Lands of Lords - Browser-Game Medieval em Mundo Persistente

  1. #1

    Thumbs up Lands of Lords - Browser-Game Medieval em Mundo Persistente

    Lands of Lords - Browser-Game Medieval em Mundo Persistente


    Introdução - O que é o Lands of Lords

    Land of Lords é um browser-game de gerenciamento, guerras e diplomacia medieval, em que os seus personagens fazem parte de uma dinastia/família nobre, e exerce o controle sobre domínios que eles controlam.

    O jogo é um MMORPG, ambientando em um mundo único e persistente, de forma que todos os jogadores jogam no mesmo mundo e, portanto, todas as ações que você toma influencia o mundo ao redor. Se você funda um domínio numa localidade X, você passa a efetivamente ocupar aquele espaço no mapa e nenhum outro jogador poderá ocupar aquele lugar; se você compra um recurso no mercado, aquele recurso foi produzido e colocado à venda por outro jogador, e assim por diante.

    O jogo é bastante complexo e abrange várias áreas (guerras, produção de recursos, diplomacia, construção de cidades, roleplay); dessa forma, os jogadores podem participar de todas as áreas, ou apenas das áreas que lhe interessa.


    Por que eu estou postando sobre o jogo?

    Para evitar questionamentos "ah você tá aqui só pra indicar jogadores e ganhar umas moedinha premium no jogo", acho válido esse esclarecimento logo aqui no início da postagem.

    Inicialmente, o jogo não tem sistema de 'referral' ou indicação. Você cria a conta direto no site https://www.landsoflords.com/. Não vou ganhar moedinhas ou bônus por você criar conta e jogar.

    O Lands of Lords é um jogo medieval, e uma das principais mecânicas do jogo é a Vassalagem. Grande parte do jogo, em última instância, roda em torno da questão da vassalagem: um jogador usualmente é vassalo de algum outro, e é suzerano de outros. Um jogador que tentar ser independente vai ser vassalizado à força por algum reino próximo poderoso, e não vai ter exércitos suficientes para se proteger dessa invasão externa. No próximo item vou explicar em mais detalhes a questão dos vassalos e suzeranos.

    Se você se interessar no jogo e quiser jogar, você é livre para se estabelecer em qualquer área do jogo. Porém eu me proponho a ajudar no que for possível (recursos e dinheiro para começar, dicas, etc) se você se estabelecer próximo às minhas terras e se tornar meu vassalo.


    Além disso tudo, o jogo foi recentemente traduzido para português, mas a comunidade brasileira/portuguesa é muito pequena, e gostaria muito de jogar com outros brasileiros


    Mecânica de Suzerano e Vassalo

    Diferentemente de outros jogos, ser vassalo de alguém não é algo negativo.

    Primeiro porque jogadores (a pessoa em si, que joga o jogo) são valiosos, pois um jogador não consegue fazer tudo sozinho, e reinos bem-sucedidos são os reinos que possuem jogadores ativos e que gostam do jogo, então atrair jogadores para o próprio reino é um interesse de todos. Jogadores ativos e que gostam do jogo são jogadores que expandem seus territórios, que administram sua economia e produzem coisas úteis, que participam das guerras e gerenciam os exércitos, etc... Dessa forma, não é interesse de ninguém prejudicar o próprio vassalo, pois em última instância o vassalo pode tanto abandonar o jogo pq achou chato; ou matar o próprio personagem, acabando com a vassalagem, e criar um outro personagem para ser vassalo de outro jogador mais agradável.


    Além disso, fazer parte de um reino é fazer parte da comunidade do jogo (discord do reino, chats, etc). Jogar Lands of Lords sozinho é bastante chato, pois você acaba boiando nos assuntos do jogo e não tem ninguém para interagir. Normalmente o jogador novato que não participa de um reino maior acaba quittando em algumas semanas.


    Por fim, o Lands of Lords possui regras que obrigam os jogadores a colaborarem entre si, pois 1) um mesmo jogador não consegue produzir tudo que ele consome e 2) um jogador não consegue se tornar tão militarmente poderoso que consegue lutar contra todos os demais jogadores. Irei detalhar essas questões abaixo no item "Domínios, Economia e Exércitos"


    Em termos práticos, ser vassalo de alguém significa pagar uma taxa diária (normalmente de 5% sobre a riqueza produzida, que é a taxa mínima que o jogo permite) ao suzerano; em troca, o suzerano protege o vassalo em questões militares e diplomáticas.


    Atualmente sou o Duque de Edron (Duque é um título de alta nobreza, e significa que alguns jogadores são meus vassalos), e faço parte do Czarado de Lettgallen (sou vassalo do Czar, e para ser um Czar é necessário ter muitos vassalos).

    Essa imagem é uma linha específica de vassalagem, que vai desde o Czarado de Lettgallen até um domínio rural aleatório (Kaishtar). Os nomes dos lados representam os jogadores: o jogador Baratheon tem um personagem (Stannis) que é vassalo de outro personagem dele (Cassandra), que é vassalo do jogador Bidifux, que é vassalo de um 3º personagem do jogador Baratheon (Reginald), que é vassalo do jogador 'de Rune', que é meu vassalo (Beerbarrel), que é vassalo do jogador Oppenheimer.


    Os únicos casos de jogadores independentes que conseguem se sustentar são jogadores experientes e que conseguem, por meio de acordos com os demais jogadores, ficar independente. Normalmente esses acordos envolvem auxiliar em futuras guerras, pagar uma certa quantidade de dinheiro por mês, fornecer suprimentos, etc.


    O que se faz no Lands of Lords / Modos de se jogar

    O jogo é bastante complexo e diverso, e os jogadores normalmente adotam um estilo de jogo. Não tem jeito certo ou errado de se jogar, é o jeito que você se diverte que interesse.

    Construtor de Cidade: é o jogador que curte a parte do "SimCity", de construir uma cidade bonita e agradável aos olhos, com construções bacanas (e caras). O gráfico do jogo é muito bonito, considerando ser um browser-game, e dá pra fazer coisa muito legal, tipo essas cidades aqui:

    Economista: é o jogador que gosta da parte da logística de produção do Lands of Lords. A produção dos recursos do jogo normalmente envolvem uma cadeia produtiva longa, e quem se dedica à essa parte busca organizar a produção para ter lucro ou fazer produtos de alta qualidade.
    Por exemplo, a produção de linguiça (um item básico, consumido pela população) é feita por Salsicheiros (uma unidade específica) e precisa de carne de porco e sal. Sal é produzido por Refinadores (outra unidade) ao refinar o Minério de Sal, que é produzido por Mineiros (outra unidade) em uma Mina de Sal. A Carne de Porco, por sua vez, é produzida por Açougueiros que matam os Porcos, e os Porcos são produzidos por Suínocultores com Água (produzida por Poceiros) e algum tipo de alimento como Trigo ou Arroz (produzidos por Fazendeiros).

    Militarista: é o jogador que gosta de participar das guerras, administrar os exércitos, invadir/defender domínios, etc.
    O Lands of Lords usualmente tem longos períodos de paz (onde os grandes reinos não estão envolvidos em guerras), seguido de curtos períodos de guerras e grandes movimentações militares, onde criam-se ou destroem-se reinos. Nesses momentos de guerras, jogadores militaristas são extremamente importantes, pois exércitos não adiantam de nada se não tiver ninguém para gerenciar (enviar os exércitos para onde precisa, etc).

    Roleplayer/Diplomata: o Lands of Lords atrai muitos jogadores que estão lá puramente pelo roleplay, que escrevem artigos interpretando os personagens, que organizam festas e eventos para os outros nobres, escrevem cartas in-game relatando os acontecimentos, etc.
    O mundo do jogo se baseia numa frágil estabilidade de forças entre os principais reinos do jogo. Saber justificar uma guerra (casus belli como dizem por aí), escrever bem e convencer os demais jogadores de que você não está dando a louca por aí é muito importante para as coisas funcionarem nos eixos.

    Faz de Tudo: para os jogadores que curtem realmente o jogo e desejam ganhar notoriedade dentro do jogo, se tornar rei e coisas do tipo, usualmente é necessário que o jogador tenha um pouco de "Economista" (para gerenciar as finanças e acumular recursos), um pouco de "Militarista" (para participar das guerras e exercer o poder de fato) e um pouco de "Roleplayer" (pois é necessário, dentro do jogo, justificar para os outros jogadores as campanhas militares, as conquistas, etc).

    Eu, particularmente, me interesso muito pela parte econômica do jogo, é o que me faz gostar do jogo. Minhas cidades são feias e parecem uma favela tudo fora de ordem, e não sei muito sobre as questões militares (estratégias, etc). Mas de grana eu entendo, e faço um lucro boladão todo dia .

    Apenas para exemplificar, um dos meus vassalos é um francês muito gente boa, que não se interessa nada pelas mecânicas do jogo, economia, guerras, não tem ideia de como o jogo funciona. Ele tá no jogo pelo roleplay, escreve vários artigos em primeira-pessoa explicando o que acontece no mundo, dando a opinião dele sobre as coisas. Inclusive, ele é moderador do fórum em francês, mesmo sem manjar quase nada de guerra ou de ganhar dinheiro.


    O jogo é Pay 2 Win?
    Resumidamente? Não.

    O Lands of Lords possui uma "premium account" mensal chamado LoL+, que custa 5 Euros mensais (se assinar 3 meses, já cai pra 4 euros/mês). Não existe outra forma de pagar o jogo (micro-transactions, moedinhas, etc).

    Ser LoL+ dá dois benefícios: a produção de alguns recursos é restrita aos jogadores com LoL+; e você gera 16x mais 'tokens' diariamente.

    Recursos Limitados: esses recursos de produção limitada aos jogadores que pagam o LoL+ são 1) recursos sem utilidade mecânica no jogo (ex: relógio, que só serve pra construir uma torre do relógio, que não serve pra nada, só é bastante bonita e serve pra enfeitar seu castelo); ou 2) recursos pouco usados que podem ser adquiridos no mercado de outros jogadores.

    Sistema de Tokens: a cada 24h, o jogador pode rolar aleatoriamente uma quantidade de "Tokens", tipo uma lootbox. Essas tokens equivalem 1 minuto de ação de 1 unidade. Por exemplo, se eu mando 2 unidades construírem uma casa e eles forem demorar 8 horas, eu posso gastar 2 unidades * 8 horas * 60 minutos numa hora = 960 tokens para fazer essa construção automaticamente.

    Normalmente os jogadores usam essas tokens para acelerar construções que demoram pouco tempo, para fazer várias construções em seguida sem precisar passar o dia no computador. Por exemplo: demora 15 minutos para fazer uma estrada; então gasta-se as tokens para construir vários 'blocos' de estrada de uma vez só ao invés de precisar passar horas entrando no jogo a cada 15 minutos pra construir.

    Obviamente pagar o LoL+ dá benefícios (senão ninguém pagaria e o jogo não existiria), mas não é algo crítico que estraga o jogo para quem não paga. Inclusive, muitos jogadores experientes e fortes não pagam o LoL+, e não muda nada para eles.


    Domínios, Economia e Exércitos

    Aqui vou entrar na parte de dicas gerais, para que você comece a jogar já entendendo o básico sobre o jogo.

    Lá atrás eu disse que "o Lands of Lords possui regras que obrigam os jogadores a colaborarem entre si, pois 1) um mesmo jogador não consegue produzir tudo que ele consome e 2) um jogador não consegue se tornar tão militarmente poderoso que consegue lutar contra todos os demais jogadores". Vou detalhar aqui essas mecânicas do jogo.

    - Os domínios no jogo são divididos em tipos, sendo eles Ruralidade, Urbanidade, Baixa Nobreza, Média Nobreza e Alta Nobreza

    Nos domínios de Ruralidade, você pode treinar unidades e ter construções relativas à extração de recursos brutos. Por exemplo, a unidade "Mineiro" e todas as minas (Mina de Sal, Mina de Cobre, Mina de Ouro, etc) só podem existir em Ruralidades; a mesma coisa acontece com Caçadores e a construção Abrigo de Caça, que produz carne de animais selvagens.

    Nos domínios de Urbanidade, você pode treinar unidades e ter construções que transformam os recursos brutos em produtos finais. Por exemplo, os minérios extraídos pelos domínios rurais são transformados em metais (ouro, prata, metal, bronze) por Metalúgicos, unidades que só existem em domínios urbanos. Da mesma forma, quem transforma o metal em armas é o Armeiro, que também só existe na Urbanidade.

    Os domínios de Baixa Nobreza é uma mescla entre ruralidade e nobreza: você ainda pode ter várias unidades que produzem recursos agrícolas (fazendeiros, etc), mas também já pode treinar unidades militares bacanas.

    A Média e Alta Nobreza, por sua vez, não consegue produzir quase nada (pouquíssimas unidades que produzem estão disponíveis), mas que possuem populações grandes e podem treinar quase todos os tipos de unidades militares.

    Em termos práticos: Ruralidade e Baixa Nobreza produzir recursos básicos; Urbanidade transforma esses recursos em Produtos Finais; Média e Alta Nobreza consomem os recursos produzidos pelos demais e podem treinar unidades militares.


    - A produção de recursos e produtos depende de vários fatores, e um lugar não consegue produzir tudo

    Enquanto alguns recursos são extremamente comuns e disponíveis em quase todos os cantos (ex: pedra de calcário), a maioria dos recursos é relativamente escassa em termos geográficos: peixes são produzidos apenas nos rios e mares; cana-de-açúcar só pode ser plantada em pântano; carvão só é produzido em depósitos de carvão. A temperatura também influencia: avelã só produz entre 10 e 20 graus de temperatura e banana só entre 25 e 40 graus; já carne de cervo só entre -25 e 0 graus.

    Dessa forma, é fisicamente impossível um jogador produzir tudo. Se ele se estabelecer em locais quentes, ele não vai conseguir produzir vários recursos (carne de cervo, pele de animais, avelã); se ficar em locais frios, não vai produzir outros recursos (banana, trigo, damasco). Se ficar perto da costa, vai produzir peixe mas não vai ter depósitos de minerais (e, se tiver, vai ter apenas de 1 minério, e não todos os 13 minérios disponíveis no jogo); se ficar no meio de várias montanhas, pode ter acesso, com muita sorte, à 2 ou 3 minérios, mas não vai ter um rio pra pescar ou pradarias pra criar ovelhas.



    - Cada domínio, independente do "tipo", tem um limite de tamanho (área) e tem um limite de população. E cada jogador tem um limite de domínios que ele pode criar

    Cada domínio pode atingir um máximo de área de 40 arpents de raio (arpent é uma medida de área que usava-se na Europa, tipo acres ou alqueires; em termos de jogo, cada 'quadradinho' do mapa é 1 arpent).

    Cada domínio tem um máximo de população (unidades). Um domínio rural, por exemplo, pode ter no máximo aprox. 70-80 unidades. Um domínio urbano, aproximadamente 150-200 unidades. Um domínio da alta nobreza, por sua vez, até umas 300-350 unidades.

    Cada jogador pode ter, no máximo, 5 domínios.


    Quando junta esses pontos, a conclusão é: nenhum jogador consegue produzir tudo que precisa para funcionar sozinho; nenhum jogador consegue ter vários domínios dedicados exclusivamente à ter unidades militares; nenhum jogador consegue ter exércitos infinitamente grandes para bater os demais jogadores do jogo.

    O jogador mais forte/poderoso do jogo atualmente (na minha opinião, pelo menos) tem um domínio de alta nobreza (o Império dele), dois domínios de baixa nobreza, uma urbanidade e uma ruralidade. Ele, sozinho, é um pouco mais poderoso (militarmente falando) que eu; dois ou três jogadores iguais à mim seriam suficiente para ganhar uma guerra contra ele.
    O poder dele, então, não está em ter sozinho tudo e ser o fodão que mata todo mundo, e sim de ter vários amigos (vassalos) que irão defender o Império caso necessário, e que vão participar de uma guerra que ele entender ser devida.

  2. # Publicidade
    Publicidade

  3. #2

    Padrão

    Começando o Jogo

    Ao fundar um domínio, ele é automaticamente um domínio rural. Sugiro fortemente que o primeiro domínio que você funde permaneça rural para sempre, dessa forma você pode construir e treinar unidades rurais e começar a produzir coisas úteis para negociar no mercado e com outros jogadores. Como sugestão, os seguintes recursos são fáceis de serem produzidos e são bem demandados no mercado: qualquer minério (metal, ouro, pedras preciosas, cobre), areia, carnes (caçando ou com animais de fazenda como porco ou vaca), peixe, produtos agrícolas (trigo, cana de açúcar, batatas, etc). Pedra, argila e água, apesar de serem fáceis de produzir, não vendem muito no mercado, mas vale a pena ter uma unidade produzindo cada um desses recursos pra usar você mesmo (pedra e argila pra construir casas, água pra sua população consumir).

    Após um dia de jogo, você poderá criar um novo domínio, e assim por diante até ter 5 domínios, que é o máximo.

    Nesse momento, cabe ao jogador decidir se ele vai querer administrar vários domínios ao mesmo tempo ou não. A vantagem é bem simples, com mais domínios você pode produzir mais coisas, processar seus próprios recursos, etc. Por sua vez, quanto mais domínios você tiver mais tempo o jogo demandará (construir em todos eles, gerenciar os estoques, vender recursos em todos...). É uma escolha do jogador. Muitos jogadores criam 5 domínios, outros preferem ficar com poucos para o jogo não ficar muito maçante.

    Se você quiser ter apenas um domínio e jogar o jogo tranquilo, recomendo um domínio rural, e jogar "Fazendinha Simulator". É a parte mais bacana do jogo, para ser sincero rsrs
    Sugiro fortemente que seu segundo domínio seja um Senhorio (domínio de Baixa Nobreza), pois tem uma população bem maior, pode treinar exércitos e ainda pode produzir bens agrícolas. O terceiro domínio pode ser outro domínio rural, o 4o uma urbanidade e o 5o outro domínio rural. Então, para 5 domínios, sugiro 3 rurais, 1 urbanidade e 1 nobreza.


    OBS: no atual estado do jogo, os domínios rurais são muito lucrativos, pois demanda-se muitos recursos agrícolas na forma de comida pra população (trigo, batata, arroz, frutas colhidas das árvores, carne de caça, leite de vaca, carne de porco, etc), e demanda-se poucos bens manufaturados produzidos nos domínios urbanos.

    Localização dos Domínios

    Aqui vale a pena explicar uma mecânica do jogo relativa ao comércio de recursos, antes de ingressar na localização dos domínios.

    Todos os recursos que sua população produz ficam no estoque do domínio ao qual a unidade pertence. Por exemplo, no "Domínio Rural A" um Escavador produziu 10 unidades de argila. Esse recurso, a princípio, só pode ser usado pelo próprio Dominio Rural A, seja pela população (que consome essa argila pra ganhar felicidade), em alguma linha de produção que use esse recurso (fabricação de potes ou de tijolos) ou, ainda, pelo próprio jogador ao construir algo nesse domínio (uma casa, ou um poço de água). O jogador também pode vender esse item no mercado, fazendo uma ordem de venda (ex: 10 unidades de argila por 0.03$ cada), e esperando alguém comprar; caso outro jogador compre a argila, o Domínio Rural A recebe esse dinheiro (0.3$ pelas 10 unidades).

    Da mesma forma, num domínio que não produz argila, a forma de ter argila é comprar no mercado, para que haja argila no estoque. Por exemplo, meu "Dominio Urbano B" não pode ter escavadores pra produzir argila (escavadores são unidades exclusivas de domínios rurais), mas na cidade posso construir uma tijolaria, que usa argila pra produzir tijolo. Então preciso comprar argila pra, então, minhas unidades urbanas produzirem tijolo. Caso contrário, meus produtores de tijolo ficam ociosos, sem matéria-prima pra usar.


    Aqui surge a mecânica de ligação entre domínios. Se dois domínios se ligarem por meio de estradas, um domínio pode consumir recursos do estoque do outro, sem passar pelo mercado, de forma automática: quem compra fica com o recurso e paga ao vendedor o preço médio de mercado daquele recurso. Inclusive, domínios de jogadores diferentes podem ser interligados por estradas.


    Então, por exemplo, se meu Domínio Rural A produz argila e meu Domínio Urbano B consome argila pra fazer tijolo, e esses 2 domínios estão ligados por estradas, a argila consumida por B vai vir de A, e o dinheiro que B gastar em argila vai ser recebido por A.


    Ligar domínios tem duas grandes vantagens: facilita organizar a produção de recursos e o consumo de recursos pela população (pois é tudo automático, você não precisa ficar comprando manualmente no mercado); e o dinheiro "fica com você mesmo" ou com seus aliados (ao invés de comprar o recurso no mercado e o dinheiro ir embora pra outro jogador, você compra de você mesmo ou de um colega que está próximo).



    Depois de tudo isso, aonde você deve fundar seus domínios?

    1) Se você quiser se juntar a mim, recomendo fortemente que se estabeleça próximo ao Ducado de Edron, pois é uma área segura e, além disso, você pode ter estradas ligando seus domínios à meus domínios, facilitando você vender seus recursos para mim (pois como meus domínios são grandes, eles demandam bastante coisa)


    Marquei em preto as áreas próximas à meus domínios onde você pode se estabelecer tranquilamente. Em vermelho marquei 3 cidades abandonadas, de jogadores que sairam do jogo, mas que se você estabelecer seu domínio próximo, pode demolir as construções e recuperar os recursos que foram gastos pra construir, ajudando você no começo.
    Para me achar no mapa, aqui está o link para meu castelo: https://www.landsoflords.com/map/10418E22378N

    2) Se você quiser ir pra qualquer outro lugar do jogo, sugiro que você se estabeleça distante dos demais jogadores; se você ficar próximo, vai ser vassalizado à força nos primeiros dias, e a galera pode te sacanear se vc der azar de ficar próximo de jogadores babacas (roubar seus recursos, etc).


    Por exemplo, nessa região do mapa, sugiro se estabelecer nessas áreas circuladas, que tem menos jogadores e você vai ter menos problemas no começo do jogo.

    3) Independente de onde você estabelecer seu 1o domínio, é extremamente importante você estabelecer seus demais domínios próximos, para que eles possam ser conectados por estradas e se beneficiar da ligação para comercializar facilmente seus recursos entre seus próprios domínios.


    Esse jogador é um ótimo exemplo de planejamento dos domínios. Ele fez um conglomerado, e todos os domínios tem, no mínimo, ligação com mais 2. O domínio principal (Starhaven) tem ligação com 4.

    Manuais
    Existe um manual do Lands of Lords, em inglês, disponível na internet. Algumas coisas mudaram desde que ele foi elaborado, mas de modo geral pode ajudar muito para entender a interface do jogo e os primeiros passos a serem feitos.

    Fiz o upload do PDF no DocDroid: https://docdro.id/6guAbV9


    Perguntas Frequentes

    A medida que a galera for fazendo perguntas sobre o jogo, me proponho a atualizar aqui para fazer um "FAQ".



    Valeu pessoal Espero que tenham gostado do jogo e que se interessem em jogar. Qualquer dúvida, pode entrar em contato comigo pelo fórum ou pelo jogo (https://www.landsoflords.com/arm/lord/63336)!

  4. #3

    Padrão

    Muito legal. Obrigado por compartilhar.
    Comecei a ler no início e vi que era muita coisa.... lerei com calma depois e vou apresentar pra meu irmão também.
    Agora essa PA tá muito cara, 30 reais é dureza.

  5. #4

    Padrão

    Citação Citando Cassianno Ver mensagem
    Muito legal. Obrigado por compartilhar.
    Comecei a ler no início e vi que era muita coisa.... lerei com calma depois e vou apresentar pra meu irmão também.
    Agora essa PA tá muito cara, 30 reais é dureza.
    Obrigado, fico feliz em ter despertado o interesse!

    Realmente eu escrevi bastante; tentei fazer uma coletânia sobre o jogo pois inexistia qualquer coisa sobre ele em português...pra ser sincero, não sei pq o administrador do jogo decidiu traduzir pra português, visto ter pouquíssimos jogadores brasileiros ou portugueses. Mas a tradução ficou muito boa


    Sobre a premium account (LoL+), realmente 30 reais é caro, considerando ser um jogo mobile. Mas, como disse, ela não oferece vantagens que desbalanceiam o jogo, é realmente algo opcional.

  6. #5
    Membro Avatar de Sonne
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.820

    Padrão

    Pow criei uma conta e ai vi que as primeiras coisas que vc constrói, vc pode acelerar a construção. Porém, trouxe o personagem para uma região, próxima à sua, e consegui acelerar. Quando me estabeleci, já falou que não posso mais usar a parada de graça. Tenho que usar uns tokens.. Será q é pq tem tipo um resto de cidade próximo à minha?

    https://www.landsoflords.com/map/10298E22297N
    ahhh nemmmmmmmmm

  7. #6

    Padrão

    Parece bem bacana! Porém parece que exige bastante comunicação! Não manjo de ingles

  8. #7
    Membro Avatar de Sonne
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.820

    Padrão

    Mas se quiser dar uma chance, qdo precisar (se precisar) de uma ajuda com inglês, é só falar.
    Estou jogando desde sexta e não precisei de inglês até agora. O jogo todo em pt e o op do tópico te ajudando pra caralho.
    ahhh nemmmmmmmmm

  9. #8

    Padrão

    criei a bosta da conta, não consegui nem estabelecer o merda do carinha em algum lugar.

  10. #9

    Padrão

    Citação Citando lucaslima93 Ver mensagem
    criei a bosta da conta, não consegui nem estabelecer o merda do carinha em algum lugar.
    Pois é, ralei pra conseguir, deveras complicado pra fazer coisa básica
    Citação Citando henrq Ver mensagem
    quando tinha 15 eu tinha mais peito que as meninas(102 cm peito)

  11. #10
    Membro Avatar de Sonne
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.820

    Padrão

    Mas vcs desistiram?
    Eu comecei agora e to indo aos poucos.
    Podia rolar um discord pra gente ir trocando informações e se ajudando no que der.
    ahhh nemmmmmmmmm

  12. #11

    Padrão

    Citação Citando al XerxeS Ver mensagem
    Parece bem bacana! Porém parece que exige bastante comunicação! Não manjo de ingles
    Não precisa de inglês, a princípio. O jogo está todo traduzido para português, e uma tradução muito boa.

    Com relação à parte de comunicação entre jogadores, é comum existirem comunidades nacionais. Existem alguns reinos russos onde quase só tem russo; existe reino francês com só franceses.


    O reino do qual faço parte é um dos poucos que é "misto", existindo franceses, brasileiros e americanos. Também tem um espanhol que não fala quase nada, e um polonês que é acabou de se tornar tradutor pra tentar traduzir o jogo para polaco e atrair jogadores de lá

  13. #12

    Padrão

    [msg duplicada, desculpem]

  14. #13

    Padrão

    Vocês curtem esse estilo de jogo?
    Eu sempre gostei, joguei muito e a tempos penso em desenvolver um.
    O que me desanima um pouco é que não é algo chamativo hoje em dia.
    Citação Citando Dead Pool Ver mensagem
    Eu não sinto vergonha das minhas preferências sexuais

  15. #14
    Membro Avatar de Sonne
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.820

    Padrão

    Citação Citando amoebao Ver mensagem
    Vocês curtem esse estilo de jogo?
    Eu sempre gostei, joguei muito e a tempos penso em desenvolver um.
    O que me desanima um pouco é que não é algo chamativo hoje em dia.
    Eu curto muito, to me amarrando no jogo.

    Se resolver desenvolver um, chama q quero jogar
    Já quero participar dos testes hehe
    Acho que o problema desses jogos é que algumas coisas demoram a acontecer e o povo acaba ficando com preguiça e desistindo. Ou se sente muito perdido sem saber oq fazer.

    Não sei se outras pessoas são assim, mas o lance de atacar/invadir territórios quase sempre me faz quitar. Pelo menos nesse Land of Lords, aparentemente, o povo é mais pacífico e/ou o lance da vassalagem ajuda a diminuir o número de ataques. Dropei um bocado de jogo nesse estilo, que eu ficava 2.. 3.. dias evoluindo, até que logava e metade dos meus recursos haviam sido saqueados, por cidades muito mais fortes e que eu não tinha a mínima chance de me defender.
    Última edição por Sonne : 04-03-2020 às 10:29
    ahhh nemmmmmmmmm

  16. #15

    Padrão

    Citação Citando Sonne Ver mensagem
    Acho que o problema desses jogos é que algumas coisas demoram a acontecer e o povo acaba ficando com preguiça e desistindo. Ou se sente muito perdido sem saber oq fazer.
    Browser game no geral tem poucas pessoas jogando..
    Bons tempos de the crims.. ogame
    Eu estive pensando por um bom tempo.. mas acho que só daria certo, digo certo, no sentido de ter algum retorno financeiro, se tiver uma versão browser e uma mobile..
    Citação Citando Dead Pool Ver mensagem
    Eu não sinto vergonha das minhas preferências sexuais

  17. #16
    Membro Avatar de Sonne
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.820

    Padrão

    Citação Citando amoebao Ver mensagem
    Browser game no geral tem poucas pessoas jogando..
    Bons tempos de the crims.. ogame
    Eu estive pensando por um bom tempo.. mas acho que só daria certo, digo certo, no sentido de ter algum retorno financeiro, se tiver uma versão browser e uma mobile..
    Isso é certeza, tanto que a primeira coisa que fiz depois que cadastrei no jogo, foi ver se tinha algum aplicativo na apple store
    ahhh nemmmmmmmmm

  18. #17

    Padrão

    Maneiro. Vou criar uma conta também.

    Mas esse tipo de jogo exige dedicação total? Tipo o Travian, por exemplo, que se você não acordar às 4:20 da manhã não vai conseguir pegar aquele recurso fundamental para aumentar o seu exército que atacará às 13:31?

    Digo, pois eu sou um jogador bem casual e as vezes fico dias sem logar no bagulho - hoje mesmo eu já não jogaria. E isso que me fez sair do Travian.

  19. #18
    Membro Avatar de Sonne
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.820

    Padrão

    Massa! Cria lá e funda sua vila perto dos domínios do @luizeba .
    Eu fiz o meu por lá, ele está me ajudando pra caramba com dúvidas e tudo mais.

    Comecei não tem uma semana, mas até agora não vi nada desses trem estilo Travian q você disse. Só não sei quantos dias são necessários para que a conta seja deletada por abandono. Mas tem como colocar alguns peões fazerem ações automáticas, então acaba que o tempo sem entrar nem vai ser 100% perdido hehe
    ahhh nemmmmmmmmm

  20. #19

    Padrão

    Fala pessoal!


    Alguns interessados se cadastraram no jogo e me enviaram, pelo Discord, várias dúvidas.

    Para facilitar à todos, estou elaborando um Tutorial do Lands of Lords. Vou fazer no Google Drive, pois posso ir atualizando o arquivo com mais dúvidas.

    Aqui está o link: https://docs.google.com/document/d/1...it?usp=sharing


    Valeu!!
    Última edição por luizeba : 06-03-2020 às 18:44

  21. #20
    Membro Avatar de Sonne
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.820

    Padrão

    Fera demais o tutorial!
    Depois bora juntar o povo todo num server de Discord pro povo se ajuda e te ajudar. Quem sabe vc num vira rei da porra toda. Hahaha
    ahhh nemmmmmmmmm

  22. #21

    Padrão

    Criei um domínio a sudeste do seu, chama Webberland.
    Suco de cevadiss, é um leite divinis, qui tem lupuliz, matis, aguis e fermentis.

  23. #22

    Padrão

    Citação Citando Noizimo Ver mensagem
    Maneiro. Vou criar uma conta também.

    Mas esse tipo de jogo exige dedicação total? Tipo o Travian, por exemplo, que se você não acordar às 4:20 da manhã não vai conseguir pegar aquele recurso fundamental para aumentar o seu exército que atacará às 13:31?

    Digo, pois eu sou um jogador bem casual e as vezes fico dias sem logar no bagulho - hoje mesmo eu já não jogaria. E isso que me fez sair do Travian.
    Fala cara!

    Desculpa a demora em responder.

    Não, o jogo não exige dedicação total. Já joguei muito OGame quando era moleque e sei do que você tá falando, eu colocava alarme a cada 2h pra fazer fleetsave nas minhas naves e não ser destruído durante a noite.


    Ao contrário, o jogo é bem tranquilo com isso, e grande parte dos jogadores logam 1 ou 2 vezes por dia pra ver se tá tudo funcionando certo. As unidades fazem ações automáticas para produzir recursos, comprar recursos no mercado, e vender recursos no mercado. As construções demoram várias horas, e não precisa ficar de olho acompanhando pra nada acontecer.


    O único momento em que um jogador super ativo tem vantagem sobre um jogador que joga menos é numa eventual guerra, mas mesmo assim as unidades militares se defendem sozinhas, e inclusive movimentam-se pequenas distâncias para defender uma às outras. Uma defesa sólida (unidades bem treinadas e com bons equipamentos, castelos/muralhas de boa qualidade, etc) aguenta, sem você interferir, um ataque bem grande.


    Se você tiver exércitos e não curtir essa parte do jogo, você pode nomear um General para seu domínio, que é outro jogador que passa a ter poderes para administrar/mover seus exércitos. É uma espécie de um 'poder limitado' que você confere à outro jogador: ele só pode mexer nos exércitos, mas não pode construir, comprar recursos, etc. No meu Ducado, eu tenho 2 Generais, e eles são jogadores mais ativos do que eu. Se precisar, eles podem usar minhas unidades para atacar ou defender.

  24. #23

    Padrão

    Citação Citando luizeba Ver mensagem
    Fala cara! ...
    Valeu pela resposta. Comecei a jogar tem uns 3 dias, bem nesse estilo, entro uma vez por dia e já é.
    Tenso que as vezes faço um troço que demora 40 minutos e ai o peão fica 23h20 a toa uahuaha

    Meu reino é o Götterdämmerung, estou um pouco a leste de você.

  25. #24
    Membro Avatar de Sonne
    Registro
    Feb 2002
    Mensagens
    2.820

    Padrão

    Citação Citando Noizimo Ver mensagem
    Valeu pela resposta. Comecei a jogar tem uns 3 dias, bem nesse estilo, entro uma vez por dia e já é.
    Tenso que as vezes faço um troço que demora 40 minutos e ai o peão fica 23h20 a toa uahuaha

    Meu reino é o Götterdämmerung, estou um pouco a leste de você.
    Se o peão tiver alguma especialização, tem como vc automatizar algumas ações.. de forma que toda virada de hora, se o peão estiver com a barra de energia completa, ele faz uma as ações que esta programado a fazer.

    Vamos ver se vira.
    Criei um server no discord pra ver se junta o pessoal que criou conta ou está pensando em cria. O luizeba ta ajudando demais, mas imagino que muitas vezes é coisa q ele já explicou para um ou pra outro e podemos ir compartilhando as coisas. Não sei se tem e não achei nada do gênero para unir os BRs q jogam.

    Acho que fica mais fácil que whatsapp, pq dá para seperar as sessões que a gente ver que são necessárias..

    https://discord.gg/j4aknYZ
    Última edição por Sonne : 13-03-2020 às 8:56
    ahhh nemmmmmmmmm

  26. #25

    Padrão

    Citação Citando Noizimo Ver mensagem
    Valeu pela resposta. Comecei a jogar tem uns 3 dias, bem nesse estilo, entro uma vez por dia e já é.
    Tenso que as vezes faço um troço que demora 40 minutos e ai o peão fica 23h20 a toa uahuaha

    Meu reino é o Götterdämmerung, estou um pouco a leste de você.
    Desculpa a demora, esqueço de entrar aqui no HB rs

    Já vi seus domínios, entra no Disc pra gente conversar

Tópicos Similares

  1. Resp: 2
    Última mensagem: 28-05-2015, 18:21
  2. Bosta persistente...
    Por Ferry Cørsten em Boteco hardMOB
    Resp: 41
    Última mensagem: 12-06-2005, 2:37
  3. Kan Lands, Projeto de mmorpg
    Por mphownz em Jogos PC
    Resp: 12
    Última mensagem: 30-05-2005, 13:06
  4. hardMOB #3 TK Persistente...
    Por RJ -=MacGyver=- em Counter-Strike & Half-Life
    Resp: 6
    Última mensagem: 26-05-2002, 19:34
  5. Resp: 1
    Última mensagem: 28-04-2002, 15:21

Compartilhar

Permissões