Jogo Fursan al-Aqsa - Os Cavaleiros da Mesquita de al-Aqsa

  1. #26

    Padrão

    Citação Citando nidalwsd Ver mensagem
    Meu jogo é para todos os gamers de todos os lugares, e de todas as crenças.
    Você deveria ter pensado melhor nisso ao decidir o nome / logotipo / imagem do jogo.
    Com esse nome e título escrito em alfabeto árabe, eu com certeza passaria reto em qualquer store, advertising, etc. No máximo pensaria comigo: "mas que porra é essa?".
    De qualquer forma, espero que dê certo, e que você entenda minha crítica.
    Acho que você precisará trabalhar bastante no marketing do jogo pra poder atrair o público que não tem afinidade com essa cultura.
    Citação Citando SkyHakuu Ver mensagem
    Lê a merda do post seu vagabundo.

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #27

    Padrão

    Que vespeiro vc se meteu, seu jogo vai ser basicamente um simulador de homem bomba que fomenta grupos terroristas. Como defendo a existência do estado de Israel, espero que dê tudo errado no seu projeto.
    It's easier to fool people than to convince them that they have been fooled.Mark Twain

  4. #28

    Padrão

    Citação Citando THE.PUNISHER Ver mensagem
    Você deveria ter pensado melhor nisso ao decidir o nome / logotipo / imagem do jogo.
    Com esse nome e título escrito em alfabeto árabe, eu com certeza passaria reto em qualquer store, advertising, etc. No máximo pensaria comigo: "mas que porra é essa?".
    De qualquer forma, espero que dê certo, e que você entenda minha crítica.
    Acho que você precisará trabalhar bastante no marketing do jogo pra poder atrair o público que não tem afinidade com essa cultura.
    Valew mano pelo comentário. Eu entendo a sua crítica, porém, quando a galera jogar o jogo, vai ver que nem o nome nem a temática fazem diferença, vai ser um game de ação no melhor estilo Metal Gear e Call of Duty

  5. #29

    Padrão

    Citação Citando Demented Ver mensagem
    Que vespeiro vc se meteu, seu jogo vai ser basicamente um simulador de homem bomba que fomenta grupos terroristas. Como defendo a existência do estado de Israel, espero que dê tudo errado no seu projeto.
    Assim como eu tenho o direito pela Lei Brasileira à Liberdade de Expressão de Idéias e Pensamentos, você também tem o direito de Apoiar os Crimes que o Estado de Israel Comete contra "TERRORISTAS" palestinos (basta pesquisar no google: https://www.google.com/search?q=isra...w=1366&bih=621)

    Insha Allah (se Deus quiser) meu jogo será um sucesso, doa a quem doer! Se eu for contar somente com as pessoas (de todos os lugares do mundo) que estão me acompanhando (no twitter, youtube e outros forums e sites) e estão ansiosas para o meu game, já vou conseguir faturar um din din bacana, até porque não tenho custos com o desenvolvimento desse jogo, estou criando tudo sozinho, não tenho que pagar salário para ninguém, ou seja, lucro 100% (meu único custo é o tempo).

    Valew

  6. #30
    Membro Avatar de Airoh
    Registro
    Feb 2005
    Mensagens
    2.548

    Padrão

    Deixando de lado a discussão política, religiosa e os moralismos . . .

    Nesse simulador de homem bomba () vamos ver os inimigos cometendo crimes de guerra? Vamos poder cometer crimes de guerra? Vamos poder jogar como homem bomba?

    Porque não manter mulheres e crianças nos cenários cotidianos? Acho que inocentes de ambos os lados deveriam estar presentes no jogo influenciando um sistema de "carma" e "fama" que ditem o desenvolvimento do jogo que seja determinante para o desfecho. Não que o jogador perca ou impedido de terminar o jogo, mas de modo que no final em vez de ir pro céu ele vá pro inferno ou seja condenado/exilado pela sua comunidade por exemplo.
    Última edição por Airoh : 20-01-2020 às 15:37
    Wherever you are, I'm always by your side
    Wherever you are, I never say goodbye
    Whatever you say, kimi wo omou kimochi

  7. #31

    Padrão

    Citação Citando Airoh Ver mensagem
    Deixando de lado a discussão política, religiosa e os moralismos . . .

    Nesse simulador de homem bomba () vamos ver os inimigos cometendo crimes de guerra? Vamos poder cometer crimes de guerra? Vamos poder jogar como homem bomba?

    Porque não manter mulheres e crianças nos cenários cotidianos? Acho que inocentes de ambos os lados deveriam estar presentes no jogo influenciando um sistema de "carma" e "fama" que ditem o desenvolvimento do jogo que seja determinante para o desfecho. Não que o jogador perca ou impedido de terminar o jogo, mas de modo que no final em vez de ir pro céu ele vá pro inferno ou seja condenado/exilado pela sua comunidade por exemplo.
    Opa mano blz. Excelente idéia sim, tipo um sistema de conduta moral no game, de acordo com suas ações muda um pouco o roteiro do game. Eu queria fazer algo assim, porém, tecnicamente será muito complicado, pois eu estou criando esse jogo sozinho, e nem de longe sou um programador profissional (até agora eu continuo estudando e aprendendo a Unreal Engine 3), por isso eu prefiro deixar o game mais linear, estilo retrô (jogos de tiro do PS1), uma coisa mais simples.

    Ah, vou dar um spoiler. Não vai ter homem bomba nesse game, mas vai ter sim carro bomba mas somente no multiplayer.

    Vou criar diversos modos multiplayer e 1 deles será o "Operações Suicidas" onde o jogador 1 tem que dirigir um carro bomba até a base do jogador 2 para se explodir e o jogador 2 tem que destruir o carro do jogador 1 antes dele chegar na base.

    Se o jogador 1 conseguir alcancar a base do jogador 2, uma animacao bacana mostra o carro bomba explodindo, e o jogador 1 ganha a partida. Se o jogador 2 destruir o carro bomba ele ganha a partida

    Valew

  8. #32
    Membro Avatar de Airoh
    Registro
    Feb 2005
    Mensagens
    2.548

    Padrão

    Entendi, quem sabe na sequencia desse fica mais fácil colocar esses sistemas.

    Muito maneira a ideia do multiplayer! No aguardo do seu lançamento. Abraço

    Citação Citando nidalwsd Ver mensagem
    Opa mano blz. Excelente idéia sim, tipo um sistema de conduta moral no game, de acordo com suas ações muda um pouco o roteiro do game. Eu queria fazer algo assim, porém, tecnicamente será muito complicado, pois eu estou criando esse jogo sozinho, e nem de longe sou um programador profissional (até agora eu continuo estudando e aprendendo a Unreal Engine 3), por isso eu prefiro deixar o game mais linear, estilo retrô (jogos de tiro do PS1), uma coisa mais simples.

    Ah, vou dar um spoiler. Não vai ter homem bomba nesse game, mas vai ter sim carro bomba mas somente no multiplayer.

    Vou criar diversos modos multiplayer e 1 deles será o "Operações Suicidas" onde o jogador 1 tem que dirigir um carro bomba até a base do jogador 2 para se explodir e o jogador 2 tem que destruir o carro do jogador 1 antes dele chegar na base.

    Se o jogador 1 conseguir alcancar a base do jogador 2, uma animacao bacana mostra o carro bomba explodindo, e o jogador 1 ganha a partida. Se o jogador 2 destruir o carro bomba ele ganha a partida

    Valew
    Wherever you are, I'm always by your side
    Wherever you are, I never say goodbye
    Whatever you say, kimi wo omou kimochi

  9. #33

    Padrão

    Fursan al-Aqsa - Inteligência Artificial dos Inimigos



    https://www.indiedb.com/games/fursan...mies-ai-update

    Este vídeo mostra a atualização da Inteligência Artificial dos Inimigos em ação, junto com um teste de um novo modo de jogo, bastante divertido: "Exploda todos eles".

    Vamos detonar!

  10. #34

  11. #35

    Padrão

    Citação Citando nidalwsd Ver mensagem
    https://media.indiedb.com/images/gam...anner_2019.png

    Fala galera, blz!!!

    Creio que alguns de vocês aqui me conheçam pelo meu projeto do Port da UDK Engine / UE3 para PS3 e Xbox360: https://br.ign.com/forum/threads/jog...l-aqsa.135050/

    Agora eu estou utilizando essa minha engine para desenvolver meu primeiro game comercial, que pretendo lançar em seguida. Este game trata sobre a Resistência Palestina contra a Ocupação Militar Israelense. Eu sei que esse tema é um tema muito delicado, pois existem vítimas dos dois lados dessa guerra, porém, peço que vocês leiam com atenção esse post para compreender que esse meu game NÃO É "PROPAGANDA TERRORISTA".

    Aliás, eu enviei esse meu game para o Ministério da Justiça e Segurança Pública para Aprovação e Classificação Indicativa. Meu projeto foi aprovado e recebeu a classificação indicativa para maiores de 18 anos. Neste link vocês podem verificar essa informação: http://portal.mj.gov.br/Classificaca...001703/2019-04

    https://media.moddb.com/images/games...rism_final.png

    Resumo sobre o Tema do Jogo:

    Fursan al-Aqsa - Cavaleiros da Mesquita de al-Aqsa é um jogo de ação em terceira pessoa que retrata a Resistência do Povo Palestino contra a Ocupação Militar Israelense, através da história fictícia de um jovem estudante palestino chamado Ahmad al-Ghazzawi, que foi injustamente torturado e preso por soldados israelenses durante 5 anos, teve toda a sua família morta em um ataque aéreo israelense e agora depois de sair da prisão, ele busca por vingança contra aqueles que o torturaram, mataram a sua família e roubaram a sua pátria.

    https://media.moddb.com/images/games...ct_aqsa_BR.png

    Resumo sobre a História do Jogo:

    Ahmad é um jovem muçulmano pacífico, estudante de Bioengenharia, cujo sonho era se dedicar a criação de próteses para ajudar os feridos de guerra a terem uma melhor qualidade de vida. Ele sempre desejou a paz entre Palestinos e Israelenses pelo fato de ver dia a dia como pessoas inocentes, dos dois lados, sofriam com a guerra. Certo dia, ao retornar da Universidade, Ahmad, por decreto do destino, se envolveu, contra sua vontade, em um Protesto onde milhares de Palestinos estavam jogando pedras contra os Soldados Israelenses, pedindo pelo fim da ocupação militar. Ahmad e muitos outras pessoas foram presas nesse protesto e levadas para interrogatório na Delegacia Israelense. As pessoas que estavam de fato envolvidas no protesto, foram executadas, porém, Ahmad, teve sua vida poupada pois as autoridades Israelenses não encontraram nenhum registro de envolvimento de Ahmad em atividades contra soldados Israelenses. Mas ele foi preso, injustamente e sofreu na prisão todos os tipos de torturas e humilhações que um homem pode sofrer. Cinco anos se passaram e Ahmad continuava a sofrer injustamente na prisão, sendo impedido de receber visitas de amigos e familiares. Quando finalmente ele foi autorizado a receber visitas, recebeu o seu primo, trazendo as piores notícias que ele jamais poderia esperar. Ahmad foi informado de que toda sua família foi morta em um ataque aéreo israelense, inclusive sua noiva. Daquele momento então, aquele jovem uma vez pacífico, se transformou em um homem sedento por vingança, e estava decidido a se vingar do Exército Israelense no momento que saísse da prisão.

    Um dia antes de sair da prisão, Ahmad recebeu um novo companheiro de cela, um homem chamado Abu Ubayda, cuja condenação seria a pena de morte, no dia seguinte, o mesmo dia em que Ahmad conseguiria sua liberdade. Abu Ubayda contou sua história para Ahmad, de que ele era um Ex Combatente da Resistência Palestina que decidiu formar um novo exército de soldados palestinos com o objetivo de pôr fim a ocupação militar Israelense, o "Fursan al-Aqsa (traduzido para o português: Os Cavaleiros da Mesquita de al-Aqsa)", pois os tradicionais movimentos de Resistência Palestina, com o passar dos anos se corromperam e abandonaram a causa da luta pela Libertação da Palestina.

    Esse novo grupo estava preparando um grande ataque a pontos estratégicos do Exército Israelense nas terras ocupadas da Palestina com o objetivo de pôr fim a ocupação militar e libertar a Palestina, a operação "Mohammed al-Ayash" (em homenagem ao nome do grande líder da Resistência Palestina). Mas infelizmente um dos membros do Fursan al-Aqsa era um espião israelense infiltrado, que armou uma cilada para os verdadeiros integrantes do grupo, cilada essa que ocorreu no mesmo dia da operação "Mohammed al-Ayash" e que resultou na morte de todos os soldados do Fursan al-Aqsa e na prisão do líder, Abu Ubayda, agora ferido e condenado à pena de morte.

    Ahmad, ao ouvir a história de Abu Ubayda, decidiu completar essa missão por conta própria, mesmo sabendo dos riscos dessa operação, com a consciência de que esta missão pode resultar em sua morte. E no momento que ele saiu da prisão, ele recebeu de Abu Ubayda todas as instruções da operação "Mohammed al-Ayash" e a partir daquele momento, Ahmad estava pronto para completar a operação e se vingar daqueles que o torturaram, mataram a sua família e roubaram a sua pátria.

    https://media.moddb.com/images/games...tle_screen.png

    Continua na próxima postagem
    Top!

  12. #36

    Padrão

    @saccanim

    Valew mano!

    Fursan al-Aqsa Dev Blog # 8 - Inteligência artificial aprimorada para inimigos

    Neste artigo, discuto os detalhes técnicos de como criei vários algoritmos de IA para o meu jogo inteiramente no Kismet, a Linguagem de Programação Visual do Unreal Engine 3.

    https://www.indiedb.com/games/fursan...ce-for-enemies


  13. #37

    Padrão

    #FursanAlaqsaGame encontra @mortal Kombat!

    Conseguem imaginar o que estou planejando para meu game?

    Valew!

    #Blood #KnifeKills #FinishHim #FlawlessVictory #Fatality


  14. #38

    Padrão

    Ola pessoal! Só quero mostrar aqui algo legal que eu criei. Um contador legal de HeadShots para o Modo Operações Especiais.

    A tecnologia básica por trás disso é muito simples.

    Na classe UnrealScript que controla o comportamento do inimigo, criei uma variável booleana chamada HeadShot. Então, no evento TakeDamage da classe UnrealScript inimiga, criei uma pequena função para detectar qual osso do esqueleto foi atingido pelo projétil da arma (no caso dos ossos da cabeça e do pescoço).

    Portanto, sempre que o projétil da arma atinge os ossos da cabeça ou do pescoço, a variável booleana HeadShot é configurada como true (inicia o código como false).

    E então no Kismet, há um nó que pode ler as propriedades do objeto (variáveis). Então, simplesmente adicionei esse nó para ler o valor da variável HeadShot e, se for verdade, fiz um incremento em 1 outra variável (variável kismet), que é o contador HeadShot. Então isso significa que cada vez que o jogador atira na cabeça do inimigo. o contador do HeadShot será incrementado em um; portanto, sempre que o jogador executar 3 headhsots no inimigo, o HeadShotCounter se tornará 3.

    O próximo passo é adicionar outro contador para contar o número total de inimigos no mapa. Ele começa contando todos os inimigos e os adiciona a uma lista e, em seguida, adiciona um evento (Morte Inimiga), e toda vez que isso ocorre, um inimigo será removido da lista (ObjectList). Então, sempre que essa lista ficar vazia, isso significa que matamos todos os inimigos. E depois de matar todos os inimigos, então vamos lá e verificamos o valor da variável HeadShotsCounter. Se eu quiser que o jogador realize pelo menos 10 HeadShots, preciso verificar se essa variável é> = (maior ou igual) que 10. Se sim, a missão será cumprida. Se for <(menor) que 10, a missão falhou.

    É simples assim!

    Valew!




  15. #39

    Padrão

    Neste pequeno vídeo, mostro alguns itens legais e personalizados que criei para o modo Multiplayer (arma, energia, armadura), no melhor estilo de Retro FPS e Jogos Clássicos como Quake e DOOM. Além disso, vocês podem ver o HUD para Multiplayer finalizado.

    https://www.indiedb.com/games/fursan...player-pickups

  16. #40

    Padrão

    Fursan al-Aqsa Episódio 0 - Armas

    Afie a sua faca, carregue a sua arma, prepare-se para a Batalha. A Guerra Santa inicia em Março de 2020.

    Escolha o seu caminho rumo à Vitória ou Martírio, pois as Donzelas do Paraíso aguardam por você.

    Video: https://www.indiedb.com/games/fursan...sode-0-weapons


  17. #41

    Padrão

    Fursan al-Aqsa Dev Blog #9 - Making-Off das Armas e Física dos Projéteis

    Neste artigo (em inglês), eu discuto os detalhes técnicos de como eu desenvolvi as armas do meu jogo e como eu programei a física dos projéteis utilizando a linguagem Unreal Script.

    https://www.indiedb.com/games/fursan...ectile-physics

  18. #42
    Membro
    Registro
    May 2004
    Mensagens
    5.822

    Padrão

    Citação Citando THE.PUNISHER Ver mensagem
    Você deveria ter pensado melhor nisso ao decidir o nome / logotipo / imagem do jogo.
    Com esse nome e título escrito em alfabeto árabe, eu com certeza passaria reto em qualquer store, advertising, etc. No máximo pensaria comigo: "mas que porra é essa?".
    De qualquer forma, espero que dê certo, e que você entenda minha crítica.
    Acho que você precisará trabalhar bastante no marketing do jogo pra poder atrair o público que não tem afinidade com essa cultura.
    Cara, toda vez q eu vejo esse topic subir denovo me da esse sentimento ruim.

    O criador do topic é tipo o PIOR MARKETEIRO DO MUNDO. Eu nunca tive aversao a clicar num topic tanto quanto esse, apesar de eu achar o developer bem empenhado e engajado no jogo que ele ta produzindo.

    Eu odeio marketing tb, acho muita asneira, balela, etc. Mas meu deus esse nome, essa temática, parece literalmente um suicídio de propaganda, parece q MESMO se vc criar o melhor jogo do mundo NINGUEM vai tentar baixar pelo nome/tematica.

    Cara, comece com coisas simples, igual normalmente indies começam... tematica eh o ultimo ingrediente se o gameplay for bom e viciante.... Nao eh pq seu jogo tem uma tematica INEXPLORADA que vc vai ter maiores chances de sucesso. Quanto jogo indie soh repetiu oq eh feito fazem 20 anos e se deu bem? Eh polimento e gameplay amigo, nao eh um tema "que ninguem ainda explorou" que vai fazer seu jogo ser um sucesso.


    nao da pra entender esse cara, literalmente. se vc joga tao longe do marketing, se junte com alguem pra dar umas dicas, parece q o empenho e conhecimento tecnico vc tem.... seila minha dica

    desculpe nao era pra desanimar ng.
    Última edição por wing : 27-02-2020 às 20:13
    There must be some kind of way out of here
    said the joker to the thief

  19. #43

    Padrão

    Meu amigo, não esquenta a cabeça kkkkkkkkkkkkkk

    Eu sou um cara de boa, não sou "explosivo" kkkkkkk

    Com todo o respeito a sua opinião mano, você se engana. Eu publiquei sobre o meu jogo em trocentos sites e forums, tanto do brasil quanto de fora do Brasil.

    E na maioria dos sites o meu tópico tem quase 10K de visualizações. Eu estou muito optimista de que meu game será um sucesso sim, se Allah (Deus) assim o permitir (e se meu titio Bin Laden lá no céu me der uma força também) kkkkkkkkkkkk

    As pessoas tem medo do desconhecido, pq tem muita mídia anti islamica ai na internet, redes sociais, tv, jornais, revistas.

    Mas além disso já tenho bastantes contatos de Youtubers Brasileiros e Estrangeiros que vão fazer um review do meu game.

    Então é só uma questão de tempo para meu projeto emplacar nas paradas de sucesso kkkk.

    Eu já estou preparando também para cadastrar meu game para participar do BIG - Brazil Indie Game Festival, e também já consegui contato com o pessoal de vários eventos de games indies fora do Brasil (IndieCade, BitBash Chicago, Indie Games Festival, Portland Retro Games Expo, e outros). A galera gostou do meu projeto eu mostrei para eles vários gameplays, e a maioria desses eventos aceita participação online, ou seja, posso mandar meu game por link para download, ai eles mesmo colocam no stande.

    O IndieCade seleciona alguns games indies para a E3. Imagina mano se meu game for para a E3.

    Respeito a tua opinião, mas eu trabalho com marketing digital, crio sites para empresas e crio materiais de marketing e campanhas para o Facebook, Google, Twitter, Instagram, Youtube etc.

    Esse aqui é o site da minha empresa: www.wsdbrasil.com.br

    Você me considera o pior marketeiro do mundo, tudo bem, agradeço pelo elogio, mas não sei porque então meus clientes me pagam todo mês e eu ganho meu pão nosso de cada dia, com o qual sustento a minha familia.

    Eu tenho certeza que estou fazendo um ótimo marketing do meu game, se não fosse assim, então não teria tantos views esses topicos que eu criei nos forums pela internet.

    Mesmo assim valeu pelas criticas construtivas, sou um cara aberto a ideias e pensamentos.

    Abraço

  20. #44
    Membro
    Registro
    May 2004
    Mensagens
    5.822

    Padrão

    Citação Citando nidalwsd Ver mensagem
    Meu amigo, não esquenta a cabeça kkkkkkkkkkkkkk

    Eu sou um cara de boa, não sou "explosivo" kkkkkkk

    Com todo o respeito a sua opinião mano, você se engana. Eu publiquei sobre o meu jogo em trocentos sites e forums, tanto do brasil quanto de fora do Brasil.

    E na maioria dos sites o meu tópico tem quase 10K de visualizações. Eu estou muito optimista de que meu game será um sucesso sim, se Allah (Deus) assim o permitir (e se meu titio Bin Laden lá no céu me der uma força também) kkkkkkkkkkkk

    As pessoas tem medo do desconhecido, pq tem muita mídia anti islamica ai na internet, redes sociais, tv, jornais, revistas.

    Mas além disso já tenho bastantes contatos de Youtubers Brasileiros e Estrangeiros que vão fazer um review do meu game.

    Então é só uma questão de tempo para meu projeto emplacar nas paradas de sucesso kkkk.

    Eu já estou preparando também para cadastrar meu game para participar do BIG - Brazil Indie Game Festival, e também já consegui contato com o pessoal de vários eventos de games indies fora do Brasil (IndieCade, BitBash Chicago, Indie Games Festival, Portland Retro Games Expo, e outros). A galera gostou do meu projeto eu mostrei para eles vários gameplays, e a maioria desses eventos aceita participação online, ou seja, posso mandar meu game por link para download, ai eles mesmo colocam no stande.

    O IndieCade seleciona alguns games indies para a E3. Imagina mano se meu game for para a E3.

    Respeito a tua opinião, mas eu trabalho com marketing digital, crio sites para empresas e crio materiais de marketing e campanhas para o Facebook, Google, Twitter, Instagram, Youtube etc.

    Esse aqui é o site da minha empresa: www.wsdbrasil.com.br

    Você me considera o pior marketeiro do mundo, tudo bem, agradeço pelo elogio, mas não sei porque então meus clientes me pagam todo mês e eu ganho meu pão nosso de cada dia, com o qual sustento a minha familia.

    Eu tenho certeza que estou fazendo um ótimo marketing do meu game, se não fosse assim, então não teria tantos views esses topicos que eu criei nos forums pela internet.

    Mesmo assim valeu pelas criticas construtivas, sou um cara aberto a ideias e pensamentos.

    Abraço
    Tomara q de certo entao

    sucesso pra vc.
    There must be some kind of way out of here
    said the joker to the thief

  21. #45

    Padrão

    Fala galera, blz!

    Eu sei que já fazem quase 2 semanas sem nenhuma atualização mas fiquem tranquilos pois eu estou trabalhando e MUITO para finalizar e lançar o primeiro episódio do meu game até o fim desse mês de Março, agora. Pelo fato de que eu publiquei sobre o meu game em trocentos forums , os quais eu tenho que deixar sempre atualizados, por isso eu somente publico quando tenho algumas atualizações importantes.

    Mas aqui no twitter (https://twitter.com/UdkUltimate) e no site IndieDB (https://www.indiedb.com/games/fursan...al-aqsa-mosque) eu sempre publico alguma screenshot, algum video curto, para mostrar no que eu estou trabalhando.

    Desde minha última atualização das Armas, eu fiz basicamente 2 novas atualizações.

    Eu criei uma nova classe de inimigos especialmente para o modo Knife Kills (Execução com Faca). Agora você pode se aproximar do inimigo pela retaguarda (por trás) sem ser percebido, mas se você tocar no inimigo, ou ficar por muito tempo parado atrás dele, ele vai perceber e vai meter bala em você kkk. Criei essa classe usando Unreal Scripting e Kismet (programação visual).









    Também eu recriei o sistema de Knife Kills, com novas animações para os personagens, e uma nova animação para a camera, além do efeito de Raio-X, no melhor estilo Mortal Kombat X!



    Eu estava pensando em lançar esses mapas de teste (com textura xadrez azul/branco) desde a semana passada, para as pessoas testarem o gameplay do jogo, porém, acho que eles não refletem a qualidade final do jogo e podem até prejudicar esse projeto.

    Como eu disse antes, pedirei um valor muito pequeno (algo como R$ 3,99) para cada episódio, porque preciso obter algum lucro, porque minhas condições financeiras estão muito ruins no momento (no bom e claro português de pobre, estou na Pindaíba kkkkkkkkk).

    Por isso eu prefiro lançar cada episódio completo, com mapas totalmente texturizados, animações, objetivos de missão e assim por diante, para fazer esse jogo valer o preço. Eu sei que mesmo por um preço pequeno como esse, as pessoas querem um produto completo, um jogo totalmente funcional, não apenas uma versão com bug do "desenvolvedor" do jogo. Espero que todos vocês entendam o motivo pelo qual adiei um pouco o lançamento deste jogo.

    #FursanAlaqsaGame - Atualização do Sistema de Execuções com Faca - WIP (Trabalho em Progresso)

    Agora é mais sangrento, mais cruel e mais repugnante.

    Agora é mais @mortal Kombat #Fatality #NoMercy #FinishHim

    https://www.indiedb.com/games/fursan...rk-in-progress

    Abraço pessoal!

  22. #46

    Padrão

    Fala Galera, blz?

    Novas atualizações aqui, espero que vocês gostem!

    Fursan al-Aqsa Episódio 1 Lançamento em 10/05/2020!



    Fursan al-Aqsa Trailer - As Lâminas da Vingança

    Você, Bravo Herói!

    Empunhe sua faca e siga sua vingança... O Sangue dos Oprimidos clama por você...

    Junte-se à Resistência!

    Assista ao trailer:
    https://www.indiedb.com/games/fursan...evenge-trailer


  23. #47
    Moderador Avatar de DouglasteR
    Registro
    Oct 2000
    Mensagens
    21.243

    Padrão

    Fazia tempo que eu não via um jogo tão borderline ilegal quanto esse.

    Vou permitir desde que não incite ódio a nenhum grupo específico.

    E desejando o melhor pra vc e pro seu jogo, procure focar no CS:GO como referencia, ele em momento algum cita o motivo dos terroristas etc.

    Se vc deixar explicito (que nem naquela imagem lá em cima) ódio aos judeus etc, vou ter q retirar.
    ╔═══════════════════╗
    ґґ ≈≈≈ ≡ FUUU ║
    ╚═══════════════════╝

  24. #48

    Padrão

    Citação Citando DouglasteR Ver mensagem
    Fazia tempo que eu não via um jogo tão borderline ilegal quanto esse.

    Vou permitir desde que não incite ódio a nenhum grupo específico.

    E desejando o melhor pra vc e pro seu jogo, procure focar no CS:GO como referencia, ele em momento algum cita o motivo dos terroristas etc.

    Se vc deixar explicito (que nem naquela imagem lá em cima) ódio aos judeus etc, vou ter q retirar.
    Bom dia amigo Douglas,

    Primeiramente quero agradecer pela oportunidade de divulgar meu game aqui neste fórum, fico realmente muito grato.

    Segundo, amigo, você está equivocado. Em nenhum momento, em nenhum material que eu criei e publiquei sobre o meu game, incluindo este último banner que você citou, estou incitando, promovendo o ódio contra os judeus, ou qualquer outra etnia.

    Creio que você interpretou erroneamente a imagem.

    Eu utilizei o termo "Terrorismo Sionista", e não "Terrorismo Judeu". Em breves termos: "O sionismo é também chamado de nacionalismo judaico e historicamente propõe a erradicação da Diáspora Judaica, com o retorno da totalidade dos judeus ao atual Estado de Israel. O movimento defende a manutenção da identidade judaica, opondo-se à assimilação dos judeus pelas sociedades dos países em que viviam."

    Porém após a criação do Estado de Israel, esse movimento se corrompeu e se tornou em um movimento militar oppressor contra os cidadãos palestinos, e quem representa hoje o movimento Sionista, é a Força Militar Israelense. Tanto é verdade que muitos Judeus, até mesmo na Palestina, são completamente contra o movimento Sionista:

    https://www.google.com/search?q=we+a...w=1366&bih=621

    Assim como muitos Muçulmanos não concordam com muitos Grupos Militares Islamicos e suas Ações.

    Lembrando que o exército Israelense é composto de pessoas de diversas nacionalidades e religiões. Existem muitos Cristãos no Exército Israelense, inclusive Brasileiros!

    Então aquela imagem que você citou ela é apenas uma arte promocional para divulgar o meu game, assim como diversas outras artes, que mostram uma das inúmeras razões, motivos que levam o Protagonista do meu game a buscar vingança contra o Exército Israelense (e não os Judeus).

    Espero ter conseguido esclarecer esse mal-entendido.

    Atenciosamente,

    Nidal Nijm.

  25. #49

    Padrão

    Finalizei mais uma etapa da minha jornada para o lançamento do #FursanAlaqsaGame. Eu refiz o menu do jogo e estou muito orgulhoso dos resultados. Fiz no Scaleform (Adobe Flash CS4) e no 3dsmax, o código por trás é ActionScript (Flash) e Unreal Script (UE3). Espero que vocês gostem.

    https://www.indiedb.com/games/fursan...a-updated-menu

  26. #50
    Colaborador
    hardMOB
    Avatar de itsmeMario
    Registro
    Oct 2007
    Mensagens
    6.089

    Padrão

    Achei muito bem feito e de uma fidelidade de detalhes impressionante, a galera do politicamente correto precisa se atentar que e só um jogo e por sinal brasileiro e deveria apoiar e não trazer discursos políticos.
    Última edição por itsmeMario : 05-04-2020 às 12:15

Tópicos Similares

  1. Resp: 71
    Última mensagem: 01-02-2017, 14:16
  2. Resp: 40
    Última mensagem: 20-01-2015, 10:03
  3. Resp: 7
    Última mensagem: 17-05-2014, 15:33
  4. Resp: 7
    Última mensagem: 30-08-2012, 19:57
  5. Resp: 4
    Última mensagem: 21-02-2003, 17:42

Compartilhar

Permissões