máximo 60 à 120min/dia), não tem tutorial, você precisa entender toda a mecânica do jogo, porque mesmo que copiar totalmente uma build de alguém, ainda precisa entender exatamente como ela se comporta pra conseguir ver todo o potencial.

    Por exemplo, não tenho mais tanto saco pra assistir filmes e series, tudo me parece repetido ou clichê.
    Porem hoje peguei meu notebook aqui no trabalho e almocei vendo os path notes da próxima liga do PoE, para decidir que build vou iniciar.

    No D3 joguei com uma classe especifica essa ultima season, fiz varias builds e estou jogando com uma, extremamente forte, mas com uma mecanica bem complexa.
    Depois de um tempo, você começa a alterar suas builds, para algo especifico ou um momento especifico.

    Como nesse tipo de jogo nada é falado, você vai ter que pegar um personagem que inicialmente é um nada e fazer esse char, "quebrar o joguinho" como alguns costumam dizer.

  21. #69

    Padrão

    Eu já falei aqui, mas vale reforçar.
    O que me salvou quando voltei a jogar depois de velho, foram os ARPGs, porque são jogos que não te fornecem respostas prontas. Se eu pegar um jogo AAA qualquer agora, vai ser sempre parecido, mundo aberto, porem evolução de personagem extremamente linear, recheado em quick time event para te passar alguma emoção.

    Vejo isso como aqueles filminhos de terror ou besteirol americano que você assistia na adolescência, que na época eram ótimos, hoje não aguenta 10min.

    Eu fico migrando entre PoE, D3 e Grim Dawn, terminei a fornada de temporada do D3 ontem, agora estou fazendo push. Legal desse tipo de jogo é que você é obrigado a literalmente estudar o jogo, isso acaba se tornando um hobbie. Então você pesquisa builds, interação de dano.
    Formar rápidas e eficientes de farm (sou tiozã e jogo no máximo 60 à 120min/dia), não tem tutorial, você precisa entender toda a mecânica do jogo, porque mesmo que copiar totalmente uma build de alguém, ainda precisa entender exatamente como ela se comporta pra conseguir ver todo o potencial.

    Por exemplo, não tenho mais tanto saco pra assistir filmes e series, tudo me parece repetido ou clichê.
    Porem hoje peguei meu notebook aqui no trabalho e almocei vendo os path notes da próxima liga do PoE, para decidir que build vou iniciar.

    No D3 joguei com uma classe especifica essa ultima season, fiz varias builds e estou jogando com uma, extremamente forte, mas com uma mecanica bem complexa.
    Depois de um tempo, você começa a alterar suas builds, para algo especifico ou um momento especifico.

    Como nesse tipo de jogo nada é falado, você vai ter que pegar um personagem que inicialmente é um nada e fazer esse char, "quebrar o joguinho" como alguns costumam dizer.
    cara quando vi a primeira vez vc falando desse path of exile eu fui la e comprei como se tivesse indo comprar um maço de cigarro na padaria...
    porém esse estilo de jogo não consigo aprofundar não sei pq...

    vendo vc falar até da vontade de jogar porém não é um estilo que estou familiarizado.

  22. #70

    Padrão

    Passei pelo mesmo durante uns anos, mas vi que meu problema é que eu não tinha mais a mesma vontade de brincar com a complexidade do PC.

    Hoje em dia, nos consoles, jogo numa boa. Muito menos do que antes, mas ainda jogo de forma "constante". Devo jogar 1h/dia e mais nos fds, dependendo da mulher. Tentei voltar ao Ultima Online, mas não roda no mac hehe.

  23. #71

    Padrão

    última vez que joguei alguma coisa foi no início do ano, os clássicos do ps1. desses novos estou completamente por fora, não jogo nada de ps4/xone.

    tinha um bom pc ano passado mas vendi..quem sabe esse ano ainda não monto outro pc pra quem sabe jogar alguma coisa.

  24. #72

    Padrão

    Continuo sem tesão em jogar, to com uma renca de jogos na minha conta do Steam e nem os instalei ainda. Mas nem sempre foi assim, até há pouco tempo era comum eu fechar 2/3 jogos por semana com dezenas de horas jogadas, mas ultimamente bateu um desinteresse , não sei é devido a ter quase 40 anos, mas com certeza a admiração não é a mesma de anos passados, o que é uma pena, pois jogos pra pc sempre foi ou era meu hobby favorito.

  25. #73

    Padrão

    Mais um aqui pro time dos que perderão o tesão de jogar quase tudo. Hehehe

    Uma coisa que eu reparo é que quando eu era adolescente e jogava pra caramba e via os mais velhos jogando paciência, esses jogos bestas, eu imaginava como um cara parava pra jogar paciência. Bom, tenho apenas 32 e eu sou esse cara agora. O último jogo que joguei por mais tempo foi um desses casuais para celular de pesca, joguei até enjoar mas até que durou. As vezes jogo um ou outro jogo de cartas por turno com temática rpg, fantasia e tal, mas, nada por muito tempo. Tenho procurado jogos e mais jogos mas nada que me chame muito a atenção, um jogo que eu ainda curtia bastante era o FIFA 14, jogava online e tal mas desligaram os servidores então parei de vez.

    Na verdade acredito que o problema da maioria de nós aqui é o que alguns já citaram acima, o jogo era o hobbie favorito, fomos ficando sem tempo, e foi ficando de lado. Hoje estamos em busca do hobbie que vai nos dar esse mesmo prazer que os jogos outrora já proporcionaram mas que não ocupe muito tempo ou espaço. Sempre vai aparecer aqueles joguinhos que vão ocupar nossos poucos tempos livres por alguns dias mas logo logo perdem a graça.

    Ultimamente tenho visto muito vídeo de restauração de máquinas e equipamentos, vídeos de woodcarving, mas é como outro user citou, ser apenas passivo no mundo das internetes não tem graça, é bom estar envolvido de verdade com algo.

  26. #74

    Padrão

    Não sei vocês mas apesar de eu ter que fazer uma forcinha as vezes pra jogar algo eu continuo acompanhando as notícias e to sempre louco pra comprar algum outro jogo/controle/videogame/dar up no pc/etc.

    To com switch, ps4 e um pc que montei em 2011. Só consigo fechar um jogo a cada 4-6 meses e olhe lá, fico semanas sem jogar nada.

    E mesmo assim as vezes tenho vontade de dar um UP no PC, montar um ryzen 3600+RTX, comprar monitor 144hz novo, etc.

    É uma praga mesmo... fadado a virar colecionador. Ou sou meio consumista mesmo... com certeza não tem lógica alguma ter mais uma plataforma pra mim (tenho 2 e 300 jogos em backlog) mas já to vendo eu me jogando daqui uns meses.

    Sobre jogatina em geral, de vez em quando sai alguma coisa que me prende bastante. Exemplos: RDR2, God of War novo, Spider man... esses jogos me animam e eu até chego a fazer umas maratonas razoáveis de 4, 5 horas... Agora tem muito jogo que eu acho bom, a crítica elogia muito e eu até acho legal jogar, mas não consegue me prender...

    Eu to com o "gosto" bem mais restrito que antigamente, de tempos em tempos sei que vai sair algo que eu vou me empolgar e querer me trancar até fechar, mas enquanto esses jogos não chegam não adianta ficar pegando/comprando "qualquer coisa" por aí porque eu não jogo.

    Por exemplo: no horizonte próximo o único jogo que realmente me anima e me põe no hype gigantesco é cyberpunk 2077, até abril/2020 (data de lançamento) sei que não vou me encarnar muito em nada e os videogames vão ficar meio abandonados. No caminho tem diversos jogos que eu gosto bastante (dragon quest pro switch, death stranding pro ps4 parece que vai ser legal, luigis mansion pro switch, entre outros) mas eu sei que não vão me prender, nem adianta comprar. Apesar de serem jogassos e de que eu gostaria muito que me prendessem.

    Em resumo: pra eu me encarnar hoje em dia tem que ser GOTY 10/10 e do meu gosto. Qualquer coisa menos você larga mão e se arrepende da compra. Qualquer repetitividade excessiva, dificuldade excessiva, etc. etc. vc já não se empolga mais e troca por outra atividade (netflix, beber, churrasco, etc.).

    Hoje to jogando Xenoblade Chronicles 2 pro Switch, o jogo é aclamado pela crítica, eu gosto de JRPG, achei o combate legal, etc., etc. mas não é bom AO PONTO de me empolgar e me segurar. Como não tem nada melhor 1x por semana ou a cada 2, 3 semanas eu dou uma olhada pro switch e pro ps4 empoerados, fico com pena e do uma jogadinha... acho "legalzinho" perco umas horinhas e pau, esquecido por mais 1 semana.
    Editado por wing em 03-09-2019 às 11:39

  27. #75

    Padrão

    Em resumo: pra me prender tem que ser GOTY 10/10 e do meu gosto. Qualquer coisa menos você larga mão e se arrepende da compra.
    porra velho, vc me descreveu por completo kkk
    tb jogo muito pouco e estou querendo upar meu PC que já é muito bom Clique para abrir a imagem em nova guia
    RDR2, GOW e o novo spider tb me prenderam e estou esperando ansiosamente por Cyberpunk
    enquanto isso o que me prende as vez são os jogos de FPS online (bf1, bf5 e cs:go)

Página 3 de 4 Primeira Última

Tópicos Similares

  1. Tedio! Tedio! Tedio!
    Por Spyman em Boteco hardMOB
    Comentários: 39
    Atualizado: 08-12-2004, 16:04
  2. Que tedio....!
    Por RAMPAGE em Counter-Strike & Half-Life
    Comentários: 1
    Atualizado: 28-04-2004, 17:25
  3. Tédio vs Joguinhos
    Por Arthur Soares em Jogos PC
    Comentários: 44
    Atualizado: 06-07-2003, 5:03

Compartilhar

Permissões