Google lança Cloud SQL!

  1. #1

    Padrão Google lança Cloud SQL!

    http://www.blogcloud.com.br/ Click here to enlarge

    Click here to enlargeFinalmente o Google lançou sua plataforma Cloud SQL que estava em beta há meses - apenas como preview! Agora fazer uma aplicação no App Engine está perfeitamente completo. O PaaS do Google deu um grande passo e para os desenvolvedores isso será muito bom. Podemos usufruir tanto do Big Table, que é um banco de dados orientado à coluna feito por eles, com seu esquema de chave->valor, e agora também mostrar todo o conhecimento de álgebra relacional num banco de dados SQL e suas operações CRUD.

    O Google SQL está utilizando a tecnologia do MySQL Version 5.1.59 hoje em dia. Infelizmente há algumas limitações, como por exemplo, não podemos utilizar Django ainda e também não é possível utilizá-lo fora do App Engine, além de que só pode-se usar Java ou Python nesta plataforma. Também não é possível utilizar algumas funções do MySQL e você pode conferir no FAQ deles aqui.

  2. Publicidade

  3. #2

    Padrão

    Esse banco pode ser alimentado/consultado a partir de um outro servidor? Tu tem ideia da performance dele em relação a um banco de dados local?

  4. #3

    Padrão

    @kingMOB , pelo que tá ali só funciona a partir do AppEngine, e em Java ou Python. Engraçado que o Django, que é o carro chefe do Python, ainda não é compatível. Com certeza a Google vai interceder pra compatibilizar os dois softwares.

    TALVEZ, e eu reforço esse talvez, seja possível fazer um proxy no AppEngine, e utilizar esse proxy pra acessar o banco por fora.

  5. #4

    Padrão

    @kingMOB , como o @Spidey falou só é possível a partir de dentro do App Engine. Ele vai ser mais rápido com certeza e você não precisará se preocupar com quantas instâncias irão rodar ele ou com quanto de espaço você precisará alocar, assim como tudo no App Engine. Só precisará se preocupar se sua aplicação está fazendo tudo como deveria ser, ou seja, não esteja fazendo operações a mais, não dar exceptions ou loops etc...No caso de um BD se você se preocupar em deixar o modelo relacional 100%, normalizado ou não (depende da sua aplicação), ficará muito bom.

    @Spidey , você vai precisar fazer um proxy e ter um conector de DB para esse proxy. Bem foda, nas se você fizer algum dia me passa :P

    Quanto ao Django, creio que é pq acabou de sair do beta. Mas, sinceramente, não vejo tanta desvantagem assim em não usar Django no App Engine. O que você perde mesmo são os Forms, porém outras coisas do Django são nativos no App Engine, como as tags (eg: {% for %} {% if %} nos templates).
    Editado por GaBRa. em 11-10-2011 às 17:48

  6. #5

    Padrão

    Não manjo de Python, mas na minha cabeça limitada Python pra Web = Django, não? Se o App Engine funcionar como um concorrente pro Django, como lib pra usar o python como backend web, então nem precisa dele mesmo (apesar que a questão dos forms, geração automática inclusive é foda).

    Sobre o proxy, não tava pensando no proxy + connector não, tava pensando em algo baseado em restful webservices mesmo. Claro que daí tem o problema de segurança, SSL + chave, algo assim, teria que rolar. O proxy aceitaria comandos em texto que ele executaria no banco. Claro que não poderia ser um SQL puro em texto e executar direto, teria que ter limitações pra evitar um uso inadequado caso o proxy fosse comprometido.

  7. #6

    Padrão

    Django do App Engine não possui Admin Interface, uma grande perda ao meu ver.

    Olha como é usar templates no App Engine:
    <html>
    <body>
    {% for greeting in greetings %}
    {% if greeting.author %}
    <b>{{ greeting.author.nickname }}</b> wrote:
    {% else %}
    An anonymous person wrote:
    {% endif %}
    <blockquote>{{ greeting.content|escape }}</blockquote>
    {% endfor %}

    <form action="/sign" method="post">
    <div><textarea name="content" rows="3" cols="60"></textarea></div>
    <div><input type="submit" value="Sign Guestbook"></div>
    </form>

    <a href="{{ url }}">{{ url_linktext }}</a>

    </body>
    </html>
    Compara com Django:
    {% extends "base_generic.html" %}

    {% block title %}{{ section.title }}{% endblock %}

    {% block content %}
    <h1>{{ section.title }}</h1>

    {% for story in story_list %}
    <h2>
    <a href="{{ story.get_absolute_url }}">
    {{ story.headline|upper }}
    </a>
    </h2>
    <p>{{ story.tease|truncatewords:"100" }}</p>
    {% endfor %}
    {% endblock %}
    Pra mim é idêntico hehe
    As vantagens do App Engine são enormes. Mas como tudo na vida, você deve medir e comparar pra ver se em outro lugar o ambiente é melhor pra você.

  8. #7

    Padrão

    É exatamente a mesma coisa pelo jeito, salvo algum pré-processamento na AppEngine.
    Sobre a parte de banco, acredito que o kingMOB esteja interessado no poder de processamento do Google. Passar o db de busca do fórum pra lá, por exemplo.

Tópicos Similares

  1. Já que a maçã ta podre... Google lança cerveja!
    Por TheKnight | TK em Boteco hardMOB
    Comentários: 9
    Atualizado: 04-10-2011, 21:29
  2. AndroidMOB: Google + Cloud = Full of Win!!!
    Por hirano em Internet, Redes & Telefonia Fixa
    Comentários: 6
    Atualizado: 26-03-2011, 12:55
  3. Comentários: 4
    Atualizado: 08-12-2009, 12:26
  4. Comentários: 0
    Atualizado: 09-05-2007, 22:13
  5. Google lança serviço de calendário em português
    Por Mr.CITIZEN COPE em Boteco hardMOB
    Comentários: 5
    Atualizado: 26-09-2006, 14:52

Compartilhar

Permissões